fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Red Faction Guerrilla é mais um daqueles jogos rotulados de “cópias de GTA”, que tem o sucesso ofuscado por este estigma. Ele foi lançado em 2009 para o Xbox 360 durante o período da ascensão dos jogos em Sandbox, e ainda possui uma física de destruição de cenário, que até hoje ainda não vi algo tão detalhado nos jogos.

Com o anúncio da versão remasterizada, tive a oportunidade de jogar novamente, será que o remaster valeu a pena?

HISTÓRIA

Alec Mason é um minerador especialista em demolições, que chega em Marte para trabalhar com seu irmão, lá ele o encontra envolvido até o pescoço com a Red Faction, que é um grupo revolucionário que briga contra a opressão imposta pela Earth Defense Force(EDN), que controla tudo em Marte, e se trata de uma organização militar que possui alto poder bélico, e não mede esforços para cumprir seus objetivos.

A EDN está em Marte para ajudar na colonização do Planeta, mas tudo o que ela faz é escravizar e oprimir o povo. Por todo o Planeta podemos ver os tipos de atrocidade que ela faz, e com isso o jogador vai embarcando na ideia revolucionaria.

Marte possui lindas paisagens, é sério.

Como Alec Mason é muito habilidoso em destruir, muitas missões focam nessa habilidade, então se prepare para destruir tudo ao seu alcance.

A história de Red Faction Guerrilla vai ganhando mais conteúdo assim que o jogador vai avançando nas missões, mas não espere nada muito revolucionário em se tratando de narrativa, o forte do jogo é a jogabilidade e a física de destruição.

COMECE UMA REVOLUÇÃO

Red Faction Guerrilla traz uma história que é construída na ideia da revolução, o objetivo da Red Faction é tomar Marte da EDN, e Mason é seu instrumento. O jogador deve liberar todos os setores de Marte um a um, e para isso você deve completar missões principais e algumas missões secundárias, para chegar no seu objetivo final. As missões secundárias possuem pontos de controle e peças, algumas missões possuem só uma das duas, então o jogador deve escolher o que mais cabe a ele, sendo o controle importante para avançar na história e as peças para os upgrades.

O jogador conta com uma boa variedade de missões secundárias, desde missões de entrega de veículos até Raid contra inimigos da EDN. O mapa contém dezenas dessas missões em cada setor, e dá para se perder no tempo ao ficar completando cada missão ou estrutura a ser destruída no cenário, e é claro que as conquistas complementam toda essa diversão.

Domine cada setor de Marte.

Marte possui ambientes diferentes, como os humanos começaram uma terraformação, podemos ver alguns setores com vegetação, o que oferece um contraste enorme com os desertos do planeta vermelho.

UMA FÍSICA QUE ESTÁ A FRENTE DO SEU TEMPO

Um aspecto que sempre me chamou a atenção, foi a física de Red Faction Guerrilla, tudo no cenário é destrutível, eu joguei por muitas horas, e não vi objetos que não possam ser destruídos. O melhor disso tudo é o nível de detalhe dos pedaços dos objetos, são partículas minusculas que se espalham no chão de Marte, e cada arma ainda aplica um efeito no objeto. O jogo é muito eficaz nesse aspecto, mas nem tudo são flores, a física aplicada ao corpo dos personagens é mal executada, parece um boneco que voa sem controle, faltou dar uma melhorada nisso, pois por mais que o jogo seja um remaster e não um remake, poderiam ter feito uma mudança nesse aspecto.

O nível de detalhes da destruição é sensacional.

GRÁFICOS MELHORADOS

Red Faction Guerrilla Re-Mars-tered Edition trouxe um boost nos gráficos, jogando em um Xbox One, pude ver uma grande melhoria em relação ao original, iluminação, efeitos de sombra, tudo está muito lindo, isso deixou o jogo com ar de novo, não parece com um jogo que saiu para o Xbox 360. Realmente quando ele saiu lá atrás em 2009, os gráficos não eram tão bonitos e ficava bem abaixo de outros jogos na época, mas felizmente tudo isso foi melhorado e agora você poderá jogá-lo com um melhor desempenho no seu Xbox One e até mesmo em 4K no Xbox One X.

O jogo ganhou ótimos efeitos de iluminação e sombra.

Um grande infortúnio é a otimização desses recursos gráficos, Red Faction Guerrilla Re-Mars-tered Edition sofre muito com essa má otimização, temos gráficos lindos a um custo alto na performance. Diversas vezes percebi engasgamentos, quando existe uma quantidade muito grande de inimigos na tela, o jogo mostra uma queda brusca no framerate, isso influenciou muito na minha analise, afinal tudo estava quase perfeito, a não ser esse aspecto que afeta a jogabilidade.

OPINIÃO

Red Faction Guerrilla Re-Mars-tered Edition traz uma ótima dose de diversão e uma variedade de missões secundárias para distrair o jogador por muito tempo, a remasterização acertou nos gráficos mas peca na performance, as quedas bruscas de frame no Xbox One me frustraram um pouco com esse quesito. Não sei como o Xbox One X é afetado.

Red Faction Guerrilla Re-Mars-tered Edition não possui idioma localizado, e poderiam ter incluído umas legendas em português, isso ajudaria alguns jogadores que não tem familiaridade com outros idiomas.

O jogo ainda possui modo multiplayer, mas não achei nenhuma partida para jogar durante o período de embargo, então não posso opinar nesse aspecto, mas parece ser uma ótima adição.

Entenda as nossas notas

Clique e confira na Microsoft Store
Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money