fbpx
Participe do nosso grupo no Telegram

Como essa jogadora que vos escreve é fã de carteirinha da franquia Battlefield, fui logo colocar minhas mãos ansiosas em Battlefield 1, ainda no evento EA Play um dia antes da E3 2016.  O jogo da DICE impressioou de cara com gráficos impressionantes já em sua fase pré-alpha e um mapa com clima e ambientação que realmente te deixam com uma real sensação de que estamos no meio de uma batalha de vida ou morte.

Enquanto algumas franquia de FPS seguem seu caminho na direção do futurismo a DICE remou contra a maré e colocou todas a sua força e foco na Primeira Guerra Mundial, e ao que parece o estúdio acertou em cheio, pois Battlefield 1 foi muito bem recebido pela crítica e jogadores. O mais interessante é como algo que nos leva para um lugar tão distante no passado, se mostra algo tão novo e interessante do ponto de vista de todos os outros jogos de tiro disponíveis no mercado.

Na versão pré-alpha de Battlefield 1 que eu joguei, estava disponível um mapa onde estávamos em uma pequena cidade destruição pela guerra. Quando a partida se inicia a área é cercada por uma névoa profunda que exige dos jogadores muita estratégia para se posicionar no começo da batalha, pois conforme o jogo avança essa névoa se dissipa revelando as localizações. Os edifícios estão cheios de detalhes e lugares para se posicionar, cada um tem uma estrutura diferente para você não se sentir no mesmo lugar sempre, o jogo quer te dar o máximo de realismo dentro do campo de batalha.

Destaque para o clima dinâmico que Battlefield 1 terá e o nível de destruição absurdo que o jogo apresenta, em uma determinada parte da partida pude subir na torreta do dirigível e foi impressionante conseguir destruir praticamente todas as estruturas que o jogo possuía e devastar de verdade o campo de guerra. As casas podem perder pisos completos, escadas são destruídas, telhados são arrancados. A destruição que se tornou marca registrada da franquia é levada à um novo nível e o resultado é glorioso!

Falando em dirigível ele é uma adição e tanto para o gameplay de Battlefield 1. Em determinado momento de jogo uma equipe terá acesso ao dirigível, que transforma completamente o campo de batalha. Ele é gigante, imponente e com um poder de fogo devastador. Quem o possui tem em suas mãos uma arma de destruição em massa e quem não tem precisa correr para destruí-lo o mas rápido possível. Uma vez que o gigante recebe golpes suficientes, ele se inflama em uma bola maciça de fogo e lentamente afunda em direção ao campo de batalha, esmagando tudo e todos em seu caminho.

Battlefield 1, como todos os outros jogos Battlefield, dá aos jogadores a opção de escolher o tipo de soldado que eles querem jogar, como: Assalt, Medic, Support e Sniper. Mas agora, o jogo também lhe dá a opção de escolher duas classes adicionais voltados especificamente para os veículos do jogo: Pilot e Tanker.

Outra nova adição ao jogo é a capacidade de direcionar pontos específicos em um veículo e danificá-lo ou desativá-lo completamente. Se houver um tanque em movimento, você pode concentrar fogo pesado sobre partes específicas dele para desativá-lo, por exemplo. Em Battlefield 1 você pode dividir a equipe já gigante em esquadrões menores. Membros de seu esquadrão aparecem em sua tela de forma diferente dos outros colegas e também lhe dão a oportunidade de aparecer no campo ao lado deles.

O combate corpo a corpo foi muito melhorado para Battlefield 1. Você pode estraçalhar qualquer pessoa em qualquer ângulo. Mas se você for de frente contra os inimigos você não vai matá-los, você deve cercá-los para isso, ou pode meter bala nele antes para depois abatê-lo com sua mão. As animações para as finalizações corpo a corpo estão brutais, você pode enfiar uma pá no crânio de alguém, espetar com sua lâmina longa ou lançar um machado no corpo de alguém. Seja qual for a escolha vai render uma morte com recursos visuais e sonoros brutais.

Battlefield 1 é um jogo lindo e ambicioso, que traz de volta uma temática pouco explorada com esse nível de detalhamento. O jogo volta em grande estilo com seu cenário quase todo destrutível, e com clima um dinâmico que o torna ainda mais interessante e visualmente impressionante. Ele adiciona uma camada de profundidade para o multiplayer que o torna único e se prepara para ser um dos melhores jogos de FPS dos últimos tempos. Se você está procurando por algo novo e refrescante no gênero FPS, este jogo é para você.

Battlefield 1 será lançado no dia 21 de outubro, mas os assinantes do EA Access terão acesso antecipado já no dia 13 de outubro.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money