fbpx
Participe do nosso grupo no Telegram

Gears 5 é, sem dúvida, o grande lançamento do Xbox One em 2019, e o mais novo jogo, de uma das franquias mais famosas e queridas da Microsoft, irá retornar cheio de novidades. Já trouxemos a informação de que o jogo terá a maior campanha da saga, missões secundárias, elementos de RPG e mundo semi-aberto, e agora foi a vez da revelação inesperada de que Bioshock Infinite serviu de inspiração para Gears 5.

Para quem não sabe, Rod Fergusson, que é o chefe da The Coalition, o estúdio responsável pela franquia Gears of War, trabalhou por alguns meses na Irrational Games em 2012, onde esteve com Ken Levine no desenvolvimento de Bioshock Infinite. Nesse período ele aprendeu sobre criar um jogo onde é dada a liberdade ao jogador de iniciar o combate, então quando ele entra em um ambiente os inimigos não começam a atacá-lo imediatamente, mas apenas quando o jogador ter a iniciativa de começar o combate. Ele explicou mais sobre trazer essa inspiração para Gears 5 durante entrevista ao Gamespot.

Estávamos dizendo que queremos desafiar as expectativas de escolha dos jogadores. Quais são as maneiras pelas quais podemos dar mais opções ao jogador? E assim, uma maneira é o combate iniciado pelo jogador. Aprendi essa lição com BioShock Infinite. E então, a ideia de que há batalhas em que a Swarm está meio que serpenteando e o que quer que seja, e você pode olhar em volta e ver que há uma arma ali ou um flanco ou um atirador ali, e então o que são as ferramentas que tenho em Jack que posso usar para superar a situação?

Nós queríamos permitir que você aproveitasse o momento e decidir como você queria jogá-lo. E então, com alguns inimigos com barras de saúde, isso permite um estilo de jogo diferente, porque significa que, se eu souber que Carrier está com uma certa quantidade de sua saúde, sei que posso correr até ele e talvez matá-lo antes que me esmague . Mas nos jogos anteriores, você pensava: “É uma esponja de bala e não sei quando vai morrer, então não sei quando fazer o meu jogo.” E até coisas como Stim, onde posso ir ficar com excesso de saúde e ser super agressivo, porque é o meu cartão de saída da cadeia.

Isso me permite jogar de forma diferente. Normalmente, estou de volta da sala atirando, e agora meio que vou um pouco mais na linha de frente e uso Jack para salvar minha bunda sempre que eu cometer um erro. E com os elementos de RPG [atualizações de Jack], misturamos tudo. Quais são as maneiras pelas quais as pessoas vão jogar? Não queríamos que houvesse um em que você preenchesse todas as atualizações e, no final, todo mundo jogaria da mesma forma. É por isso que não fizemos a coisa da árvore tecnológica. Queríamos que as pessoas pensassem: ‘Ah, eu quero investir nessa coisa’ ou ‘É assim que eu gosto de jogar. Eu gosto de furtividade, então eu quero fazer isso’ ou ‘Eu não gosto de furtividade, eu gosto disso ‘.

Gears 5 será lançado no dia 10 de Setembro de 2019, e também chega ao Xbox Game Pass. Os assinantes do Xbox Game Pass Ultimate terão o privilégio de jogar cinco dias antes do lançamento oficial, assim como aqueles que realizarem a compra da edição Ultimate do jogo.

O jogo ainda terá uma edição super customizada do console Xbox One X, que também chegará ao Brasil.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money