fbpx

Space Hulk é um jogo de tabuleiro baseado no universo de Warhammer 40,000, lançado na década de 1980. Este ano a franquia recebeu uma versão para consoles, que ganhou o nome de Space Hulk: Tactics, que promete uma experiência extremamente fiel ao jogo de tabuleiro.

Confira nossas impressões do jogo, que foi produzido pela Cyanide Studios.

A Guerra entre Humanos x Genestealers

Warhammer 40.000 é um jogo de tabuleiro que simula batalhes entre exércitos futurísticos. O jogo recebeu inúmeras variações, sendo Space Hulk uma delas, que colocava dois jogadores no comando dos Space Marine Terminators e Genestealer. Assim como no jogo de tabuleiro, Space Hulk: Tactics coloca o jogador para controlar uma das facções e aniquilar a outra.

Escolha em qual campanha irá se aventurar

Em Space Hulk: Tactics, os Blood Angels, uma das legiões fundadoras dos Space Marines, encontram um Space Hulk enquanto retornavam ao seu lar. O termo Space Hulk é usado para se referir a um conglomerado de naves espaciais, lar das especies mais ameaçadoras do universo. Os Blood Angels notam que o conglomerado está indo em direção a Terra. Caso o impacto direto não acabasse com o planeta, os terrores que lá vivem certamente terminariam o trabalho. É dado início a campanha de acabar com o Space Hulk, onde os Blood Angels vão implodindo aos poucos o conglomerado para que o mesmo se espalhe pelo espaço. Mas os temíveis Genestealers estarão lá para acabar com o plano dos Blood Angels.

A história é contada por meio de diálogos

Uma novidade em Space Hulk: Tactics, comparado a jogos anteriores, é a campanha dos Genestealers. Nela é contada a história de uma outra legião de Space Marines, os Ultramarines, que também se aventuraram pelo Space Hulk. Infelizmente, qualquer comentário a mais pode ser um possível spoiler da campanha dos Blood Angels.

A apresentação do jogo é muito boa, com uma boa base para veteranos e novatos na mundo de Space Hulk. Infelizmente ,ela não é bem desenvolvida. O jogador vai adentrando no Space Hulk conforme vai enfrentando a facção inimiga, e algumas linhas de diálogos vão surgindo e é só isso. O foco é basicamente nas batalhas.

Estratégia em sua forma mais pura

Os jogos de estratégia em turnos tem ganhado cada vez mais espaço no mercado de games. Boa parte desta ascensão é devido ao sucesso de XCOM, que inclusive serve de norte para muitos jogos do gênero. Mas a Cyanide resolveu fazer uma aposta diferente com Space Hulk: Tactics. A desenvolvedora apostou em uma experiência bem mais tática.

Pense bem na sua próxima ação

Esqueça mapas abertos, terrenos em níveis diferentes ou super habilidades. Aqui os cenários são estreitos, limitando bastante a movimentação de suas unidades. O jogador precisará pensar duas vezes antes de tomar uma decisão, sempre antecipando o movimento do adversário. Quase como uma partida de xadrez.

Novos inimigos vão surgindo conforme avançamos na história

É basicamente o que um fã de jogo de estratégia gostaria, mas um jogador casual ou novato pode acabar não curtindo tanto. Antes de pegar o jeito da coisa, vi a tela de game over diversas vezes. Mesmo em um nível de dificuldade normal é desafiador completar algumas missões. Fui avançando com base na insistência, e posso imaginar que nem todos terão a mesma paciência.

Gameplay

Como mencionado acima, Space Hulk: Tactics parte de uma ideia bem mais clássica de jogo. Aqui cada ação que sua unidade realizar custa um AP (ponto de ação). Por isso é preciso pensar bem em como irá usá-los. Será que colocar minha unidade no ponto X, ela terá AP suficiente para atacar a unidade Y? Ou é melhor Deixar ela onde estar, aguardar a unidade Y e gastar todos os meus pontos em ataque? E olha que QUALQUER AÇÃO que sua unidade realizar custa 1 AP.  Andar, -1Ap. Atacar, -1 Ap. Abrir porta, – 1P. Peidar…opa, aí não. Mas falando sério, os AP valem ouro e podem decidir a vida ou a morte de uma unidade.

Customize seu esquadrão

O bom é que cada classe possui habilidades distintas que farão toda a diferença em batalha, seja Space Marine ou Genestealers. Coloque um Heavy para acabar com unidades em uma longa distância ou um Miasmic que ao morrer deixa uma nuvem venenosa em sua volta. Essas habilidades funcionam como um sistema de cartas. A cada turno o jogador recebe três cartas com habilidades aleatórias. Ele pode usar uma por turno ou converter em AP. Ainda há a possibilidade de melhorar os equipamentos das unidades ao achar diagramas. Ache um diagrama, pague para construí-lo e então equipá-lo para ganhar melhores atributos.

Infelizmente não obtive sucesso em jogar contra outro jogador

Para finalizar, Space Hulk: Tactics possui um modo multiplayer para você desafiar outros jogadores, e um criador de mapas. Infelizmente, não achei nenhum player online durante o matchmaking para jogar uma partida. Há a possibilidade de jogar com a I.A, mas aí não seria muito diferente do que jogar uma partida na campanha, né?

Gráficos e Som

Se tem uma coisa que a Cyanide fez bem, foi na ambientação do jogo. Naves desertas, corredores gigantes e estreitos, pouca iluminação… Some isso a barulhos estranhos e rugidos dos monstros que lá vivem e você terá uma perfeita ambientação de Alien: O Oitavo Passageiro. As unidades do jogo também não ficam atrás, possuindo uma grande riqueza em detalhes. Bacana mesmo é a Killcam, que pega um ângulo todo especial quando uma unidade é eliminada.

O jogo chega localizado em nosso idioma com legendas em pt-br. Bola dentro da Cyanide!

 Opinião

Space Hulk: Tactics traz ao mundo dos games um clássico jogo de tabuleiro com muita qualidade. Apesar da história não empolgar e de uma dificuldade elevada para iniciantes, a sua jogabilidade e ambientação acabam por ser seu grande destaque. O jogo é uma experiência imperdível para os fãs do estratégia em turnos. Agora se você for novo no gênero, é melhor procurar por outro jogo para não se frustrar.

Entenda nossas notas

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money