fbpx
Membros Gold e Ultimate tem Desconto Duplo - Economize até 60%

Durante a BGS 2018 podemos entrevistar André Bronzoni, que é o responsável por PES nas Américas. Em um bate papo super descontraído conversamos sobre polêmicas e novidades de PES 2019 e o futuro da franquia.

Xbox Power: Vamos começar com a primeira pergunta que todo mundo quer saber a resposta. Cadê Allejo?

André Bronzoni: Ele está perdido por ai. Ele me ligou ontem e disse que está um pouquinho cansado, que a vida foi muito longa. Ele se aposentou, teve que fazer várias campanhas publicitárias, e que para pensar ele fez até uns anos sabáticos… Mas um dia ele volta sim.

Xbox Power: Como foi a conversa com os clubes brasilieiros para licenciamento? Há planos para outros times, como os da série B, ou outros campeonatos, por exemplo?

André Bronzoni: Olha existe sim um planejamento, mas hoje a gente tem passado pela dificuldade dos jogadores dos times brasileiros, em relação ao direito de imagem. E eu parto pelo princípio de que quero fazer isso direito, primeiro sendo 100% autêntico na Série A. A partir do momento que eu conseguir esse objetivo eu vou passar para o segundo passo, que é a Série B ou até mesmo outros campeonatos regionais. Enquanto eu não conseguir atingir pelo menos 90% do projeto, que é deixar o Brasileirão o mais autêntico possível, eu não vou partir para o outro passo, porque se eu fizer isso eu só vou criar mais desconfiança na minha audiência. Então eu prefiro fazer algo direito.

Xbox Power: E falando em autenticidade. Vocês pretendem investir mais na localização do jogo como mais cantos de torcidas, bandeiras, estádios…?

André Bronzoni: Já temos isso, os gritos das torcidas, então principalmente com os nossos parceiros mais próximos, como o Cruzeiro, Santos, Atlético Mineiro, Internacional, nós temos os gritos das torcidas sim.

Xbox Power: Há planos de incluir o VAR dentro do jogo?

André Bronzoni: É uma pergunta interessante. Eu não posso falar muito, pois é uma pergunta mais de produção, mas é uma coisa a se conversar, pois eu achei superinteressante essa ideia. Seria interessante ver o árbitro fazer aquele sinalzinho de TV, quadradinho. É engraçado, eu acho que é uma coisa válida sim.

Xbox Power: O jogo vem evoluindo bastante em qualidade de modo geral, porém o modo on-line MyClub sofre com jogadores que usam de má fé para benefício próprio, evitar derrotas, derrubar partidas… Vocês possuem conhecimento disso, e existe alguma planejamento para melhorar isso no futuro, como um sistema de punição ou algo do tipo?

André Bronzoni: De fato a gente tem conhecimento desses fatos sim e estamos trabalhando para achar uma mecânica para acabar com isso. Essa semana mesmo, o produtor chefe, que é o Manorito Hosoda, deu uma entrevista para uma revista japonesa, e ele falou exatamente isso que eu estou falando. Que ele está buscando uma mecânica para acabar com isso, mas é algo muito complicado. Tem caras que ensinam como derrubar partidas na internet, e não temos muito a se fazer. Então a gente trabalha derrubando esses vídeos, falando para o pessoal não fazer isso, mas ainda é muito complicado. Precisamos criar um sistema que a gente consiga identificar se o cara está derrubando mesmo de propósito ou se de fato a conexão dele está ruim, ou até mesmo acabou a luz na casa dele, e esses contratempos acontecem muito aqui nos países da América do Sul. Então como que a gente vai julgar alguma coisa sabendo esse tipo de fato? É muito complicado.

Xbox Power: O mundo dos games está em constante evolução, pois a tecnologia está avançando rapidamente. Existe algum desenvolvimento para mudar a Engine no próximo PES?

André Bronzoni: Eu não tenho muita informação sobre isso, então é uma coisa que a gente ainda vai trabalhar mais para o final do ano e vamos analisar junto com a equipe de produção, que é fantástica, e vamos ver o que eles irão falar.

Xbox Power: Muitos jogadores ao saberem dessa entrevista pediram para perguntar sobre o porque de não ter o Option File no Xbox One e se existe algum projeto para customizar os times?

André Bronzoni: Vou explicar. Não é que a gente não quer trazer, existe um porquê de estar no console Playstation e existe um porquê para não estar no console Xbox. No console Playstation, por política do console, eles autorizam a entrada de imagens e conteúdo que você quer via USB. A Microsoft ela não autoriza, isso não faz parte da política de console deles, e a única coisa que faz parte dessa política é via Cloud, pela Nuvem. Então a gente teria que criar um outro protocolo interno, junto com a Microsoft, para que isso aconteça. E é por isso que não tem o Option File para o Xbox, infelizmente.

Xbox Power: Agora pode deixar seu recado para os jogadores do Brasil.

André Bronzoni: Eu deixo o meu agradecimento para todos os jogadores, porque eles são realmente bem fiéis. O meu principal recado é que me mandem feedback, eu quero escutar vocês, eu estou aqui para escutar todos. O jogo é muito bom, então eu não preocupo com a jogabilidade, pois eu sei que ela é a melhor que tem no mercado e vai continuar sendo a melhor, além da qualidade gráfica. A gente se dedica com muito afinco, com muita paixão e eu sei que os jogadores conseguem ver isso, conseguem comparar isso com o nosso concorrente.

Os jogadores interessados em dar o seu feedback sobre a franquia, podem entrar em contato via Twitter com a Konami do Brasil e o próprio André Bronzoni. Nós agradecemos o convite da Konami para a realização dessa entrevista e a disponibilidade do André Bronzoni em nos concedê-la.

PES 2019 já está disponível no Xbox One e também já temos a análise do jogo no nosso site.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money