fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Chegou aquele momento do ano onde a equipe do Xbox Power se reúne para fazer nossa seleção dos jogos que mais se destacaram no ano. E é claro que nossos queridos leitores também se juntaram para apontar suas escolhas no Xbox Power Awards 2018.

Acompanhem nossas escolhas para os melhores do ano em 2018 e, também o resultado da escolha popular.

Jogo do ano

Jogo do ano

Escolha do Público – Red Dead Redemption 2

Guidoncio – Este ano foi repleto de opções, mas o trabalho realizado com Red Dead Redemption 2 tem que ser exaltado. Embora muitos achem que o jogo demora a engrenar, a imersão e cadência fazem parte do velho oeste.

Marcelo – Por considerar que Red Dead Redemption 2 é o primeiro “AAAA” da indústria, acho este merecedor. Elevou e muito o nível dos jogos eletrônicos.

Michael – Com certeza Red Dead Redemption 2 . A Rockstar novamente ditou os novos padrões da próxima geração, com um dos primeiros jogos AAAA. O game conseguiu atingir quase todos os quesitos técnicos com excelência.

Nivea – Esse ano fiquei com muitas dúvidas entre Far Cry 5 e Assassin’s Creed Odyssey, Apesar de Far Cry 5 ter me encantado em vários quesitos, minha experiência durante e depois a campanha principal de Odyssey, acabou fazendo ganhar o meu voto. O jogo tem muito conteúdo e conteúdo bom para explorar, mesmo depois de ter terminado a campanha principal. Trazendo, para mim, uma experiência mais completa.

Thiago Dantas – Podemos considerar o mundo dos jogos eletrônicos como antes de Red Dead Redemption 2 e depois de Red Dead Redemption 2. Um jogo que beira a perfição, diferente de tudo que já foi visto


Desenvolvedora/Publicadora do ano

Desenvolvedora/Publicadora do ano

Escolha do Público – Rockstar

Guidoncio – Difícil escolha, a Rockstar sempre se supera com excelentes trabalhos, mas fico com a Ubisoft devido a pluralidade de excelentes jogos no ano.

Marcelo – A busca incessante por trazer jogos detalhistas, espetaculares e com uma narrativa tão pesada, colocando estes jogos como clássicos instantâneos, faz da Rockstar a minha escolha.

Michael – Fico com a Ubisoft, pois a empresa tem trabalhado muito bem o pós lançamento de seus games. Para ela nenhum game esta totalmente perdido.

Nivea – Eu escolhi a Playground Games por ter mais vez conseguido mostrar que os jogos de corrida podem evoluir. Conseguiram colocar Forza Horizon como a franquia que domina o gênero e ainda trouxeram mais do que apenas corridas, mas também missões e diferentes estações do ano para o quarto jogo.

Thiago Dantas – Rockstar. Por fugir dos padrões em lançar jogos incompletos ou cheio de falhas (Olá, Fallout!). No final, a espera foi recompensada


Melhor jogo independente

Melhor jogo independente

Escolha do Público – Hellblade: Senua’s Sacrifice

Guidoncio – Este ano tivemos ótimos títulos indie, a EA veio com A way Out e Unravel Two, Dead Cells e Celeste também tiveram ótimas críticas. Mas fico com Hellblade, excelente trabalho da Ninja Theory.

Marcelo – Hellblade trouxe uma abordagem difícil, pesada e ainda encantou uma maioria. O jogo surpreende a todos que se envolvem com a protagonista.

Michael – Deadcells é a grande surpresa do ano, com um gameplay preciso e viciante. Além da dificuldade que faz parte da jogabilidade. Morrer é só o começo.

Nivea – Hellblade: Senua’s Sacrifice oferece uma experiência de audiovisual única, que te deixa completamente imerso no seu universo. Além de gráficos belíssimos e momentos de pura contemplação.

Thiago Dantas – A way Out, pois Josef Fares mostrou que jogos focados na narrativa podem ser mais divertidos jogado com um parceiro.


Melhor narrativa

Melhor narrativa

Escolha do Público – Red Dead Redemption 2

Guidoncio – Far Cry sempre teve uma ótima narrativa, vilões carismáticos e boa trama, mas nada supera a Rockstar com o trabalho e dedicação em RDR2.

