Confesso que antes de jogar Sniper Ghost Warrior 3 eu fiquei um tanto quanto receosa, pois o jogo não estava sendo muito bem recepcionado mundo afora, porém sempre gosto de tirar minhas própria conclusões acerca de qualquer coisa, e ainda bem que fui jogar com a mente aberta e sem preconceitos. O jogo da CI Games apresenta uma jogabilidade consistente com uma mistura bem equilibrada entre a estratégia de um jogo de Sniper e o gameplay de mundo aberto, que lembra bastante Far Cry 3. Sniper Ghost Warrior 3 apresenta bastante conteúdo, trazendo uma boa aventura com as belas paisagens da Geórgia.

História

A história é bacana, nada muito profundo, mas que funciona bem com a proposta do jogo. Você assume o papel do atirador americano Jonathan North, que é jogado em território inimigo no norte da Geórgia, nas proximidades das fronteiras russas. Você irá se infiltrar atrás de linhas inimigas para ajudar a resistência e descobrir o que aconteceu com o seu irmão mais novo Robert North que foi raptado enquanto os dois estavam em uma missão de infiltração nas bases do inimigo para destruir suas armas. Jon consegue sobreviver, e começa sua jornada para resgatar seu irmão mais novo.

A trama do jogo se desenvolve através de quatro atos, que possuem missões principais e secundárias. As missões principais se focam em encontrar o paradeiro de Robert North e desmantelar as operações dos inimigos, já nas missões secundárias iremos ajudar a população local, que vive sendo oprimida pelas milícias separatistas, além disso iremos eliminar alvos de alta periculosidade.

Mesmo que a história seja bem superficial ela prende o jogador e traz algumas reviravoltas bem impactantes que acrescentam um ritmo muito bom ao jogo.

Jogabilidade

Sniper Ghost Warrior 3 possui uma jogabilidade muito boa, que dá bastante liberdade ao jogador, seja para ele ir como manda o gênero, ou seja, de modo furtivo buscando a melhor localização para eliminar todos e até mesmo interrogar inimigos para obter informações e descobrir rotas secretas para as bases inimigas ou você pode avançar como um rambo e atirando em todos e fazendo grande alarde.

Jogar como um Sniper, é muito gratificante, caçar um bom lugar para se posicionar, localizar os inimigos e eliminá-los à distância sem que eles façam ideia de onde que o tiro está vindo. O sistema de tiro do jogo para as Snipers é incrível, com ajustes no zoom e na elevação do tiro, além de levar em consideração aspectos como o vento e a respiração. E nada como acertar um headshot incrível e ser recompensado com gloriosas bullet cams, aquelas cenas em câmera lenta mostrando a trajetória da bala na cabeça do inimigo.

A jogabilidade com as metralhadoras não é tão boa, mas funciona nos momentos de sufoco, quando a furtividade não funcionou e você foi descoberto. Mas a grande graça aqui é terminar as missões e nenhum inimigo ser alertado.

Para que o trabalho do Sniper Jon seja bem sucedido, ele tem a sua disposição uma série de recursos bem interessantes. O primeiro deles é o drone. O reconhecimento do terreno é muito importante e nada melhor do que ter a vista aérea do local e conseguir identificar todos os pontos de interesse dele, assim como o posicionamento dos inimigos. O drone ainda pode ser melhorado com funções avançadas, como Visão Térmica e Hacking de Câmeras de Segurança.

Outra ferramenta bem importante é o Modo de Observação, que permite ver itens no ambiente e inimigos, além de ser importante para rastrear seus alvos, examinar pistas e encontrar locais para posicionamento e pontos de escalada. O modo também é muito importante para achar os colecionáveis no mapa como artefatos históricos e armas especiais.

O jogo também oferece uma vasta quantidade de opções para que o jogador customize seu personagem. São armas, munições, consumíveis, melhorias para o drone, modificações e skins para as armas… Todos os três mapas do jogo possuem Safe Houses onde você pode e deve se preparar para as missões, lá você pode comprar armas e consumíveis, realizar reparos na sua armadura e no silenciador das armas, fabricar munições, iniciar missões e é claro dormir. O jogo possui clima dinâmico, então se estiver escuro e você preferir realizar missões durante o dia, basta ir para a sua cama e escolher a duração do sono.

Sniper Ghost Warrior 3 ainda traz três arvores de habilidades que melhoram seu personagem com mais espaços para itens e habilidades passivas, como mais pontos de vida, estamina… Elas seguem os três grandes pilares da franquia:

Sniper – Pontos ganhos ao matar inimigos com o rifle de sniper.
Ghost – Os pontos dessa categoria são ganhos quando você age furtivamente. Investigando, interrogando, matando inimigos pelas costas com a faca.
Warrior – Os pontos aqui são ganhos quando matamos muitos inimigos em sequência, causamos explosões e também quando matamos com as armas secundárias.

