fbpx
Participe do nosso grupo no Telegram

Phantasy Star Online 2 é considerado como um dos maiores MMORPGs do Japão, ele foi lançado em 2012, mas desde então não havia chegado ao ocidente. Mas a espera acabou, pois depois de uma longa fase de testes, a versão final do free to play já está disponível Xbox One, onde o jogo chegou primeiro. O PC irá receber o título no final de maio, e haverá crossplay entre as duas plataformas.

Em Phantasy Star Online 2 os jogadores embarcam em uma jornada para completar missões, derrotar inimigos poderosos e melhorar seus personagens, para que consigam se aventurar por desafios cada vez maiores. Sozinho ou com outros jogadores, sempre haverá algo para buscar dentro desse universo.

Mas será que ele fica interessante após um longo tempo se aventurando por ele? Vamos conferir nossas impressões durante a análise.

História

Todo MMORPG é focado totalmente na sua jogabilidade, mas isso não impede de haver uma boa história para embalar esse mundo dinâmico. Phantasy Star Online 2 é bem competente em apresentar sua história e seus personagens, dentro de uma trama cheia de acontecimentos emocionantes e engraçados, além de diversos momentos recheados de reviravoltas e revelações impactantes.

Para saborear a história, que está dividida em três episódios até o momento, precisamos acompanhar uma série de missões exclusivas para apenas um jogador, onde na maioria do tempo iremos apenas assistir cenas e fazer ocasionais escolhas, que não trazem um impacto real para a trama. Algumas dessas missões nos levam para explorar mapas e enfrentar inimigos poderosos. Não é a melhor das escolhas, pois pode tornar a progressão pela campanha um pouco cansativa, mas se você encarar como se estivesse assistindo um anime interativo talvez funcione melhor.

Mesmo com esse estilo lento de contar a história, a trama que envolve Phantasy Star Online 2 é realmente interessante e muito bem construída. Ela consegue criar uma conexão entre o jogador e os personagens, além de explicar acontecimentos que nos rodeiam durante a exploração e combates, e mesmo quando estamos no meio de missões massivas, acabamos lembrando dos motivos daquele vilão ser daquele jeito ou o motivo de um aliado estar ao seu lado.

Quanto a história em si, fazemos parte da frota intergalática Oracle, e somos um dos seus recrutas, que são chamados de ARKs. Nosso objetivo é explorar e monitorar os mais diferentes tipos de planetas em busca de recursos, mas também de sinais de uma sinistra força corrompida conhecida como os Falspawn. Simples, direto mas muito bem construído.

Muitas missões, muito conteúdo

Phantasy Star Online 2 traz diversas atividades para os jogadores se desafiarem e se manterem ativos em seu universo. Depois de um tutorial para você entender a história e aprender os esquemas da jogabilidade, somos levados para o seu hub central, onde além de continuarmos nossa missão principal, somos apresentados a outras missões secundárias e ainda conhecemos diversos NPCs com as mais variadas atividades. Aproveitar bem as missões dadas nesse Hub é essencial para você entender o sistema de progressão do jogo, assim como suas mecânicas.

Tudo é baseado nesse Lobby. Lá você aceita e entrega suas missões, melhora equipamentos, muda e melhora sua classe, conhece mais da história e seus personagens e é onde os jogadores se unem para suas aventuras. Essa central é vital para a sua progressão no jogo e não apenas por ser o local onde você melhora seu personagem como um todo mas também por estar recheado de missões importantes para você entender como esse universo funciona. Existe tanto o que fazer e aprender dentro do mundo de Phantasy Star Online 2 que isso pode te deixar completamente perdido inicialmente mas também existem diversas missões nesse Hub que te explicam exatamente como tudo isso funciona. Investir seu tempo fazendo essas missões irá facilitar muito a sua experiência e deixá-la menos complexa.

Os conteúdos são os mais variados possíveis. Existem missões de história que falamos acima, as expedições onde exploramos os mais variados tipos de ambientes e seus inimigos, missões de explorar ou suprimir um determinado inimigo, coletar recursos específicos e ainda os eventos temporários de larga escala, chamados de Urgent Quests, que agitam a rotina dos ARKs e demandam um bom trabalho de equipe para serem concluídos, principalmente nas dificuldades mais altas.

