fbpx
Membros Gold e Ultimate tem Desconto Duplo - Economize até 60%

A coisa que mais me fascina em um indie, é sua inovação. Esses jogos tem por sua base, uma ideia mais ampla de criatividade somado a liberdade. Não é muito difícil encontrar jogos bizarros e complicados, contudo, há muitos deles que são incríveis e divertidos. Por vezes, um jogo indie supera facilmente um jogo de maior orçamento ou de maior apelo comercial.

Yuko’s Island Express é desses jogos que, apenas lendo a sinopse, você irá torcer o nariz. Confesso que fui um destes. Como não estranhar um jogo que é plataforma e pinball ao mesmo tempo? Como isso poderia funcionar? É com essa análise que lhes digo: Funciona e funciona muito bem!

Plataforma Pinball….. como?

Yuko’s Island Express é plataforma, é aventura, é puzzle e é tudo isso com uma leve pegada de MetroidVania. Desenvolvido pela Villa Gorilla e publicado pela Team17 Digital, você conduz Yuko pela ilha de Mokumana afim de reconstruir o correio da ilha e acordar um deus de seu sono profundo causado por um ataque do perverso vilão. Acho que até aqui, você já entendeu o quão bizarro esse jogo é, mas, quando o jogo começa, a beleza da ilha lhe enche os olhos. Sim, ela é toda pintada a mão. Belíssima a ponto de te deixar de queixo caído.

Yuko é o protagonista que precisa salvar o “Deus da Ilha Mokumana” que sofreu um ataque perverso e está doente. Você irá encontrar vários habitantes da ilha que vão implorar por sua ajuda, não somente para estabelecer a saúde de seu deus mas também para manter a ordem da ilha. Toda a história de Yuko’s Island Express é bem fantasiosa e, no meu caso, foi difícil se apegar a determinado personagem porém eles tem lá seu carisma.

Preocupado com a Jogabilidade

A parte que mais me deu calafrios e mesmo vendo alguns vídeos, não obtive resposta: a tal da jogabilidade. Todos aqui já viram uma mesa de pinball na vida e, não são lá muito populares nos jogos. As mesas de pinball precisam ser fluidas, divertidas e oferecer desafio na medida para não frustrar o jogador, mesmo ele sendo um bom atirador. Sim, atirador, pra você acertar as bolinhas no local determinado. Aqui a bolinha é o próprio Yuko. Bom, não exatamente ele mas, faz ‘parte’ dele.

As lutas contra chefões em Yuko’s Island Express são enormes partes de pinball, onde você precisa ir coordenando ataques e controlando a bolinha nessa grande ‘mesa’. Explicando em palavras parece difícil acreditar que isso daria certo de alguma forma…. mas sim, dá e muito. O jogo é muito divertido e fácil de jogar, uma vez que você entende as mecânicas. Jogadores de pinball terão facilidade extra nesse jogo. O jogo tem vários coletáveis e desafios adicionais de entregas de encomendas, portanto, tenha em mente que “ir e vir” no jogo é uma constante, repetir partes de pinball devem ser consideradas.

De fato, muito bonito

Graficamente o jogo se estende em fases, plataformas e acessos em 2D. Tem aquela pegada MetroidVania pois você “vai e volta” muito durante as fases. Isso dá uma preguiça extrema, pois, por vezes, você precisa voltar lá no começo do jogo. Por sorte, o jogo dispõe de uma viagem rápida muito interessante, bem adequada ao tema.

Yuko’s Island Express é muito bem desenhado e, por informações da própria produtora, todo pintado a mão. As cores saltam aos olhos e os personagens são únicos. Alguns você não consegue identificar que espécie é, de tão cheio de detalhes que são. As fases são extensas e diversificadas, que compõem o mapa como um todo. Você irá passar por cachoeiras, florestas, lagos, cavernas, gélidas montanhas, em um conteúdo único e muito bem criado para este jogo.

 O vento está sibilando

Yuko e os habitantes da ilha Mokumana falam uma língua própria. As legendas correm em inglês, com detalhes importantes sendo ressaltados em cores, para que você não perca mesmo a parte interessante do bate-papo. As músicas são belíssimas, tanto quanto os gráficos do jogo. Durante a viagem rápida toca uma mais agitada, porém, todas as outras são mais musicas relaxantes, ideais para um jogo tranquilo como Yuko’s Island Express.

Em especial vale citar a música que toca no menu do jogo, muito boa. Tive vontade até mesmo saber mais sobre para ouvir mais vezes no celular e, ao que tudo indica, é conteúdo próprio, de autoria original para o jogo. Os ambientes tem vida e seu som é característico. Espere por sapos nos lagos, mosquitos nas florestas, fortes ventos nas montanhas, mesmo que você não esteja necessariamente vendo nada disto.

Tão bom que o tempo voou

Yuko’s Island Express é um jogo para uma tarde tranquila, um final de semana mais calmo ou caso você mesmo queira, um jogo só pra passar um tempo. E passa, muito rápido. Por conta da música tranquila, dos desafios da plataforma pinball e do jogo ser bem fácil, você joga por horas a fio. A história não é nada que você não tenha visto antes mas com certeza, esse gameplay é único. Não me lembro agora de cabeça algum jogo que mesclou essas duas escolas de jogabilidade tão bem quanto Yuko’s Island Express fez. Tem horas que dá uma irritação, por não conseguir acertar o buraco certo para poder avançar durante as variadas partes do mapa (mas creio que o erro é muito mais meu que do próprio jogo) e também por conta de uma habilidade que você adquire após passar pelas montanhas que, quebram um pouco da delícia de gameplay que o jogo tem.

Yuko’s Island Express fez meu tempo voar e por conta disso, vou deixar com vocês um dilema: Eu finalizei rápido porque o jogo é curto ou porque o jogo é muito bom que não consegui largar? Indiferente a esta resposta, recomendo o jogo pois Yuko precisa de sua ajuda e você tem pela frente um jogo encantador.

Entenda nossas notas

Clique e confira na Microsoft Store
Compartilhar.

About Author

Eu sou um cara muito simples: Eu vejo Halo, eu dou Like. Me adiciona na Xbox Live, minha gamertag: Vingador Brambz

Powered by keepvid themefull earn money