Marcelo – Red Dead Redemption 2 te traz pra dentro da pele de Arthur Morgan. Você se sente parte da gangue do Dutch e toma vários problemas para si. Os caminhos que a narrativa te leva te prendem todo instante.

Michael – Red Dead Redemption 2 traz a melhor narrativa da geração, ao contar a história de Arthur Morgan e a Gangue Van der Linde. A emoção contagia a todos e o sentimento de nostalgia ao encontrar rostos e elementos conhecidos só foram vistos em alguns jogos. Lidar com pontas soltas do primeiro jogo e amarrar perfeitamente a narrativa é para poucos.

Nivea – Far Cry sempre é conhecido pelos seus vilões marcantes e suas histórias que fogem do tradicional. No quinto jogo da série temos uma seita religiosa, cujo líder acreditar ser o messias de uma nova ordem, mundial. A Ubisoft foi corajosa não apenas em tocar em assunto tão delicado, mas também desenvolvê-lo bem te prendendo do começo ao fim.

Thiago Dantas – Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi em Red Dead Redemtpion 2. O vínculo criado com todos os personagens foi muito grande, garantindo um lugar especial no coração.


Melhor performance

Melhor performance

Escolha do Público – Roger Clark Arthur Morgan em Red Dead Redemption 2

Guidoncio – Lara Croft foi mais uma vez muito bem personificada pela Camila Ludington. E mais ótima performance feminina de Mila Juergens em Hellblade. Mas Roger Clark foi o cara! Ou melhor foi o Arthur pistola!

Marcelo –Como toda a trama gira em torno dos problemas da protagonista, Melina Juergens atuou muito bem em Hellblade: Senua’s Sacrifice, trazendo para o jogador uma imersão muito grande.

Michael – Roger Clark é o cara, ele me fez sorrir, rir e chorar muito com Arthur Morgan em Red Dead Redemption 2.

Nivea – Para uma história te prender ela precisa de bons personagens, e narrativa de Far Cry 5 foi engradecida pela perfomance de Greg Bryk como o controverso Joseph Seed, um vilão que te faz até mesmo torcer mais por ele do que pelo protagonista.

Thiago Dantas – Roger Clark deu vida um dos protagonistas mais marcantes do mundo dos games. Graças a sua atuação, Arthur Morgan consegue ser um extremamente carismático.


Melhor trilha sonora

Melhor trilha sonora

Escolha do Público – Forza Horizon 4

Guidoncio – Forza horizon sempre se destaca pela trilha sonora com ótimas músicas e excelente variedade. Mas pelo trabalho original fico com Far Cry 5. As melodias se encaixaram perfeitamente com o mood das fases.

Marcelo –Em Destiny 2: Renegados, a música te envolve do começo ao fim. Pra cada situação, você tem um espetáculo, todo um show acontecendo.

Michael – Red Dead Redemption 2, podem me julgar. Mas você fazer uma missão com um apelo emocional enorme, com aquela música que dói la no peito é irado.

Nivea – Mais uma vez o meu voto vai para Far Cry 5, que teve a grande ideia de trazer uma verdadeira coletânea de hinos religiosos feitos especialmente para a seita do jogo.

Thiago Dantas – A Rockstar se preocupou em colocar melodias em todas as situações possíveis. Nunca me esquecerei da Gangue Van der Linde comemorando e cantando em uma noite no acampamento.


Melhor direção de arte

Melhor direção de arte

Escolha do Público – Red Dead Redemption 2

Guidoncio – Incrível o trabalho da Ubisoft na ambientação da grécia. Assim como da Rockstar. Mas pela beleza do cenário e do conjunto da obra, fico o Assassin’s Creed Odyssey.

Marcelo – O mar que a Rare criou para Sea Of Thieves é o mais bonito até o momento. Somado aos personagens cartunescos, você tem uma incrível arte em forma de jogo.

Michael – Red Dead Redemption 2 traz os melhores cenários e caracterização do gênero. Com uma fidelização enorme do Velho Oeste, somente visto nos melhores filmes.

Nivea – Kingdom Come:Deliverance me impressionou com a sua fiel recriação do que seria Boêmia antiga, com uma uma visão apaixonante e cheia de detalhes da vida medieval.

Thiago Dantas – O mundo de Red Dead Redemption 2 é impecável. Sejam pelos personagens ou pelos cenários. Assistir a chegada de uma tempestade com raios e trovões é simplesmente memorável


Melhor jogo shooter

Melhor jogo shooter

Escolha do Público – Battlefield V

Guidoncio – Destiny tem uma ótima jogabilidade, mas a repetitividade e “caça-niquelagem” não leva! Warface ótimo também, mas fico com Far Cry 5. Tiro, porrada e bomba!