Falando em dificuldades, o jogo oferece quatro delas, que são Normal, Hard, Very Hard e Super Hard. Elas não só comandam o desafio das suas atividades, como também o nível das suas recompensas. Aumentar a dificuldade não é apenas natural, como também essencial para te manter preparado para os desafios. Além disso, o jogo oferece atividade como as Extreme Quests e Advanced Quests, que também oferecem conteúdos mais desafiadores.

Realmente é muito conteúdo e tanta coisa para fazer ao mesmo tempo, que demora um pouco para o jogador entender o que se deve fazer mas conforme vamos completando as missões e entendemos como o sistema funciona, essa navegação de adquirir e completar missões vai ficando um pouco mais fácil mas realmente a curva de aprendizagem não é tão simples, principalmente se você não está familiarizado com um MMORPG.

Criando um ARK para chamar de seu

Phantasy Star Online 2 traz um sistema dinâmico de classes, onde não ficamos presos em uma escolha inicial mas podemos mudar nosso estilo de combate quando tivermos vontade. Inicialmente, podemos escolher entre seis classes, com estilos bem diferentes de gameplay e habilidades e mais quatro raças onde cada uma oferece características diferenciadas para o seu personagem. Assim que entramos no jogo, podemos mudar de classe, o que expande as suas opções para nove. A ideia é dar liberdade para o jogador testar diversas classes e descobrir aquela que mais se assemelha ao se estilo de jogar, sem ficar preso a uma escolha fixa. Basta voltar no Hub Central e realizar a troca. As classes são muito boas e fica até difícil escolher uma principal, pois existem aquelas focadas em magias, outras no combate corpo-a-corpo, outras que misturam esses dois estilos, e ainda uma classe onde você pode usar um Pet para abordar os combates.

Além disso, existe um sistema de Sub-Classes, que otimiza essa descoberta da jogabilidade. Após chegar ao nível 20, você recebe sua habilitação para equipar uma segunda classe e poderá fazer ela subir de nível (até o 55) enquanto faz a progressão de uma classe principal, onde o limite de nível está, atualmente, no 75. Ao equipar essa classe secundária você tem acesso a atributos passivos, que possibilitam o uso de novas armas e Photon Arts, que é o nome dado para as habilidades especiais de Phantasy Star Online 2.

Cada classe possui um conjunto de armas que pode usar, assim como as habilidades especiais exclusivas para elas. Algumas Photon Arts ficam disponíveis para todas as classes, independente da arma que use mas o seu uso ou a eficiência dela dependerá de certos atributos que serão mais poderosos com determinadas classes. Você pode configurar diversos tipos de paletas para suas armas, expandindo muito suas opções de combate. O melhor de tudo é que essa mudança é instantânea, o que deixa as batalhas ainda mais dinâmicas.

A árvore de habilidades é bem extensa, mas com pontos de habilidades limitados, então é bom usar com cautela cada um dos pontos, pois para mudar só utilizando um item especial, recebido ao chegar no level 75. Então pense bem antes de alocar cada pontinho conquistado ao subir de nível.

Quanto a customização, ela é bem ampla. Após escolher sua raça, você pode personalizá-la com diversas opções de cabelos, rostos, roupas e acessórios, tendo possibilidades reais de criar algo único. Durante sua jogatina, o título te oferece muitas possibilidades de mudar essa customização dentro do jogo mesmo, pois é possível adquirir novos acessórios para mudar seu personagem sem gastar nenhuma grana extra. Algumas dessas mudanças são pagas e outras não mas sempre que enjoar do visual e quiser aplicar um novo estilo, o jogo possibilita essa mudança.

Jogabilidade

O combate de Phantasy Star Online 2 é divertido e simples, totalmente voltado para a ação, o que oferece uma combinação viciante. Ele traz muitas opções para os jogadores, seja no uso de armas ou das Photon Arts, o que nos oferece as mais diversas opções para abordar as batalhas, nunca deixando a jogabilidade cansativa. Outro fator importante para manter o gameplay sempre dinâmico é o sistema simples para troca de classes, que não deixa os jogadores limitados a apenas um estilo de combate.

Quanto aos comandos eles funcionam muito bem, e você sente que realmente está no controle do seu personagem. É fácil colocar suas habilidades no campo de batalha, pois o uso das armas e a troca entre elas é bem dinâmico e simples. Pode ser complexo no início, como tudo em Phantasy Star Online 2 mas depois que pega o jeito se torna extremamente intuitivo.

