fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

The Ascent é um RPG de ação que já chamou atenção do público por lembrar uma mistura de Cyberpunk 2077 com Diablo. Além da riqueza de detalhes e fluidez dos gráficos apresentados, outro fato que impressiona é do jogo ser produzido por um estúdio com apenas 11 integrantes. Mas como o pequeno estúdio da Neon Giant conseguiu chamar a atenção da Microsoft? Em uma entrevista para IGN, os diretores criativos Tor Frick e Arcade Berg contaram como conseguiram fazer com que The Ascent fosse para linha de frente da próxima geração.

Há, mais ou menos, um ano atrás, a Microsoft fez uma visita aos estúdios da Neo Giant, na Suécia, para assistir uma versão inicial de The Ascent. Frick contou que a versão apresentada aos representantes da Microsoft representava apenas um ano de trabalho, mas, apesar disso, conseguiu causar uma boa impressão.

“Eles ficaram bastante animados”, Frick explicou. Falaram que o estúdio os encorajou manter suas cartas na manga, como se a Microsoft sentisse que algo bastante especial estivesse em suas mãos. Então começaram as conversas sobre parcerias e a possibilidade de lançar o jogo juntamente com Series X. Segundo Frick e Berg, o próprio jogo e a ambição de sua equipe fizeram todo o trabalho.

Estamos tentando levar as coisas ao mais longe possível“, diz Frick. Desde o visual do jogo até a sensação das armas foram criadas para ir além. Isso fica bastante claro no gameplay alpha do jogo, com vários efeitos de luz, fumaça, faíscas e a destruição do ambiente, lembra Berg. O objetivo é entregar mais do que é esperado da maioria dos jogos deste mesmo gênero.

Foi algo que agradou bastante a Microsoft. O fato do time da Neon Giant, composto por 11 veteranos da indústria dos games, entregar um trabalho com extrema fidelidade visual e com muita destruição. Mesmo estúdios com mais de 500 funcionários não conseguem entregar algo tão impressionante algumas vezes.

A qualidade deixava clara a ambição do estúdio e deu a confiança a Microsoft para fincar sua bandeira primeiro. Frick explica que parte da natureza ambiciosa de sua equipe é seu amor por levar a tecnologia até seu limite. Isso torna a oportunidade de trabalhar com o Xbox Series X o mais cedo possível extremamente empolgante. “Nós realmente queremos trabalhar com tecnologia de ponta, com hardware de ponta, porque gostamos disso.”, diz Frick. “É apenas quem somos”.

The Ascent tem lançamento previsto para 2020,  juntamente com o Xbox Series X.
Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money