fbpx

A data de lançamento de Crackdown 3 está muito próxima e, até que enfim, o jogo irá ver a luz do dia. Como parte de prevenção de problemas técnicos entre outras coisas, o modo multiplayer teve acesso antecipado a todos os jogadores que são inscritos no programa Xbox Insider.

O modo denominado Wrecking Zone ficou disponível por tempo limitado e podemos ver como o jogo se porta. Isso serviu pra auxiliar a parte técnica mas, principalmente, serviu para os jogadores terem um gostinho do que vem por aí. Será que o modo é realmente legal e destrutivo quanto dizem?

Zona de Caos

Na tarde desta quinta feira, baixei o jogo e assim que ele finalizou, entrei pra testar. Confesso que, por mais que tenha jogado muito Crackdown 2, eu não sabia exatamente o que esperar deste multiplayer. Como muitos amigos bem sabem e outros leitores mais assíduos, eu não sou bem o cara que adora shooters online competitivos. Jogo Call Of Duty e Battlefield somente pela campanha. Não tenho apreço algum por ficar horas e horas nesses jogos, matando e morrendo, prefiro mais avançar numa história envolvente. Okay, tendo isso em mente, já podem calcular que eu cheguei com muita cautela ao modo Wrecking Zone.

Gráficos de HQ’s

Graficamente o jogo surpreende. Não é nada realista mesmo, poucas coisas são nesse jogo. As armas são gigantes, as fachadas dos prédios exibem neons gritantes e na verdade, tudo aqui foi feito pra ser destruído mesmo, então, o interessante é demolir tudo. Surpreende, pois justamente o jogo tem seu propósito em ser caricato, não se levar a sério, e isso se estende ao gráfico. Alguns jogadores tiveram problema logo de cara com o HDR, deixando o jogo ou muito claro ou muito escuro, problema que é facilmente resolvido nas opções do jogo. Esse problema foi inclusive relatado dentro do hub do Xbox Insider. Lembrando que, como se trata de um “teste”, erros podem acontecer.

As armas são ignorantemente grandes

Esqueça tudo sobre shooters

Em questão de jogabilidade, não tivemos problema algum. Partidas iniciando rapidamente, jogo fluindo muito bem e a destruição acontecendo legal. Como era de se esperar da competente Azure, o jogo funcionou e muito bem. A Xbox Game Studios está apostando alto em Crackdown 3, graças ao direcionamento que ele pode dar, no que se refere a uso de computação em nuvem. Poderíamos esperar engasgos, no entanto, não foi visto algum sequer.

Na questão do combate, eu fiquei deveras decepcionado, a princípio. Taticamente, não há muito o que fazer. Você tem apenas que correr na direção do inimigo para eliminá-lo. Aí entra um dica muito importante: No começo da minha jogatina, eu estava muito irritado com isso. Não conseguia efetivar mortes e morria com uma facilidade tremenda. Seria eu um completo fracasso em shooters, ou o jogo está extrapolando em algo? No começo eu achava que o problema era mesmo comigo e foi aí que eu aprendi a principal lição de Crackdown 3 e passo elas agora aqui pra vocês: Esqueça tudo o que sabe sobre shooters online. Crackdown 3 é diferente de todos que você já jogou.

A começar pelo modo de trava de mira automática. Muito criticado pelos jogadores, em suma por tecnicamente deixar o jogo mais fácil. Jogando e, contando com essa ajuda, eu posso dizer que realmente facilita… mas é proposital. Crackdown 3 é pra ser jogado na extrema adrenalina sem pensar duas vezes. Ver o inimigo e partir pra cima dele, derrubar o que tiver na frente em busca do alvo. Nesse momento você entende que, sem a mira automática, você não faria nada. O jogo usa e abusa da verticalidade, seja pra atacar ou se defender. Com a mira automática você sabe exatamente pra onde o inimigo está fugindo e pode antecipar seus movimentos, ou seja, a mira automática não é certeza de sucesso, uma vez que o inimigo também pode estar mirando em você. Ou outro inimigo, que você não percebeu a presença antes.

Morrer em Crackdown 3 é consequência. Se você for cercado por 02 ou mais players, a sua chance é exponencialmente reduzida, somente com muita sorte você irá conseguir escapar. A melhor tática que eu consegui foi ir atrás de jogadores sozinhos no mapa, o famoso “1 contra 1”. Dois ou três players juntos é difícil conseguir algo positivo.

Crackdown 3 é tudo, menos feio!

Dano estrutural ou não? Difícil escolha

As armas disponíveis eram poucas, mas acredito que era por conta do teste. Mais armas podem aparecer. Elas diferem entre dano contra inimigos e contra estruturas. Você precisa definir qual será sua meta dentro do multiplayer: derrubar todas as estruturas ou todos os inimigos. Uma coisa puxa a outra, óbvio, mas se você focar em derrubar inimigos, saiba que essas armas causam pouco dano estrutural, sendo assim o inimigo pode correr pra dentro de uma estrutura e você não poderá fazer muito. Se um inimigo tiver arma com dano estrutural alto, você pode esconder o quanto quiser, ele vai derrubar tudo.

A destruição, que é um dos principais motivos desse multiplayer “existir” dentro da franquia, está bem elaborada. Ainda é muito cedo pra afirmar (e pode até mesmo ser o motivo do teste), mas está aquém do que foi mostrado a primeira vez, anos atrás. Eles podem explorar e aumentar ainda mais isso ao longo dos tempos, pois, Crackdown 3 terá um trabalho semelhante ao de Sea of Thieves, que com o tempo só melhora, adicionando mais e mais coisas para ocupar o jogador.

Lógico que eu tinha que colocar uma imagem minha liderando a equipe

100% em português!

Crackdown 3 está completamente localizado e as vozes escolhidas são de atores conhecidos. Ao menos o porta-voz eu lembro de ter ouvido em outro lugar. Nesse caso eu prefiro a versão em inglês, achei mais impactante a voz… mas, não deixa de ser um trabalho extra muito bem vindo, e ter o jogo completamente localizado.

Só havia 01 único modo de jogo (partida de equipe contra equipe) e 01 mapa. Óbvio que haverão outros modos e mais mapas, isso já foi inclusive mencionado anteriormente.

Step Up Your Boom

O jogo terá lançamento no próximo dia 15 deste mês, e será adicionado ao catálogo Xbox Game Pass dando aos assinantes acesso completo já na data de lançamento. Mesmo após a raiva que passei no começo do teste, confesso que quando ele acabou, eu estava numa sequência de vitórias expressivas, ficando em primeiro lugar do time várias vezes. Eu, que nem mesmo sou tão chegado em shooters online estava me divertindo a beça.

Caso seja assinante Xbox Game Pass, você já pode efetuar o pré-download no link abaixo

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Eu sou um cara muito simples: Eu vejo Halo, eu dou Like. Me adiciona na Xbox Live, minha gamertag: Vingador Brambz

Powered by keepvid themefull earn money