fbpx

Faltando pouco menos de duas semanas para o lançamento de Crackdown 3, mais detalhes vão surgindo sobre o jogo, como campanha, duração e mais detalhes sobre a jogabilidade. Muito tem-se falado do multiplayer e seu convincente modo de destruição mas e a campanha?

Toda a atenção do protagonista de Crackdown 3 até agora foi focada no retrato de Terry Crews, como o agente Jaxon (e com razão), porém é válido lembrar que ele não será o único personagem jogável. Cada personagem jogável possui atributos diferentes que podem ajudar a derrubar sua horda de inimigos e alguns deles oferecem atributos extras para lhe ajudar no combate. Você pode trocá-los com facilidade durante seu gameplay, não importando onde você está na história ou missão desbloqueada.

De acordo com seu avanço, seu personagem vai adquirindo mais e mais habilidades, podendo pular por cima de prédios, dobrar ou abrir buracos negros com a arma “Oblivion“.

Avançando no jogo

Você é a todo tempo estimulado pela voz familiar da Agência, o Comandante Goodwin, a icônica voz que retorna em Crackdown 3. O personagem de Goodwin é um companheiro constante em seu ouvido, parabenizando-o alternadamente por ter explodido algo, oferecendo informações sobre o seu atual inimigo, ou castigando você por não explodir algo.

Você tem a opção de chamar um carro da Agência mas, quem quer ir dirigindo, com tantas habilidades a serem exploradas? Após chegar ao local você é cercado por uma horda de inimigos e após “cancelar estes CPFs” você terá a chance de combater um mini-boss. Você tem várias opções de ataque. Além de suas armas, quem sabe jogar um carro nele?

Após alguns vídeos, muitos jogadores criticaram a automira. Mas tenha em mente que como o seu Agente trava nos alvos, a jogabilidade não é sobre quão bem você pode mirar, e mais sobre como rapidamente você pode eliminar inimigos, trocando armas para obter vantagens, enquanto se movimenta, minimizando o dano que você recebe. Você sempre estará em desvantagem numérica e frequentemente estará desarmado; aí reside o desafio e o núcleo do que é o Crackdown 3. Sua habilidade de manipular armas ao seu redor, bem como usar os objetos para facilitar o trabalho.

Duração da Campanha

Recentemente, o diretor criativo Joseph Staten conversou com a GamesBeat para conversar sobre Crackdown 3. Quando perguntado sobre como a campanha foi projetada, Staten disse o seguinte:

“Certamente (a campanha) irá treiná-lo em como jogar o jogo. Vai ter suas habilidades afiadas o suficiente para ser competitivo no modo multiplayer. Isso também vai te dar um contexto fictício para o mundo … A maneira como eu vejo esses dias, a razão de você colocar uma campanha em qualquer jogo é porque os jogadores são diferentes … Crackdown tem um menu decente. Maior que alguns, não tão grande quanto os outros. Se você quer jogar sozinho ou com um amigo próximo, se você quer ter uma experiência relaxante, ótimo. Nós temos essa campanha muito legal de quinze horas. Se você está com vontade de socar as pessoas, ser super competitivo, temos esse modo para você também. Você não precisa realmente socar alguém, mas você sabe o que quero dizer. Essa é a razão pela qual temos a campanha. Queremos ter certeza de que, quando milhões de pessoas entrarem no jogo pelo Xbox Game Pass … elas se apaixonarão por Crackdown dessa maneira e por outras formas também.”

15 horas não é nenhum número incrível. No entanto já oferece muito mais que uma boa maioria de jogos por aí já disponíveis. E ainda tem o fator multiplayer, que agrega muito mais e está sendo considerada por muitos como a ‘cereja do bolo’ em um jogo tão divertido quanto Crackdown.

Crackdown 3 tem data de lançamento em 15 de fevereiro deste ano e chegará direto ao Xbox GamePass

Compartilhar.

About Author

Eu sou um cara muito simples: Eu vejo Halo, eu dou Like. Me adiciona na Xbox Live, minha gamertag: Vingador Brambz

Powered by keepvid themefull earn money