fbpx

Alguns jogos trazem um tema tão bom ao nosso console, que a primeira vista, em uma roda de conversa, pode parecer piada. Afinal, é muito comum conversar com os amigos sobre aquela horda de Locusts que você matou ou até mesmo aquele tempo que você bateu na pista… mas e quantos hectares de soja você colheu no final de semana?

Farming Simulator 19 traz ao seu console todo o glamour (o que?) de ser um fazendeiro. E quando eu digo fazendeiro, o jogo abrange tudo. Gerenciar uma fazenda pode parecer complicado de início, mas o jogo te pega pela mão e ensina passo a passo como ser o próximo “Rei do Gado“. Ou quase isso.

Os primeiros passos do fazendeiro

O tutorial de início é muito completo. Levei exatas 1 hora e 30 minutos para concluí-lo e, principalmente, o tutorial ensina exatamente a sequência correta de como proceder, justamente para que você não se perca. Cultivar, fertilizar, semear, colher e manter. É difícil explicar em palavras mas acredite, sim, é muito fácil aprender a jogar. Eu considero isso muito interessante para esse jogo (que eu considero de nicho) pois a primeira vista, o jogo pode causar estranheza. Na verdade, o tema “fazenda” é bem usado aqui para um propósito maior no game: o Gerenciamento de Recursos.

O principal motivo do jogo é ser rico. Ter terras. Ser um fazendeiro de sucesso. Ter cada vez mais maquinários e implementos agrícolas, mais funcionários trabalhando, mais alqueires de terra para plantio, mais animais para agropecuária, mais silos para armazenar grãos, para então finalmente, brigar pelo preço de venda. Quanto mais você avança no jogo, mais você adquire responsabilidades. Seja com funcionários ou com criação de animais, você precisa arriscar em determinados momentos, o que pode lhe custar precioso tempo e dinheiro.

Um exemplo disso foi quando eu fertilizei a terra, semeei, tirei ervas daninhas e esperei a colheita. Quando estava tudo pronto para minha colheitadeira entrar em ação, a chuva caiu forte. Em dias de chuva não se faz colheita. E foi assim o dia todo. A colheita murchou, as ervas daninhas cresceram e tive um prejuízo de 60% do investimento. Paguei funcionários, paguei maquinários e manutenção da fazenda e acabou. Comprar sementes e recomeçar o plantio. Tudo isso faz parte da jogabilidade e inclusive a manutenção dos equipamentos é constante, você precisa sempre estar prevenido para tais situações.

Mas não se assuste, o jogo é extremamente fácil de entender e jogar. Uma vez que feito isso, você terá domínio da situação e tirará proveito dela. As máquinas são fáceis de conduzir e com apenas dois botões você consegue designar alguém para fazer aquela função, te dando opção de ir fazer outra coisa ou ir adiantando tarefas. Aqui entra também o multiplayer cooperativo do jogo, pois, dá pra chamar um amigo pra te ajudar a manter a fazenda. Não, ainda não dá pra enviar pragas nas colheitas dos outros, como pediu meu amigo Rodrigo, do site Halo Project Brasil.

Gráficos e som

Em termos gráficos, o jogo é muito detalhado e cada implemento agrícola ou maquinário é fielmente detalhado. Até mesmo os adesivos colados na carroceria são bem reproduzidos. Cabos, freios, luzes… detalhes e mais detalhes que deixam o jogo ainda mais gostoso de passar tanto tempo.

A draw distance (campo de visão a distância) do jogo é um pouco prejudicada, deixando uma faixa de alcance muito pequena, coisa que você irá notar com poucos minutos de jogo. No geral, graficamente o jogo é satisfatório.

Assim como os gráficos, o som do jogo é bem trabalhado e dá uma certa imersão de área rural. São animais e pássaros o tempo todo e os grilos a noite. A cidade é pouco imersiva e não se vê muitas pessoas na rua e por sua vez, os sons são pouco reproduzidos. Aparentemente parece que você está sozinho naquela região, nem mesmo os sons ajudam a compor o ambiente da cidade. Diferente da área rural que realmente te coloca pra sentir o ambiente.

Conclusão

Farming Simulator 19 é de fato um jogo de nicho. Muito normal revirarem os olhos (ou rirem) quando você diz gostar dessa franquia. Poucos entendem que o jogo foca exatamente em Gerenciamento de Recursos. Você precisa pensar antes de executar e, tendo o clima ao seu favor, você precisa acelerar o cultivo e armazenar grãos para ter o mercado nas mãos. Tendo o mercado nas mãos, você controla o preço de compra e venda. Ou seja, você comanda o jogo.

O jogo traz missões aleatórias onde você pode ajudar outros fazendeiros vizinhos, sendo pago para isso. Caso você não tenha o maquinário necessário, você pode simplesmente alugar. Pode comprar mais terras para mais plantios e lógico, mais trabalho (mais dinheiro). É um jogo que não tem fim, você pode jogar até comprar todo o mapa ou adquirir todos os tratores, você quem escolhe.

Eu vou jogar até fazer os 1 mil pontos de gamerscore, exatamente como fiz com Farming Simulator 15, que está no Xbox GamePass. Caso você esteja cético quanto ao jogo, você pode baixá-lo no programa (Farming Simulator 15) e tentar não só este mas tantos outros títulos disponíveis.

Entenda nossas notas.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Eu sou um cara muito simples: Eu vejo Halo, eu dou Like. Me adiciona na Xbox Live, minha gamertag: Vingador Brambz

Powered by keepvid themefull earn money