fbpx
Membros Gold e Ultimate tem Desconto Duplo - Economize até 60%

No evento Microsoft Xbox E3 2018, Chris Avellone da Techland subiu ao palco para apresentar Dying Light 2.

Trata-se da continuação do jogo Dying Light, que está sendo desenvolvido por Chris Avellone. Conhecido pelo seu trabalho em Fallout 2 e Planescape Torment, ele explicou algumas das escolhas do jogo. Ostentando um intrincado sistema de causa e efeito, Dying Light 2 é ambientado em um mundo que regrediu a um estado medieval aonde a água é escassa. Avellone explicou como o alinhamento com uma facção ao invés da outra poderia afetar o modo como o jogo se desenrola.

Jogabilidade

Não se preocupe, o foco do jogo em zumbis e suas habilidades sobre-humanas à noite também é uma parte da experiência. Lembrando que a Techland é responsável pelos jogos de zumbi Dead Island e Call of Juarez.

Em termos de ambientação, Dying Light 2 ocorre 15 anos após o surto de zumbis do primeiro jogo.

O mundo de Dying Light 2 muda drasticamente dependendo de suas ações. A missão exibida tinha o jogador rastreando os contrabandistas de água. Matá-los permite que uma facção conhecida como Peacekeepers distribua para a população, ainda que aqueles que são aliados deles. Se você poupar os contrabandistas, eles venderão a água no mercado negro. Ambas as escolhas resultam em uma mudança visível na cidade.

O jogo ainda não possui data de lançamento. Confira mais no site do jogo.

Compartilhar.

About Author

Aficionado por games, comecei cedo: Intellivision -> MSX -> PC -> Xbox 360 / PS3 / PSP -> Xbox One. Fã de Fallout, Bioshock, Assassin's Creed, Mass Effect, Borderlands, Skyrim, Just Cause, Dead Island, Gears of War, Far Cry, Halo, GTA entre outros. Também aficionado por séries de TV, NFL (GO GIANTS!), NBA (Go Lakers), Futebol (Fluminense).

Powered by keepvid themefull earn money