Um fator interessante na jogabilidade está no mascote Mag, que te ajuda bastante durante os combates. Ele se junta a você nas horas iniciais do jogo e você precisa alimentá-lo com os mais diversos itens para ele subir de nível e adquirir suas próprias habilidades. Ele também precisa estar alimentado para te ajudar. Cada tipo de item que você dá para Mag acrescenta atributos diferentes para ele, até chegar no level 200, onde recebe um upgrade especial. Além disso, dependendo do tipo de alimento que você oferece para ele, ele adquire habilidades distintas, assim como diferentes aparências.

Quanto aos demais equipamentos, temos as armas, Photon Arts e as Units, que aqui funcionam como a armadura dos personagens. As Photon Arts são adquiridas através dos inimigos e baús encontrados nos mapas, assim como as suas melhorias, que variam de 1 a 10. As Units são divididas em três partes (Pernas, braços e costas), que adicionam diversos atributos, além de diferentes aparências. As armas possuem os mais variados tipos, mas cada tipo de classe pode usar um determinado conjunto delas. Ainda existem dois anéis que podem ser equipados.

As Units, armas e anéis possuem um mesmo sistema de upgrade, onde precisamos jogar outros equipamentos dentro delas para que subam de nível e fiquem mais fortes. Além disso, são necessários outros tipos de recursos para para passar determinados estágios como +10, +20 e +30. Tudo é adquirido dentro do jogo, requerendo apenas a dedicação do jogador.

Os dois anéis exigem recursos originados da pesca e da mineração para serem construídos. Sim, o jogo também possui um sistema de pesca e mineração, expandindo ainda mais as atividades disponíveis para os jogadores.

Além disso, esses itens podem ser ainda mais melhorados com atributos adicionais, que podem ser inseridos dentro de um sistema complexo de Augments. Assim como o dano elemental de uma arma poder ser alterado e amplificado. Ou seja, muita coisa para manter o jogador ativo na exploração e na busca em melhorar seu personagem.

Aprender todos esses mecanismos de modificação e crescimento de equipamentos pode parecer bem complexo, e realmente é, mas Phantasy Star Online 2 possui diversos tutoriais para fazer o jogador aprender o básico desses sistemas, deixando a curva de aprendizado um pouco menos acentuada.

Diversão garantida com os amigos

Phantasy Star Online 2 oferece uma experiência extremamente divertida para ser compartilhada com os amigos, onde existe um incentivo real para que você aproveite as atividades com outros jogadores. Cada grupo pode contar com até quatro jogadores e quanto mais jogadores, maior o bônus de experiência que irão receber e isso incentiva você a realizar as missões com outros no seu grupo. Ainda existe um sistema de matchmaking bem eficiente para juntar os jogadores, assim como um sistema de beacon, onde podemos colocar o dispositivo durante uma atividade em andamento para que outros jogadores se juntem ao seu grupo, aumentando tanto o seu poder de fogo, quanto o ganho de experiência.

“Mas Nívea, eu gosto de jogar sozinho, então serei prejudicado?” Em relação ao ganho de experiência pode ser que sim, mas quanto a dificuldade das atividades não. Phantasy Star Online 2 possui um bom sistema de IAs, onde podemos recrutar alguns personagens desbloqueados ao realizar a história e algumas missões. Esses NPCs te ajudam bastante nas atividades e ainda te recompensam com presentes após algum tempo lutando ao seu lado e tendo suas missões cumpridas. Um belo sistema que complementa a jogatina para todos os tipos de jogadores. O limite para um grupo comum é de quatro jogadores, expandindo para doze nas Urgent Quests.

Microtransações

Phantasy Star Online 2 é um jogo free to play, e como tal possui uma série de recursos, passes e facilitadores para quem está disposto a investir dinheiro real. Primeiro de tudo, existe o Premium Pass, uma espécie de assinatura que traz uma série de benefícios como acesso a realização de vendas no leilão, maior ganho de experiência, um baú extra para guardar itens, mais espaço para missões, mais recompensas no login diário, acesso aos drinks mais poderosos e também participação em alguns eventos periódicos. Além disso, essa assinatura dá direito ao Mission Pass: Gold Ticket, que desbloqueia acesso à trilha de ouro do passe de temporada, oferecendo mais recompensas ao jogador.

