A Warner Bros. e a Electronic Arts realizaram um evento especial de pré lançamento de Mass Effect: Andromeda em São Paulo que contou com a presença do produtor do jogo Fabrice Condominas, ele respondeu á varias perguntas durante uma coletiva bem descontraída sobre o mais novo jogo da BioWare.

A equipe do Xbox Power estava presente e traz para vocês os todos os temas discutidos:

  • Mass Effect: Andromeda e o legado de Mass Effect

Mass Effect é uma franquia que conquistou uma legião de fãs durante os anos, muitos se perguntam se alguma coisa da trilogia original terá influência na narrativa de Andromeda. Fabrice explica que o universo do jogo não mudou, mas a história é totalmente nova e independente. Agora os seres humanos não são mais a raça dominante, eles que são os alienígenas. O foco é viver uma nova experiência e criar novas memórias, não viver o passado. Ele deixa claro, no entanto, que a importância dada aos relacionamentos, ainda é o grande forte para a equipe do jogo.
Também foi citado que as mecânicas de RPG estão mais fortes do que nunca no novo jogo. Eles colocaram esses elementos acima de tudo e que são os mais importantes em Andromeda. A equipe do jogo quer com isso voltar ao que era importante no primeiro jogo, trazendo um sistema consistente e equilibrado de RPG.

  • O que esperar do personagem Ryder?

O novo protagonista chega em Andromeda, que é um lugar totalmente desconhecido, e dá tudo errado. Desde o começo já criamos um vínculo com o personagem, pois sabemos tanto quanto ele da nova galáxia. Para Fabrice esse é ponto principal da narrativa, pois os jogadores irão descobrir tudo junto com Ryder.
Ele explica que desde o começo do desenvolvimento foi decidido que essa seria uma narrativa épica, onde o jogador se preocupasse com tudo que está acontecendo na história que está sendo criada para Ryder e os personagens ao seu redor.
Comparando personagens, ele explica que a história de Ryder foi bem mais complexa de ser contada que a de Shepard, o icônico personagem da trilogia, pois eles tiveram três jogos para desenvolver a narrativa, no caso de Ryder, tudo será feito em apenas um.
Fabrice também destaca que o relacionamento entre os irmãos será um grande diferencial dentro do jogo, pois os dois coexistem no mesmo contexto e se importam um com o outro. Essa dinâmica é muito importante para o jogo.
Por fim, ele diz que o jogador não ter que escolher uma classe também vem dessa ideia de que Ryder está se descobrindo, então eles não viram lógica em obrigar o jogador a escolher e ter que ficar com uma determinada classe o jogo todo.

  • Novos jogadores

Mass Effect: Andromeda inicia um novo ciclo na série e muitos jogadores irão começar agora na franquia. Será que isso vai prejudicar a experiência deles? Fabrice foi incisivo em dizer não. Ele destaca que não importa se você conhece ou não Mass Effect, pois o jogo foi feito para quem gosta de uma boa história, uma narrativa rica, curte embarcar em uma jornada emocional e também gosta de Ficção Científica.
O estúdio teve liberdade para não levar em conta o que houve na trilogia e criar algo totalmente novo. É claro, que os fãs irão identificar algumas coisas, mas nada que seja importante para a nova narrativa, pois é tudo novo. Ele promete easter eggs para os fãs veteranos, mas deixa claro que serão bem sutis e não mudarão a experiência do jogo. Ele brinca sobre sua proposta de criar um personagem que tivesse uma tatuagem do personagem Wrex, da trilogia original, mas que o diretor não permitiu.
Mass Effect: Andromeda é gigante justamente por isso, ele precisa dar contexto ao que já existe e ao mesmo tempo contar uma nova história.

  • Missões secundárias

Fabrice revela que durante os 05 anos nos quais o jogo esteve em desenvolvimento, eles testaram e tentaram muitas coisas, no final chegaram ao consenso de que tudo deveria ser memorável.
Cada planeta principal (os que são jogáveis) terá uma história, com uma temática e uma experiência única. Além da missão principal, todos terão missões secundárias que envolvem as dificuldades daquele planeta. Ele promete que não terão missões de criar 10 peças de alguma coisa, pois tudo precisa ser memorável, ter uma importância narrativa.

Ele aproveitou e deixou um recado para aqueles que pretendem fazer 100% no jogo:

Quem gosta de fazer todas as conquistas vai ter muito trabalho. Desde já, peço desculpas à todos. (risos)

  • O novo sistema de escolhas

Fabrice começa explicando que o sistema de Paragon/Renegade era muito complicado, pois prendia o jogador em um determinado comportamento, no qual ele já nem ao menos lia os diálogos, pois já estava predisposto a escolher de acordo com a cor do seu comportamento de maneira automática. Esse sistema binário, elimina a riqueza da narrativa, por isso o novo sistema vai fazer o jogador pensar bem em cada resposta. A ideia é que o jogador lide com as consequências de suas escolhas de acordo com o seu julgamento de cada situação em particular. O grande foco é no relacionamento que criamos com os outros personagens.
Isso serve para criar um novo sistema de confiança, onde importa o que você fala e como você fala. Isso afeta todos os personagens e como eles reagem a você.
O novo sistema terá impacto direto nos famosos romances e cenas de sexo de Mass Effect. Agora você não precisa de um level muito alto de aprovação para iniciar um relacionamento ou até mesmo ter um relação sexual casual. O sistema de confiança do jogo não é mais tão óbvio, eles criaram algo mais profundo e cheio de nuances.
Falando em cenas de sexo, Fabrice avisou que os jogadores podem esperar por muita ousadia. Eles destacou que o jogo foi classificado pelo ESRB (órgão que classifica os jogos) como “cheio de nudez total” e revelou que os desenvolvedores acessaram bastante sites de pornografia para trazer mais conteúdo para o jogo.
Ele também revelou uma curiosidade que ocorreu nesses primeiros dias no qual os jogadores tiveram acesso ao jogo:

