fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

O que você faria em um mundo tão grande, mas que te alimenta com o desconhecido? Em Below o jogador se sente assim. Um grão de areia em um mundo enorme. O jogo é desenvolvido pela Capybara Games, e enfim foi lançado no dia 14 de Dezembro de 2018 e já esta disponível no Xbox Game PassApós muitos anos em desenvolvimento, enfim pudemos jogar esse game peculiar. Mas será que a espera valeu a pena?

RUMO AO DESCONHECIDO

Sua aventura começa com um pequeno barco chegando a uma praia, e o jogador se depara com um enorme cenário e sem nenhuma direção para onde ir. Não existe tutorial, ou mesmo algum NPC explicando nada. Nem mesmo uma bussola com alguma localização. Tudo em Below é aprendido pelo jogador. Você é o seu tutorial, aprenda a sobreviver, caçar, explorar e morrer. Sim, você vai morrer muito em sua jornada. Aqui cada morte valerá a pena, afinal é dessa forma que você irá aprender que até mesmo espinhos escondidos podem matar ao simples pisar.

A história do game é totalmente desconhecida para o jogador, você não conhece nada daquele mundo. O protagonista não tem nome, ou mesmo qualquer informação sobre ele ou seu passado. Depois de algumas horas você percebe que nada disso importa neste game.

O jogador nunca sabe o que esperar a cada nível.

O que importa é descer até o desconhecido, cada vez que o jogador chega um tipo de cenário novo se depara com uma nova adversidade. Novamente cabe a você entender o que deve ser feito e executar.

JOGABILIDADE

Em Below um dos aspectos mais marcantes é a exploração com muitos elementos de sobrevivência. No começo o jogador quer explorar cada canto e muita das vezes não se importa com a sobrevivência. Ao morrer algumas vezes você descobre que um dos grandes desafios do game é administrar recursos para sobreviver durante a exploração. Afinal o Permadeath pune com maestria, ou seja, morreu, perde tudo.

Para sobreviver e avançar no game, você deverá prestar atenção em quatro indicadores, fome, sede, temperatura e vida. Fome, sede e temperatura estão interligados a vida, então fique de olho para não morrer de frio, por exemplo.

  • Fome: procure alimentos na Ilha, você pode caçar ou colher em lugares aleatórios. Os recursos são limitados, então guarde uma reserva e administre bem sua fome.
  • Sede: água é algo bem fácil de se achar, então procure por poças ou pequenos riachos para matar a sua sede. Além disso você pode guardar água em frascos.
  • Temperatura: em alguns lugares de Below a temperatura fica abaixo do normal, então cabe a você se aquecer. Use fogueiras, tochas e alguns pontos de calor para aquecer seu corpo.
  • Saúde: mantenha sua barra de saúde sempre cheia, afinal você poderá morrer facilmente por um ataque surpresa de algum inimigo.

Below poderia se enquadrar em um RPG, mas ele sai um pouco desse escopo. Ao invés do jogador acumular experiência e subir de level, aqui temos que procurar os melhores equipamentos. Uma tarefa bem complicada, afinal, o game tem permadeath. Mas nem tudo está perdido, pois o jogo oferece alguns meios de facilitar o seu progresso.

Junte cristais vermelhos para comprar novos equipamentos

Assim como em alguns jogos que vieram após Dark Souls, a fogueira é um lugar de segurança, onde o jogador pode criar suas receitas, descansar e seguir viagem. Mas a função da fogueira não é somente essa.

O jogador tem a opção de comprar um checkpoint, que pode ser usado uma única vez. Com 25 cristais vermelhos, você poderá se teletransportar até o checkpoint comprado. Mas como eu disse somente uma vez. Morreu após usar, já era. Outra função é dormir, onde o jogador pode estocar itens para serem usados em uma outra vida.

Voltando a falar da jogabilidade em especifico, o título oferece a opção da escolha de duas armas, com um simples botão para trocar. Podendo alternar entre espada e escudo ou arco e flecha, por exemplo. O jogador pode trocar o arco por uma lança também. Sem pausar você pode também escolher entre itens de consumo e equipamentos.

O combate de Below é bem simples, você usa um botão para atacar, defender ou esquivar. Pode trocar de armas ou usar itens como bombas, por exemplo.

Outro aspecto muito importante é a criação de itens, você tem dezenas de itens para combinar. Memorize cada receita, pois você não terá nada para indicar quantidade ou efeito. Cuidado para não fazer algo estragado, pois o personagem irá passar mal na hora, prejudicando sua exploração.

CENÁRIOS INTRIGANTES

Below usa um tipo de progressão parecida com o primeiro Diablo. O jogador vai descendo a dungeon, e descobrindo posteriormente novos atalhos para avançar mais profundamente. Mesmo após morrer, esses atalhos ficam lá para sempre. Pensando assim é simples, mas mesmo com o atalho o jogo te força a voltar bem no começo, só para coletar recursos, que em certos locais ficam mais raros de serem encontrados.

Cada local que o jogador chega é uma surpresa que alimenta a sua narrativa, você fica só imaginando e criando várias teorias sobre aquele lugar.

INIMIGOS SURPREENDENTES

Os inimigos são uma pequena parte do game. com uma grande variedade deles. Alguns são facilmente vencidos, já outros podem te eliminar em poucos ataques. Cada área diferente que o jogador chega traz tipos de inimigos inéditos, então nunca você está preparado para o que vem a frente.

Além disso, como o layout do mapa é gerado toda vez que você morre, a localização deles também muda.

SOM E GRÁFICOS

O som de Below passa a sensação do mundo a sua volta. Toda aquela imensidão e um grande vazio. Chegou em um lugar macabro, a música muda para algo que te dá calafrios. Afinal você é somente um guerreiro contra um mundo desconhecido.

Enfrente a escuridão

O game não possui dublagem ou legendas em português, afinal ele não precisa não é mesmo? Não existem textos ou qualquer coisa explicando nada. Como disse anteriormente, você esta sozinho em grande parte do jogo, e a maioria das coisas é subjetiva e deve ser entendida apenas por dedução.

Os gráficos estão belíssimos com ótimos efeitos de iluminação e sombra. Com uma palheta de cores que reflete bem cada local que o personagem se encontra. O jogo usou muito bem os efeitos de sombra para criar uma sensação de solidão e imersão.

OPINIÃO

Below é um excelente jogo, mas não é para todos. Como ele está no Xbox Game Pass, muitos jogadores poderão embarcar nesse desafio e largar o game em alguns minutos. Ou como eu, podem se encantar por esse mundo desconhecido. Afinal o desconhecido instiga o ser humano. A arte é incrível, como cenários que parecem ser tirados de uma pagina de livro. Além do som que oferece aquela sensação de tensão.

O ótimo desafio é um chamariz pra quem curte games mais hardcores. Muitos irão tentar, no entanto poucos irão conseguir.

Entenda nossas notas.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money