fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

Desde que a Rare foi adquirida pela MS eu me empolguei muito com o lado verde da força, sempre achei os jogos da produtora com uma excelente qualidade e bem inovadores por sinal.

Muitos criticaram os jogos da Rare e eu até gostei de alguns sim e tenho a esperança da Rare fazer um grande jogo ao invés de apenas jogos para Kinect…

E tivemos bons jogos da Rare em consoles Microsoft:

Conker

conkersite

Ta certo que se trata de um Remake, mas, é “o Remake” e principalmente de um jogo exclusivo até então em sistemas Nintendo e que em sua época de lançamento atingiu notas acima de 8 em várias análises pelo mundão afora, sem contar no visual renovado e excelente graças a potência do console da MS.

Perfect Dark 0

pdz03_1024x768

Depois disso tivemos uma boa investida em outro título com  grande nome, desta vez no Xbox 360. O jogo também atingiu notas acima de 8 em análises pelo mundo e na minha opinião é um jogo a altura do primeiro sim, como veio na primeira leva de jogos para o Xbox 360 ele tem suas falhas e com certeza caso viesse depois ele seria muito melhor, mas, não deixa de ser um bom jogo e divertido.

Viva Pinata

viva

Excelente e viciante, o primeiro jogo totalmente localizado que joguei naquela geração de consoles e não só pela dublagem, o jogo é excelente mesmo…

Tente dar um Xbox 360 na mão de uma criança (ou um adulto mesmo) que saiba ler e deixe ela se divertir pra entenderem do que eu estou falando. Mais uma vez ao meu ver a Rare arriscou, inovou e trouxe um jogo excelente que resultou em algumas sequências menos trabalhadas voltadas a minigames e corridas e sem o mesmo charme do primeiro (pelo menos a meu ver é claro). Este é mais um jogo lançado pela rare com média superior a 8 em várias análises por aí.

Kameo – Elements of Power

Kameo

Outro jogo excelente da produtora e que ficou meio lado B no console, também foi lançado no início da vida do Xbox 360 e logo de cara já poderíamos notar o poder gráfico do Xbox 360 jogando esta maravilha, Kameo é outro jogo que atingiu notas no mínimo 8 em várias análises e que vale a pena ser jogado.

Banjo Kazooie 

banjo

Este foi polêmico ao extremo, eu particularmente joguei e achei o jogo bom…

Achar uma análise do jogo com nota menor que 8 é um desafio, na minha visão a Rare inovou demais e teve gente que não gostou das novas propostas trazidas aos títulos, vejo muita gente falando mal do jogo e falando mal e mal e muitos acabam atacando o jogo sem propriedade mesmo. Será que se ele fosse lançado em algum sistema Nintendo ele seria tão odiado? Será que metade das pessoas que atacam este jogo chegaram a jogar?

depois de tantos jogos ótimos a rare foi direcionada a se dedicar única e exclusivamente ao kinect, lançou bons jogos, mas, em minha visão algo muito abaixo do potencial da produtora e de um tempo pra cá, na verdade desde novembro de 2014 a gente é bombardeado com informações do tipo:

Phil Spencer sobre o novo jogo da Rare “É único!”

Para quem quiser conhecer um pouco mais do trabalho da Rare é só pegar o Rare Replay que é uma excelente coletânea dos jogos da produtora e foi lançado este ano para o Xbox One.

Com tantos jogos bons no currículo, alguns amados, outros nem tanto o que nós jogadores podemos esperar da Rare para o nosso tão querido Xbox One?

Compartilhar.

About Author

Jogador desde criancinha, nem Hardcore e nem Casual, apenas jogo e me divirto! No lado verde da força desde seu nascimento.

Powered by keepvid themefull earn money