Marcelo –Mesmo se tratando de uma expansão, a Renegados trouxe algumas armas espetaculares ao pacote. É muito bom “trocar tiro” em Destiny 2.

Michael – Far Cry 5 trouxe novamente um shooter bem redondinho, ao usar a Dune Engine que esta perfeita. Armas precisas e uma história de tirar o folego. Além de um mapa enorme e muita coisa para se fazer.

Nivea – Para mim que curto combate mais estratégico e massivo, Battlefield V é a escolha certeira. O jogo chega cheio de novidades para deixar o jogo ainda mais tático e permanece apresentando os seus belos e detalhados gráficos.

Thiago Dantas – Selo Glória Pires


Melhor jogo de ação/aventura

Melhor jogo de ação/aventura

Escolha do Público – Red Dead Redemption 2

Guidoncio – Shadow of Tomb Raider é um grande destaque, mas fico com Red Dead Redemption 2.

Marcelo – Red Dead Redemption 2 está um nível acima da maioria dos jogos. Este título é um clássico instantâneo e será lembrado por gerações.

Michael – Red Dead Redemption 2 novamente trouxe sequencias de ação dignas de um blockbuster. O jogo te proporciona os melhores tiroteios já vistos em um game.

Nivea – Em 2018 NieR: Automata finalmente chegou ao Xbox One, e inicialmente eu não entendi o motivo dele ser tão aclamado, mas conforme você se aprofunda na história e no sua jogabilidade o jogo traz contornos de maestria.

Thiago Dantas – Nier: Automata. Por mais que Red Dead Redemption 2 traga ótimos momentos de ação, ele não se compara a frenética aventura dos androides da Yoha


Melhor jogo de RPG

Melhor jogo de RPG

Escolha do Público – Assassin’s Creed Odyssey

Guidoncio – AC virou mesmo um Action RPG! Ótimo destaque de Shadows Awakenings e Vampyr. Os japas também tem valor, mas fico com Assassin’s Creed Odyssey mesmo.

Marcelo –Essa mescla “homem máquina” me fascina a muito tempo e,dentro os candidatos, Nier Automata é o jogo que eu mais me dedicaria.

Michael – Vampyr foi um dos jogos que me surpreenderam nesse ano, ao trabalhar bem a questão do RPG. Com muitas habilidades e dificuldade acima da média.

Nivea – Divinity Original Sin 2: Definitive Edition traz uma complexidade deliciosa de se aventurar, te levando ao limite com batalhas desafiadoras e um mundo onde você deve descobrir tudo sozinho, Além disso, o jogo te brinda com belos gráficos e efeitos incríveis das habilidades no campo de batalha.

Thiago Dantas – Controlar um vampiro com habilidades insanas ao mesmo tempo que decide o futuro da humanidade? Vampyr é minha escolha.


Melhor jogo de luta

Melhor jogo de luta

Escolha do Público – Dragon Ball FighterZ

Guidoncio – A melhor luta é escolher sem curtir este gênero! Mas pra não ficar no muro Dragon Ball mesmo. Pessoal curtiu.

Marcelo –Dragon Ball FighterZ é a minha escolha porque é o jogo de luta de Dragon Ball que os fãs esperam a muito tempo.

Michael – Dragon Ball FighterZ construiu o game perfeito da série, com precisão, rapidez e gráficos estilizados. Além de colocar o game no cenário
do E-Sports Mundial.

Nivea – Não costumo jogar muita coisa do gênero, mas curti o que fizeram em Dragon Ball FighterZ. Apesar dos diversos problemas no seu lançamento, o jogo foi melhorando e oferece um divertido modo online para as disputas e ainda um modo história bem interessante.

Thiago Dantas – Selo Glória Pires


Melhor jogo para família

Melhor jogo para família

Escolha do Público – Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Guidoncio – Unravel Two é bem legal.. mas nada supera a franquia LEGO! LEGO DC Super-Villains está ótimo, as crianças sempre curtem super heróis.. Ou seriam vilões?!?1

Marcelo –Nada como levantar aquela briga dantesca dentro de casa porque alguém esqueceu de lavar os pratos. E olha que eu tô falando de Overcooked 2, não da sua vida real.