Parece algo que facilita muito a vida dos jogadores, mas a verdade é que muitos desses itens podem ser adquiridos apenas jogando de forma gratuita. Phantasy Star Online 2 oferece muitas oportunidades para que você adquiria Star Gems, que é uma das moedas premium para a compra de itens da loja do jogo. Além disso, muitos recursos ganhos dentro do título podem ser usados como moeda de troca para boosters, cosméticos e outros recursos. Existe ainda a moeda AC que só pode ser adquirida com dinheiro real. A Meseta é a moeda normal do jogo, aquela adquirida ao realizar missões e eliminar inimigos. O interessante é que você consegue comprar diversos itens premium no leilão com essa moeda, o que gera um bom equilíbrio.

Todas as classes e raças estão disponíveis para todos os jogadores, sendo assim tudo relacionado diretamente à jogabilidade pode ser acessado de forma gratuita. A realidade é que você pode tranquilamente jogar sem gastar nada, pois existem muitas oportunidades para adquirir muitos itens e serviços premium apenas jogando gratuitamente. Com a exceção da realização de vendas no leilão, que é algo interessante para a aquisição de Mesetas extras. Mas no geral, é um sistema bem justo.

Gráficos e Som

A primeira coisa que precisamos ter em mente ao analisar a parte gráfica de Phantasy Star Online 2, é que se trata de um jogo de 2012, e mesmo que tenha recebido atualizações no decorrer dos anos, ainda se trata de um jogo de 8 anos atrás. Ainda assim, a versão de Xbox One recebeu belas melhorias.

O mundo do jogo possui ambientes diversificados, com diversidade de climas e construções. Os inimigos são muito interessantes, assim como os efeitos das habilidades, tanto as nossas quanto as deles. Os jogadores do Xbox One X ainda possuem acesso à uma versão otimizada com 4K. Não são os gráficos mais avançados do mundo mas também não comprometem a experiência e a imersão do jogador, pois o jogo envelheceu bem.

Os mapas não são abertos, apesar de grandes e seguem um estilo mais setorizado e linear, onde passamos por instâncias para explorar, sozinhos ou com nosso grupo e em diversas outras onde encontramos outros jogadores, o que traz aquele sentimento de um MMO. Mesmo em áreas ou atividades com muitos jogadores, os servidores se comportam bem e raramente enfrentei quedas de frames ou desconexões, apresentando uma experiência estável.

Os comandos desenvolvidos para o controle do Xbox One funcionam bem e não atrapalham o dinamismo dos combates. A navegação nos menus é boa, e apesar de complexa inicialmente, se torna natural com algumas horas de jogatina.

A trilha sonora é muito boa e dá o tom certo para as missões e combates, com temas épicos que trazem uma ação extra para as batalhas e um toque de emoção para algumas narrativas. As vozes também se encaixam bem e trazem dinamismo para a história e a interação com os NPCs. Você tem a opção de jogar com o áudio original, em japonês, ou experimentar a localização para o inglês, ambas as opções são realmente boas. A interpretação está digna de grandes animes, sendo agradável de acompanhar os acontecimentos.

Infelizmente, o jogo não possui suporte para legendas em português. O título também ainda não se encontra disponível na Xbox Live do Brasil, sendo necessário mudar para Estados Unidos ou Canadá para realizar o download.

Opinião

Tenho mais de 230 horas em Phantasy Star Online 2 e posso dizer que o MMORPG me fisgou completamente, com seu mundo dinâmico, um gameplay divertido e muito conteúdo para aproveitar, isso sem falar em uma atmosfera que te deixa constantemente imerso no seu universo que mistura fantasia e ficção científica.

Ele é focado em jogadores que curtem se dedicar nesse tipo de jogo, oferendo muitas atividades para mantê-los ativos. Mesmo sendo um jogo mais antigo, mostra que segue uma fórmula de sucesso atemporal. No entanto, por se tratar de um MMO mais complexo, vai demandar mais tempo para entender suas mecânicas e aproveitar ao máximo o que ele tem a oferecer. Como se trata de um título free to play, vale a pena você testá-lo por conta própria para sentir se é um jogo para você ou não.

No geral, como sou apaixonada pelo gênero MMORPG, estou experimentando ótimos momentos no jogo e espero continuar em seu universo por muito mais tempo.

Entenda nossas notas.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money