fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Um dos maiores simuladores de futebol chegou para mais uma edição, agora com mais licenças do que jamais obteve. A franquia PES possui uma linda história que começou lá atrás para mim, quando ainda se chamava Winning Eleven e nem existia no Xbox. Mais tarde o nome mudou para PES, na mesma época que o futebol europeu virou o centro das atenções, por mérito da UEFA Champions League. Com a mudança de nome, o jogo começou a se tornar mais pesado e perder espaço para o seu único concorrente, o FIFA.

Após algumas mudanças no foco da Konami, consegui perceber mudanças positivas na franquia, e agora temos o novo eFootball PES 2020, mas será que os novos licenciamentos serão suficientes para continuar a evolução da série?

CONTINUANDO UM LEGADO

Como disse anteriormente, eFootball PES 2020 é uma evolução da franquia PES, com algumas mudanças positivas em relação ao jogo anterior. Tudo que foi feito durante essa geração foi para resgatar a boa reputação da franquia, afinal em alguns anos perdeu muito espaço para a concorrência.

Essas mudanças foram feitas de uma forma maior nos bastidores, então assim como a Konami acertou com a edição anterior, ao mudar a estrutura, nesta edição foram feitas melhorias estratégicas. Que ficaram explicitas nos acordos de licenciamentos, com a adição de times e campeonatos exclusivos para o jogo.

UM FORTE TRABALHO DE MARKETING

Na minha opinião o maior triunfo da Konami, foi o seu ótimo trabalho em fechar acordos certeiros com os clubes mais famosos do mundo. Além de trazer a torcida para o lado do jogo, a influência ficou clara para quem quer os times fiéis em sua escalação. Afinal, jogar com o Juventus com seu time completo é sensacional, ou mesmo jogar em estádios oficiais. Algo que traz um peso enorme na disputa PES X FIFA.

Além disso, a parceria para exclusividades para alguns campeonatos, como por exemplo a UEFA, deixaram o jogo ainda mais charmoso. Dentre os acordos feitos, tivemos vários times brasileiros com seus respectivos jogadores. Mas nem tudo são flores, alguns clubes que joguei não estavam atualizados, e segundo informações da própria Konami, só serão atualizados em um futuro Datapack, algo que foi um pouco frustante.

eFOOTBALL

Nos dias de hoje, alguns jogos possuem o competitivo como base, e para isso é necessário fortalecer o seu modo online. A proposta já começou no nome, que ganhou o eFootball na frente do PES 2020, algo que demonstra o desejo da Konami de ter um modo online que seja um grande diferencial dentre as opções do mercado.

A edição 2020 teve o maior número de licenciamentos.

A começar pelos seus modos que possuem Torneios e Divisões online, que trazem algo maior do que simples partidas rápidas. Existem também alguns eventos diários, onde o jogador deverá usar alguns times determinados pelo jogo. O lado ruim desse modo online é que tive muita dificuldade para achar partidas, pelo fato de não ter tanta gente jogando, pelo menos no Xbox One.

O online do jogo tem muito potencial e pode conquistar o eSport facilmente. As atualizações são diárias, mostrando os status dos jogadores alterados, aumentando a longevidade do jogo.

JOGABILIDADE AJUSTADA

As franquias anuais caem na armadilha de não conseguir evoluir, e alguns jogadores acabam não se interessando em comprar novas versões. Nessa edição de PES 2020 a jogabilidade continua o  trabalho que seu antecessor apresentou, mas também ajusta alguns pontos, como o toque de bola, a precisão nos chutes e o domínio.

Algo interessante é poder substituir os jogadores sem pausar, algo que traz uma dinâmica enorme para a partida, que já é bem rápida.

Não espere um grande salto de qualidade em relação ao jogo anterior, pois o foco dessa edição foi claramente a busca por mais licenças exclusivas, talvez na próxima geração vejamos alguma mudança significativa nesse aspecto.

MODOS DE JOGO COMPLETOS

eFootball PES 2020 conseguiu amadurecer o que já havia de melhor em seus modos. Durante os testes na Master League ou rumo ao Estrelato, percebi um polimento maior na estética do jogo, com animações bacanas durante algumas partes importantes desses modo.

Pegue, por exemplo, a Master League onde é possível escolher um treinador famoso, dando uma maior seriedade ao modo. Além disso, você participará de coletivas de imprensa, e terá que tomar decisões que afetam desde a sua estratégia, até o comportamento do seu time.

Caso o jogador queira ser somente o técnico, ele pode ficar do lado de fora, só dando instruções e fazendo as substituições.

Monte o time definitivo.

Já o MyClub não teve tantas mudanças assim, o que melhorou foi o amadurecimento das Loot Boxes, que mostram a probabilidades de se achar certo tipos de jogadores, com classificações, por exemplo. Claro que é possível jogar sem gastar, mas é mais uma opção que o jogador possui. Uma dica importante é sempre logar no MyClub para pegar os bônus diários.

SOM E GRÁFICOS

O áudio do jogo cumpre seu papel, com efeitos bem introduzidos e uma narração que não é enjoativa. A trilha sonora também é muito boa e consegue dar aquela animada antes de cada partida. O som da torcida, que grita por cada jogada, oferece aquela sensação de estadio lotado.

As expressões faciais estão bem acabadas

Os gráficos melhoraram bastante, com uma captura de movimento bem próxima do que é real, e as vezes até é possivel confundir com uma partida real. Isso claro, antes da partida começar, pois assim que muda a câmera, o jogo foca no seu desempenho e jogabilidade. Falando em desempenho, os loadings estão bem rápidos, pois telas de carregamento muito longas, é algo que as vezes no futebol atrapalha, e como você entra e sai em muitas partidas, os loadings excessivos podem cansar. Durante a noite, podemos perceber ótimos efeitos de iluminação e sombras, mostrando toda a beleza dos estádios lotados.

Outro ponto importante foi a inclusão de uma nova câmera, onde o jogo fica mais amplo e oferece uma visão maior para concluir algumas jogadas, caso o jogador não goste, ele pode mudar para uma câmera padrão.

OPINIÃO

eFootball PES 2020 traz um dos melhores gráficos do gênero, com um desempenho que não peca em nenhum momento. Durante o meu teste não percebi bugs, então quanto a isso o jogo se apresenta bem redondinho. As expressões faciais mostram o belo trabalho feito com a captura de movimentos da Fox Engine. Os modos de jogo também estão com um acabamento melhorado, trazendo novas animações e recursos, apresentando uma maior seriedade e imersão.

O trabalho de licenciamento deve ser elogiado, afinal o jogo possui um dos maiores plantéis de times e jogadores licenciados, trazendo campeonatos e times exclusivos, aumentando o interesse pelo jogo. O único problema foi que alguns times brasileiros ainda não estão totalmente atualizados, sendo necessária uma atualização, que será feita posteriormente.

Entenda as nossas notas

Clique e confira na Microsoft Store

 

 

 

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money