Michael -Nine Parchments traz aquele coop perfeito para jogar em família, com fases desafiadoras e divertidas. Dezenas de personagens e variações de cores para colecionar.

Nivea – Sem dúvidas, o meu escolhido é Nine Parchments. O jogo impressiona pela alta qualidade técnica, com seus cenários belíssimos e jogabilidade desafiadora. Diversão garantida para juntar os amigos ou a família para a jogatina.

Thiago Dantas – Reviver grandes clássicos com até 4 amigos? A Capcom acertou em cheio com Capcom Beat’Em Up Bundle


Melhor jogo de esporte/corrida

Melhor jogo de esporte/corrida

Escolha do Público – Forza Horizon 4

Guidoncio – Forza Horizon 4. Nem precisa justificar né?

Marcelo – Forza Horizon 4 continua mantendo a hegemonia de melhor jogo de corridas da geração. Todo seu amplo mapa e as centenas de carros,eventos e desafios tornam o jogo um título obrigatório para qualquer proprietário de Xbox One

Michael – Forza Horizon 4 é o melhor jogo de corrida do mercado. Ele vence em todos quesitos técnicos. A cada edição o game se torna ainda melhor. Trazendo sempre uma novidade, dessa vez com a sensacional seasons.

Nivea – Esse é quase chover no molhado. Forza Horizon 4 não só domina o gênero de corrida, como também empurra, a cada novo lançamento, o nível do estilo para um novo patamar.

Thiago Dantas – Forza Horizon 4. Melhoraram o que já estava perfeito


Melhor multiplayer

Melhor multiplayer

Escolha do Público – Sea of Thieves

Guidoncio – Remaster vale?!?! Pela curtição e cooperação em alto mar, Sea of Thieves claro!

Marcelo – Trocar tiro é muito bom, trocar tiro com amigos é melhor ainda. O sistema de matchmaking de Destiny 2 me fascina e a expansão Renegados deu sobre vida, trazendo ainda mais eventos para diversão com amigos.

Michael – State of Decay 2 traz um multiplayer bem divertido, com missões cooperativas. Entre no mundo de seu amigo e vice e versa, isso abre muitas possibilidades. Alem do apoio que a Undead Labs da ao jogo.

Nivea – Um escolha difícil esse ano, mas por fim escolhi Sea of Thieves. Minha escolha foi deita não apenas com base na qualidade dos servidores, mas principalmente pelo incansável suporte da RARE, que não só está atenta ao feedback da sua comunidade de jogadores, e assim melhorando o jogo, como também está lançando novos conteúdos constantes, mantendo seus jogadores com novidades.

Thiago Dantas – Monster Hunter: World, é claro. Os caçadores de monstros finalmente conseguiram conquistar o Ocidente, tornando a franquia mais lucratica da Capcom


Melhor adição do Xbox Game Pass

Melhor adição do Xbox Game Pass

Escolha do Público – Forza Horizon 4

Guidoncio – Halo MCC é um must have/play. Assim como Fallout 3, Wolfenstein e Forza Horizon 4 nem se fala! Então é ele mesmo Fallout 3!

Marcelo – Com Halo Master Chief Collection você tem a sua disposição toda a saga do maior badass dos games e isso já vale como argumento

Michael – RAGE, um game injustiçado na geração passada, ele deu um passo a frente mas ficou esquecido. Com o Game Pass pude felizmente jogar esse shooter de peso.

Nivea – Foi um ano memorável para o serviço da Microsoft, com muitos lançamentos de peso, mas o que mais chamou a atenção foi Halo:The Master Chief Collection. Pois além dessa super coleção chegar ao catálogo, ainda recebeu diversas melhorias tanto para o Xbox One X, quanto para todos os modelos do console, o que agregou ainda mais valor a sua adição.

Thiago Dantas – Forza Horizon 4… chega a ser corvadia comparar…


Melhor jogo do Games With Gold

Melhor jogo do Games With Gold

Escolha do Público – Battlefield 1

Guidoncio – Dead Space são excelentes títulos, Dragon Age 2 não está na live BR.. Dante’s inferno excelente também.. Mas fico com Dead Space 2.