A Tempest possui muitas janelas e também tetos transparentes que mostram a galáxia em tempo real do planeta onde estão. Tiveram jogadores que descobriram uma maneira de subir em determinados tetos para espiar os outros personagens fazendo sexo. (gargalhada geral)

  • Momentos pessoais e sociais dos personagens

Quem já jogou algum jogo da BioWare sabe que eles sempre colocam alguns momentos que saem do comum da estrutura do jogo, para mostrar o lado mais normal de cada personagem. São momentos como um jogo entre os amigos, dançar, beber… Fabrice não quis falar muito pois seria spoiler, mas diz que preparam sim alguns momentos como esses no jogo, que são importantes para mostrar essa intimidade entre os personagens e para que saibamos que eles possuem uma vida social que vai além de você.
Ele compartilhou um desses momentos que acontecem em Mass Effect: Andromeda:

Nós entramos em um bar situado em uma vila espacial, lá todos pareciam um tanto quanto depressivos. O personagem pergunta: ‘Porque eles estão assim?’, um companheiro responde: ‘Eles esperaram 600 anos para beber e aqui só tem bebida ruim’ (gargalhada geral)

Ele também aproveitou para dizer que sabem que esses momentos são de extrema importância para os fãs, pois mostram a importância dos relacionamentos, que para eles também é algo muito importante.

Fabrice cita que em muitos lugares onde visita falam para ele que a cena de Shepard e Garrus atirando em latas em Citadel é uma das favoritas dos fãs. Uma cena totalmente fora do contexto da narrativa principal, mas que mostra o quanto o relacionamento entre os personagens são importantes.

  • Sistema de Classes e Criação

Fabrice mais uma vez explica o sistema de classes do jogo, dizendo que ele ainda existe de certa forma, mas que funciona de maneira mais dinâmica. Os jogadores podem focar em uma classe do começo ao fim do jogo e fortalecê-la, mas também podem experimentar e se arriscarem em outras possibilidades.
O sistema de criação também traz esse contexto de estar descobrindo uma nova galáxia. Os jogadores precisarão recolher o máximo de informação e recursos para conseguir construir as novas armas, armaduras, mods…

  • Multiplayer

Permanece o sistema de hordas, com o mesmo estilo de jogo visto em Mass Effect 3, mas foram adicionados objetivos diferentes. Não existe mais ligação com a campanha, e o progresso do multiplayer não terá impacto na sua experiência single player, porém terá mais narrativa envolvida no modo online.

  • Trilha sonora

Mass Effect é conhecido também por ter trilhas sonoras marcantes que trazem a real emoção de cada momento vivido dentro do jogo, e em Mass Effect: Andromeda isso não será diferente. A trilha sonora foi composta por John Paesano, conhecido por seu trabalho nos filmes The Maze Runner e DareDevil. Cada canção foi composta para trazer essa ideia da narrativa épica e agradar tanto os novos jogadores quanto aos fãs de longa data.

  • A polêmica das animações faciais

Fabrice diz que a reação em torno disso não o deixa chateado, mas que chama a atenção da equipe para poder trabalhar no assunto. Ele quer que as pessoas entendam que Mass Effect é um jogo gigantesco, cheio de nuances, além da liberdade de escolha para que se crie seu próprio personagem. Ele revela que existem companheiros em Andromeda que possuem mais linhas de diálogos que Shepard em um jogo todo.
Ele avisa que estão atentos ao feedback da comunidade e que irão trabalhar nisso com certeza.

  • A polêmica do final de Mass Effect 3 e como evitar isso em Andromeda

Antes de tudo Fabrice discorda de que a trilogia tinha finais iguais para todos, ele revela que existem mais de 16 mil possibilidades narrativas para o desfecho do jogo e as polêmicas escolhas finais dele, a história em si não é importante, mas a jornada dos jogadores durante ela. Porém, eles ficaram atentos ao feedback da comunidade e extraíram muito conhecimento de tudo aquilo.
As escolhas no meio de toda a jornada são importantes e eles levaram isso em consideração para Andromeda.
Ele avisa que o assunto dos Mass Relays será levado em consideração e que a situação deles será explicada, mas não deu mais detalhes para evitar spoilers.

  • DLC

Ainda não estão trabalhando nisso, pois o foco todo está no lançamento do jogo. Mas ele sonha com um jogo de Kart com Krogans.

  • Frase favorita de Shepard

Eu gosto dele falando ‘Eu amo você’ mas de modo sarcástico.

Mass Effect: Andromeda será lançado amanhã, dia 21, mas caso você seja assinante do EA Access, pode testá-lo por 10 horas.

Nos vemos em Andromeda!

Clique e confira na Xbox Store
Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!

Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :D

Sempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

  • gabriel semenko

    Oops ! … I did it again ! Britney Spears ? Nao , Bioware !

Powered by keepvid themefull earn money