fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Um dos jogos mais populares do mundo, e que rende ótimas discussões, acaba de finalizar seu período de Beta. Call of Duty: Modern Warfare traz um misto de redenção para uma franquia já desagastada, e que possui um público que é fiel, mas ao mesmo tempo desconfiado. Afinal, ainda existem guerras para serem retratadas? O futuro não deu certo, o passado já foi mastigado, seria o presente recente um caminho mais fácil para que os fãs sejam novamente conquistados?

Algumas perguntas só serão respondidas durante o lançamento do jogo, que chega no dia 25 de outubro de 2019, afinal a campanha que será um remake do primeiro jogo da franquia Modern Warfare não foi mostrada no Beta, somente o Multiplayer. Vamos dar nossa opinião quanto ao teste e se prepare, pois vem muito tiro por ai.

AQUELA GUERRA FRENÉTICA

Call of Duty sempre teve um combate mais frenético no Multiplayer, sem muita estratégia, focando mais na agilidade e precisão do jogador. Call of Duty: Modern Warfare consegue manter esse ritmo, só que com algo mais elaborado, dando mais opções para o seu jogador, ainda mais com o ótimo modo Ground War que me cativou desde a primeira partida.

Em Ground War, temos algo muito semelhante ao Modo Conquista de Battlefield, onde dois times lutam pelo controle de um mapa muito grande. Claro que o mapa que joguei é menor do que os mapas de Battlefield, mas ainda assim possuem um tamanho perfeito para a proposta da franquia. Com deslocamento pelo cenário com veículos, uma ótima variedade classes e muitos Killstreaks, esse modo trouxe um novo folego para o Multiplayer.

Na versão de testes de Ground War, o mapa comportava até 20 jogadores por equipe, com a possibilidade na versão final chegar até 50 jogadores por equipe, dando uma maior dimensão ao modo.

Domine o campo de batalha.

No mata-mata tradicional, os jogadores se sentirão em casa com mapas cada vez mais funcionais para esse tipo de modalidade. Já no Tiroteio 2v2 a coisa fica mais séria, e não é recomendado sair atirando sem pensar.

O Crossplay é justo e pode ser ajustado da melhor forma possível, com opções para dispositivos e plataformas diferentes. Será um marco na forma de jogar, com a união de plataformas rivais.

JOGABILIDADE PRECISA

Call of Duty: Modern Warfare traz uma nova engine, mas que mantêm uma ótima jogabilidade, com uma precisão ainda mais justa no combate a longa distância. Durante o teste testei o rifle de precisão e não me arrependi, pois ao atirar calculando mentalmente a trajetória da bala, obtive ótimos resultados. Claro que não sou um expert, mas deu para acertar alguns tiros com uma boa precisão.

Ative seus Killstreaks e detone seus adversários.

Outras armas como metralhadoras e shotguns trazem impactos bem próximos de uma arma realista. Além disso, o carregamento foi melhor implementado.

As habilidades e Killstreaks trazem um diferencial para a batalha, forçando alguns jogadores a sair da zona de conforto.

SOM E GRÁFICOS

O som está espetacular, com ótimos efeitos, desde o projétil atingindo o seu alvo, até mesmo as explosões que estão ainda mais realistas.

Já em relação aos gráficos senti uma pequena diferença em relação a Black Ops IIII, mesmo mudando a engine. Talvez isso aconteça por se tratar de um Multiplayer, onde os desenvolvedores estão priorizando o desempenho, o que mais me incomodou foi as texturas que não tinham um salto tão grande como se parecia. Vamos aguardar a versão final para uma avaliação mais justa.

OPINIÃO

Call of Duty: Modern Warfare traz o Multiplayer voltado para os fãs, com mapas mais extensos e cheio de recursos para cada tipo de jogador. Quer jogar com Fuzil de Precisão, só escalar o mapa e procurar um dos vários pontos de vantagem que o mapa pode oferecer, ou pode pegar uma arma pesada e se posicionar para abater seus inimigos. As possibilidades são enormes.

O Ground War pode se tornar o favorito dos jogadores, com mapas mais extensos e cheio de opções. Alguns jogadores que já jogaram o Modo Conquista de Battlefield se sentirão em casa, e podem até gostar de Call of Duty.

A jogabilidade precisa atribuída pela nova engine melhorou o que já era muito bom. Os gráficos ainda não me surpreenderam, talvez pelo fato de ser um teste, ou pelo fato de que o Multiplayer prioriza mais a rapidez do jogo. Já as animações das armas impressionam e dão um polimento extra ao título.

Durante o teste não tive problemas para me conectar aos servidores, algo louvável para um Beta. O único problema que me aconteceu foi um crash pesado, onde tive que reiniciar o console para que o jogo voltasse a funcionar. Algo normal para uma fase de testes.

Call of Duty: Modern Warfare já pode ser pré-encomendado na Microsoft Store.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money