Marcelo – Uma excelente surpresa para todos os assinantes da Xbox Live Gold, Battlefield 1 é o jogo que renovou assinaturas de muitas pessoas

Michael – Dante’s Inferno é uma perola do Hack and Slash, sendo jogado por poucos jogadores. Com uma historia bem interessante, o game tem status de cult, mas já ficou popular entre os jogadores de Xbox.

Nivea – Battlefield 1 é um grande jogo de tiro e sua chegada gratuita para os assinantes da Gold foi um grande presente. Além disso, como não era um jogo tão antigo assim, e também estava presente no EA Access, gerou grande surpresa para os jogadores.

Thiago Dantas – Vanquish. Um excelente jogo da Platinum que tem grande potencial para continuação. Abre o olho Microsoft


Melhor adição da retrocompatibilidade

Melhor adição da retrocompatibilidade

Escolha do Público – Dante’s Inferno

Guidoncio – Ótimos títulos este ano. Star Wars KOTOR II.. Incrível.. Jade Empire também.. Mas fico com Mafia II.

Marcelo –Eu escolhi Castlevania Lords Of Shadows porque justamente eu não pude jogar este título no passado e agora poderei, graças a retrocompatibilidade. Eu pedi muito por este jogo e ele finalmente chegou.

Michael – Dante’s Inferno pois será novamente aproveitado por uma nova geração. Fora que foi muito solicitado pelos jogadores. O game é considerado um dos melhores da geração passada.

Nivea – A adição de Final Fantasy XIII foi realmente uma grande e grata surpresa. Toda a saga de Lightning chegou ao Xbox One, e ainda com grandes melhorias no Xbox One X, onde os jogos apresentam a melhor performance do mercado. Impressionante ver um jogo de 9 anos atrás se apresentar tão bem um console da atualidade e sem nenhum custo adicional para os jogadores.

Thiago Dantas – Dead Space (franquia). Um das melhores obras publicadas pela EA.


Prêmio Game Over do ano (Pior jogo)

Prêmio Game Over do ano (Pior jogo)

Escolha do Público – Fallout 76

Guidoncio – Com muito pesar terei que votar no Metal Gear Survive. haha Que nada.. é ruim mesmo!! Ainda me livrou de votar em Fallout!

Marcelo – Fallout 76 é desanimador. Por mais que você tente jogá-lo, a inconsistência das partidas, por inúmeros motivos, desestimulam o retorno. O jogo está carregado de potencial, o mesmo peso em problemas.

Michael – Fallout 76, pois devido a experiência da Bethesda, nunca imaginaria que seria um mundo tão vazio. A ideia foi perfeita, mas mal executada. A julgar pelo que foi feito com Elders Scrolls Online, imaginaria algo semelhante.

Nivea – Essa foi difícil para mim, pois foi um ano que não me deparei com muita tranqueira. Mas o meu voto vai para Metal Gear Survive, o jogo não trouxe nada de diferente, além de carecer de muito carisma. Apenas ficar a sombra de Metal Gear não foi o suficiente e o jogo caiu no esquecimento.

Thiago Dantas – Life Is Strange: Before The Storm. A maior decepção do ano que tive. Aguardava por uma excelente história, que acabou sendo um parto para finalizar


Jogo mais aguardado de 2019

Jogo mais aguardado de 2019

Escolha do Público – Gears of War 5

Guidoncio – 2019 é logo ali.. Ano que promete. Biomutant, Crackdown 3, Gears 5, The Division 2. Mas O hype pra Anthem tá f**a!

Marcelo – Tivemos a Alpha recente e meu voto não poderia ter sido outro. Por pouco não votei em The Division 2 mas, o coração batendo pela BioWare pulsou mais forte. Meu voto é de Anthem

Michael – Resident Evil 2 é o game de 2019 disparado, como lutar contra um legado? O game foi um sonho de consumo de muitos jogadores, e agora é real. Com o ótimo uso da nova engine, a Capcom deu uma tacada de mestre.

Nivea – Anthem é, sem dúvidas, aquele que mais quero jogar em 2019. A proposta de um mundo online divertido e rico com a narrativa da BioWare me comprou instantaneamente. Tudo o que foi mostrado até agora só aumentou ainda mais a minha ansiedade para jogá-lo.

Thiago Dantas – Kingdom Hearts 3. SÃO MAIS DE 10 ANOS AGUARDANDO ESTA BAGAÇA

 

Agradecemos aos mais de 800 votos, que 2019 seja um ano de muita jogatina… nos vemos na Live!

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money