fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Com o findar do ano, muitas apostas para o ano que se aproxima são criadas e algumas delas são descartadas. Ao longo do processo, alguns rumores são levantados por fontes (há quem diga) confiáveis que deixam um pouco mais claro os números que a Microsoft busca para seu futuro console.

Já discutido outras tantas vezes, o Project Scarlett se dividirá em dois consoles, com nomes diferentes: Anaconda e Lockhart. Sendo este último um pouco menos poderoso se comparado diretamente ao Anaconda. Os rumores partem de um fonte confiável do site Windows Central, que sempre traz novidades dentro do mundo da Microsoft, abordando não somente hardwares mas também a indústria como um todo.

Segundo Jezz Corden, o redator responsável pela matéria no site, tudo deve ser encarado apenas como rumor. Porém (e ele mesmo faz questão de ressaltar isso) é uma fonte muito boa. No vídeo revelado em 2019, Kareem Choudhry disse que Scarlett pode “comer monstros no café da manhã” e, de fato, o modelo Anaconda parece hábil pra isso. De acordo com as fontes do site, o Anaconda tem como alvo cerca de 12 teraflops (TF).

Pra efeito de comparação, o Xbox One X tem 6 teraflops e o Xbox One S, 1.4. Por outro lado, Lockhart ostenta em torno de 4TF sendo posicionado como o ponto de entrada mais acessível para a próxima geração.

Importante ressaltar também que, teraflops não são tudo e a Microsoft tem trabalhado também em outros aspectos para ambos os consoles. Um exemplo claro disso é o Ray Tracing que, apesar do Lockhart ser menos potente que o Anaconda, ele ainda estará acima do Xbox One X, por exemplo.

Ainda reportado pelo Windows Central tanto o Lockhart quanto o Anaconda ostentam oito núcleos de CPU, com um objetivo em torno de 3,5 GHz, com o Anaconda atingindo um pouco mais por núcleo que o Lockhart. O modelo Anaconda garantirá 13 GB de RAM para jogos, com 3 GB no sistema operacional, um total de 16 GB. O X, em comparação, oferecia um total de 9 GB para jogos, que geralmente variavam de acordo com o que o sistema operacional estava fazendo.

Outro grande foco dos novos console é a tecnologia que diminui drasticamente a velocidade de carregamento, eliminando quase completamente o carregamento. Essa tecnologia estará presente em ambos modelos. Isso irá ajudar principalmente o Project XCloud, pois permitirá que você inicie os jogos por streaming enquanto aguarda o download local dos jogos. A próxima geração irá economizar teu tempo, aumentar a velocidade de leitura em gigabytes por segundo, além de fornecer recursos visuais de ponta que elevarão o padrão dos novos jogos.

Se você gosta de números, aqui estão:

Anaconda (4K):

  • GPU: 12 teraflops + ray tracing
  • CPU: 8 núcleos CPU, 3.5GHz
  • RAM: 16 GB
  • NVMe SSD Tecnologia Própria

Lockhart (1080p – 1440p):

  • GPU: 4 teraflops + ray tracing
  • CPU: 8 núcleos CPU 3.5GHz
  • RAM: ?
  • NVMe SSD Tecnologia Própria

Todos esses números serão compatíveis com todos os jogos já lançados e até mesmo com os retrocompatíveis, como já citados anteriormente por Phil Spencer. Isso se aplica aos acessórios também. Por se tratar de um rumor, aconselha-se uma certa moderação com os números.

Não posso esquecer de dizer também que os nomes aqui citados, como Project Scarlett, Anaconda e Lockhart são apenas codinomes, muito provável que os consoles finais não carreguem estas nomenclaturas.

Tudo bem que, para o site Windows Central trata-se de uma fonte bem confiável mas, eu prefiro confiar na palavra do Phil Spencer mesmo, que já está com o seu Project Scarlett em casa, aliás.

Compartilhar.

About Author

Eu sou um cara muito simples: Eu vejo Halo, eu dou Like. Me adiciona na Xbox Live, minha gamertag: Vingador Brambz

Powered by keepvid themefull earn money