fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

É fato que os últimos lançamentos da Capcom tem sido um verdadeiro sucesso, tanto de crítica quanto de vendas. Resident Evil Remake 2 e 3, Devil May Cry 5, Monster Hunter: World Iceborne trouxeram novamente a confiança do consumidor a gigante japonesa, que promete não parar por aí.

A Capcom pretende quebrar o recorde de vendas neste ano fiscal com 28 milhões de unidades até Março de 2021. Para atingir seu objetivo, ela conta com algumas cartas na manga. Expandir suas vendas digitalmente em novos territórios, flexibilizar preços e, talvez, a mais interessante delas, lançar novos grandes títulos. Ainda não se sabe que títulos seriam esses, mas se pegarmos o histórico recente, é algo para se animar.

Para efeito de comparação, no ano fiscal encerrado em março de 2018, quando a Capcom lançou Monster Hunter: World e Marvel vs. Capcom: Infinite, a empresa alcançou 24,4 milhões de vendas totais de unidades. No ano fiscal encerrado em março de 2019, quando lançou Resident Evil 2 e Devil May Cry 5, alcançou 25,3 milhões de vendas totais de unidades. E no ano fiscal encerrado em março de 2020, quando embarcou Monster Hunter World: Iceborne, alcançou 25,5 milhões de vendas totais de unidades.

Ainda não chegamos ne metade de 2020 e a tarefa não parece impossível. Principalmente se levarmos em consideração que novos jogos estão a caminho. Resta saber quais jogos serão.

Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money