fbpx
Promoção Xbox Super Game Sale 2019 – Xbox One

Durante o The Game Awards 2019, Phil Spencer fez o anúncio inesperado do nome e modelo do próximo console da família Xbox, que antes era conhecido pelo nome provisório da Project Scarlett e irá se chamar oficialmente de Xbox Series X. Depois de passado o furação da revelação resolvi juntar as informações repassadas pela Microsoft sobre a nova máquina.

Partindo logo para as especificações técnicas do Xbox Series X, a Microsoft explica que o núcleo do projeto sempre foi sobre remover barreiras técnicas enfrentadas nas gerações anteriores e assim permitir que os desenvolvedores criem mundos de jogo mais expansivos e imersivos.

O console irá além do 4K a 60FPS, com possibilidade de até 120FPS, incluindo suporte à taxa de atualização variável (VRR) e capacidade de 8K. Equipado com processador personalizado, ele tira proveito da arquitetura RDNA Zen 2 da AMD, e oferecerá ray tracing acelerado por hardware, com um novo nível de desempenho nunca antes visto em um console. Além disso, a tecnologia patenteada da Microsoft de taxa variável de sombreamento (VRS) permitirá que os desenvolvedores aproveitem ainda mais a GPU do console e o seu SSD, o que praticamente elimina os tempos de carregamento e traz os jogadores para o mundo dos jogos mais rápido do que nunca.

Para minimizar a latência, o console se aproveitará de tecnologias como o modo de baixa latência automática (ALLM) e irá oferecer aos desenvolvedores novas funcionalidades, como Dynamic Latency Input (DLI), tornando o Xbox Series X o console mais responsivo de todos os tempos.

Quanto aos famigerados Teraflops, a Microsoft não revelou a contagem oficial, mas em entrevista ao Gamespot, Phil Spencer deu a entender que o Xbox Series X irá chegar com 12 Teraflops, pois teria o dobro do Xbox One X. que conta com 6.

Queríamos uma melhoria dramática sobre o console Xbox One base. Se você fizer a matemática, temos oito vezes mais poder de GPU do que no Xbox One e o dobro disso sobre o Xbox One X.

Para acompanhar esse pacote, também foi revelado uma nova versão do controle, que mantem seu vitorioso modelo, mas adiciona melhorias. Seu tamanho e forma foram refinados para acomodar uma gama ainda maior de pessoas, e também possui um novo botão Compartilhar para simplificar a captura de telas e clipes de jogos e um d-pad avançado derivado do Xbox Wireless Series 2 Controller. Ele será compatível com o Xbox One e PCs com Windows 10 e virá incluso em todos os Xbox Series X. Falaremos dele com mais detalhes em outro artigo.

Falando ao Gamespot, Phil Spencer falou sobre a decisão do design curioso do Xbox Series X e explica que a ideia era projetar um console conduzido pela função, oferecendo a mais alta potência, e então o modelo foi então decidido pelos engenheiros para alcançar esse objetivo. Mesmo que ele seja maior que seus antecessores, Spencer considera o console arrojado e diz que a escolha é importante para comportar todo o seu poder.

Queríamos projetar um console em que seu objetivo fosse conduzido pela função. E a função – como eu disse – era realmente jogar com o poder mais alto, com os jogos mais imersivos possíveis.

Há sempre essa tensão entre o design e o tipo de acústica, o resfriamento e a função do console, e não comprometeríamos o funcionamento. Estou incrivelmente impressionado com o design que alcançaram.

Seu design permite oferecer quatro vezes o poder de processamento do Xbox One X, e de maneira ainda mais silenciosa e eficiente, algo que é extremamente importante para oferecer uma jogabilidade realmente imersiva. O Xbox Series X também foi projetado para oferecer suporte à disposição vertical e horizontal, cabendo ao jogador escolher a melhor posição dele em sua casa ou escritório.

Já em relação ao nome, Phil Spencer revela que a escolha foi feita visando a liberdade e facilidade para a criação dos nomes de possíveis próximos modelos, facilitando também a assimilação do público. No entanto, ele não confirmou, nem negou, que algum outro modelo esteja em desenvolvimento, como o famigerado Lockhart.

Com o Xbox Series X, a Microsoft reforça seu compromisso com a retrocompatibilidade, e o jogador poderá agregar seu legado de jogos e seus acessórios de jogos Xbox One, além de jogos suportados do Xbox Original e Xbox 360 no novo console, oferecendo quatro gerações em apenas uma máquina. Sem esquecer do bem-sucedido Xbox Game Pass e do promissor Xbox Game Streaming, que terão total compatibilidade com a máquina, e expandem ainda mais as possibilidades de jogatina para os jogadores.

Quanto aos jogos exclusivos que virão da Xbox Game Studios, além do já anunciado Halo Infinite e do recém-revelado Senua’s Saga: Hellblade 2, Phil Spencer ressalta que todos os seus 15 estúdios estão desenvolvendo a maior e mais criativa linha de jogos exclusivos de toda a história do Xbox. Além disso, a ideia principal da Microsoft é fazer com que esses jogos suportem o direito de uso entre gerações e que suas conquistas e salvamentos de jogos sejam compartilhados entre dispositivos.

A Ninja Theory já deu uma boa ideia do poder do Xbox Series X e do que esses estúdios já estão criando com a máquina poderosa em mãos.

Ainda falando ao Gamespot, Jason Ronald, diretor de gerenciamento de programa do time Xbox, revelou mais uma melhoria que visa remover barreiras em todo o ecossistema, e ela está voltada para o modo standby do console, que hoje permite que você volte instantaneamente ao último jogo que estava jogando, mas que no Xbox Series X isso será expandido para mais de um jogo.

Hoje, temos a capacidade de retomar instantaneamente ao último jogo que você estava jogando. Por que você não pode fazer isso em vários jogos? Muitos jogadores optam por jogar vários jogos ao mesmo tempo, e assim seria possível voltar instantaneamente para onde eu estava. São coisas que podemos fazer com o nível da plataforma para melhorar a experiência de jogo. É realmente garantir que haja menos espera e mais tempo jogando, porque é isso que todos nós queremos fazer com os consoles e os serviços que temos.

A Microsoft está vindo com tudo para ditar os rumos da insdústria de games, e esse foi só o começo das revelações, pois muito mais promete ser revelado até a E3 2020.

O Xbox Series X ainda não possui data de lançamento, mas está confirmado para o final de 2020.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money