Sniper Ghost Warrior 3 possui três mapas nas regiões remotas da Georgia, ao longo da conflituosa fronteira com a Rússia. Cada um deles possuem muitos pontos de interesse para serem descobertos , além de Postos Avançados dos inimigos para que você limpe e tome conta, uma estrutura de gameplay, que nesse aspecto lembra bastante o jogo Far Cry 3. Tomar os postos avançados é algo bem divertido de se fazer, algo que ficaria melhor se a inteligência artificial fosse um pouco mais avançada, para dar uma maior dificuldade para as infiltrações.

As missões do jogo seguem basicamente a mesma estrutura. Siga do ponto A ao B, ache o seu alvo ou pegue documentos e saia sem ser detectado. Parece repetitivo, mas ter usar a inteligência e a estratégia para passar por cada missão é algo recompensador. Para chegar nessas missões você pode utilizar o seu carro, que é bem útil para se deslocar com rapidez para pontos que não possuem viagem rápida e também para explorar os pontos de interesse do mapa. O sistema de direção do jogo é bem simples e funciona bem.

Algo extremamente desagradável no jogo são os seus loadings quando iniciamos o jogo ou vamos mudar de mapa. Esse tempo de carregamento pode durar quase 4 minutos. Os loadings que ocorrem quando morremos ou realizamos Viagem Rápidas no mapas são normais e rápidos, mas os dois citados anteriormente, são de tirar a paciência. A CI Games já está ciente e prometeu melhorar isso em uma atualização no futuro.

O jogo não foi lançado com seu modo multiplayer, apesar do recurso ter sido anunciado antes do lançamento. Segundo a desenvolvedora, a decisão foi tomada para que os jogadores aproveitem ao máximo a campanha antes de partirem para o Multiplayer. Decisão estranha, pois quem deve decidir isso é o jogador e não ser algo imposto pelo estúdio. O modo está previsto para ser liberado apenas entre julho e setembro, o que é um longo adiamento.

Gráficos e Som

Graficamente, Sniper Ghost Warrior 3 se apresenta bem, mesmo que em alguns momentos possamos ver algumas texturas que demorem a carregar, mas não é nada que seja tão recorrente ou que estrague a experiência do jogo. No geral, os mapas apresentam ambientes e vegetações variadas e um trabalho de iluminação realmente bonito. Os personagens não são os mais bonitos e as expressões faciais deixaram bastante a desejar, pois poderiam ter sido melhores trabalhadas para dar mais emoção aos acontecimentos da narrativa.

A trilha sonora se encaixa perfeitamente com a ambientação e proposta do jogo, com um toque georgiano notável, além de canções inspirada por várias músicas folk e pop. Ela foi composta e produzida por Mikolai Stroinski (The Witcher 3: Wild Hunt – Blood and Wine, The Vanishing of Ethan Carter, Detached, Kursk).

A dublagem está boa e consegue melhorar o fraco trabalho realizado nas expressões faciais, trazendo emoção para os diálogos. Os sons também estão muito bem trabalhados, os passos dados na lama ou em galhos de árvore, os sussurros dos inimigos, vento… Tudo muito bem trabalhado para dar o máximo de imersão ao jogador e para que ele preste realmente atenção em tudo ao seu redor antes de tomar uma decisão.

O jogo está todo legendado em português.

Opinião

Sniper Ghost Warrior 3 conseguiu me cativar com sua jogabilidade estratégica e divertida, e que foi me prendendo a cada nova missão desbloqueada, é realmente imersivo ser um Sniper nesse jogo, pois todo o ecossistema criado ao redor do jogador cria esse sentimento de furtividade e do desafio de usar tudo para não ser notado pelos inimigos. Os ambientes são bonitos, a trilha sonora combina e a história é interessante apesar de carecer de mais profundidade.

O jogo esbarra nos loadings que são irritantes e demoram demais para carregar o jogo e os mapas, o que torna a experiência final um pouco menos agradável do que deveria.

No geral, mesmo com seus problemas, Sniper Ghost Warrior 3 entrega uma boa experiência para os jogadores que curtem um jogo de tiro mais tático e voltado para as mecânicas de Sniper. Ele ainda entrega um mundo aberto interessante para ser explorado, que rende boas horas de conteúdo.

Entenda nossas notas

Clique e confira na Xbox Store
Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox! Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Sempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money