fbpx
Participe do nosso grupo no Telegram

Eu nunca fui uma grande fã de Minecraft, mas desde que Minecraft Dungeons foi anunciado eu me senti atraída por ele, pois curto muito os ARPGs estilo Diablo. Meu primeiro contato com ele foi na BGS 2019, e eu gostei muito do que vi, e fiquei ansiosa pela versão final. Agora, que pude finalmente jogar o projeto finalizado, posso constatar que ele é tudo o que eu esperava, mas ainda oferece bem mais.

Minecraft Dungeons se trata de RPG de ação com uma visão isométrica da câmera, onde olhamos tudo por cima, com todo o estilo de progressão e combate inspirados em jogos como Diablo III, e ainda um mundo construído com o estilo icônico de blocos do sucesso mundial Minecraft. O título começa bem sua jornada, que pode se expandir por muitos e muitos anos, com o suporte certo de conteúdo, pois as possibilidades são infinitas para a estrutura que criaram. Vamos entender como tudo isso funciona durante a análise.

Uma história básica, mas que funciona bem

Como todo ARPG, a história existe e tem como foco dar sentido ao nosso gameplay, com um pano de fundo interessante para a nossa progressão. Ela pode ser grandiosa ou simples, mas no final o que marca um jogo assim é a sua jogabilidade. Partindo desse princípio, Minecraft Dungeons optou por uma narrativa mais simples, mas que ainda assim funciona bem, e de forma divertida, no decorrer das missões.

A história em si gira em torno de um Illager desprezado pelo mundo, e que em sua jornada solitária acabou encontrando um artefato misterioso. O Orbe da Dominação corrompeu sua mente, se aproveitando dos sentimentos de ódio e vingança que viviam dentro do seu coração. Então, com novos e poderosos poderes, ele parte para dominar todo o mundo nessa sua insana cruzada. Para combater esse mal, que agora atende pelo nome de Arch-Illager, surgem os corajosos heróis controlados pelos jogadores. A clássica luta do bem contra o mal. Tudo bem simples, mas que funciona muito bem, e de forma bem divertida, durante nossa jornada.

Cada área da história possui uma pequena introdução, onde o narrador nos atualiza sobre o progresso da trama, nos deixando sempre imersos no que está movendo aquele mundo.

A história pode ser finalizada, pela primeira vez, em cerca de 7 horas, mas tenha em mente que isso é apenas o começo da sua jornada, visto que após finalizar na dificuldade Padrão, você é apresentado à dificuldade Aventura, e depois disso temos a dificuldade Apocalipse. Isso abre novas mecânicas, inimigos e equipamentos mais poderosos, o que transforma grandiosamente a jogabilidade.

Fácil de jogar, difícil de dominar

Minecraft Dungeons oferece uma estrutura simples de gameplay, que pode ser facilmente entendida por todos os estilos de jogadores, independente do seu nível de conhecimento do gênero ou sua faixa etária. Ainda assim, ele possui particularidades que só os jogadores mais dedicados conseguirão dominar. Isso foi uma forma inteligente de alcançar um público mais amplo, oferecendo uma boa dose de desafio para aqueles que buscarem explorar ao máximo as dificuldades em busca de equipamentos perfeitos, mas sem esquecer o público mais casual, e as crianças, que só querem se divertir sem muito comprometimento. Tudo no melhor estilo “fácil de jogar, difícil de dominar“.

O RPG de ação (ARPG) segue uma estrutura que jogadores de jogos como Diablo III estão bem familiarizados, onde devemos explorar mapas, eliminando todas as suas ameaças, em busca de melhores equipamentos enquanto cumprimos um objetivo principal.

O jogo não possui classes, ele inicialmente te oferece a opção de escolher um dentre uma série de personagens, mas essa escolha é basicamente estética, já que você tem total liberdade de criar seu personagem. Em Minecraft Dungeons você cria a sua classe, seja um personagem mais focado em dano cadenciado em área com um martelo gigante, ou adagas duplas para golpes mais rápidos, ou quem sabe uma soqueira para ataques corpo-a-corpo poderosos. Você ainda pode usar arcos para ataques de longa distância, mas isso deve ser usado com cautela já que as flechas não são ilimitadas e você precisa coletá-las pelo mapa.

Para expandir suas opções ainda existem os artefatos que trazem opções como cura, aumento de dano, totens, flechas com danos elementais, ataques especiais e até mesmo Pets para lutarem ao seu lado. As armaduras seguem esse mesmo caminho, com opções para quem prefere focar em habilidades especiais, aguentar mais dano, ou ainda dar destaque para ataques a distância, e muito mais.

Outro fator importante para essa liberdade total para o jogador criar seu próprio herói é o sistema de encantamento, que é a mecânica principal da jogabilidade. Conforme subimos de nível ganhamos pontos de encantamento, e esses pontos são usados para desbloquear efeitos especiais para as armas e armaduras, podendo aumentar seu dano, adicionar dano elemental, trazer mais defesa e cura, ou ainda outras habilidades para deixar o combate ainda mais interessante. Cada equipamento pode possuir até três tipos de encantamento, onde cada um pode ser melhorado até o nível 3. Quanto mais poderoso o item, mas possibilidades de encantamentos ele possui.

Os pontos de encantamento ficam presos ao equipamento, e para usá-los em outro você deve reciclar (quebrá-lo) para obter os pontos de volta.

Com esse sistema amplo, os jogadores podem criar os mais variados conjuntos para seus personagens, seja um focado em dano massivo, seja um tanque para aguentar muito dano, um especialista em dano de longo alcance ou em Pets, ou ainda um curador para sua equipe. As possibilidades são gigantescas.

É nesse ponto que o fator replay de Minecraft Dungeons se intensifica, pois você realmente se sente incentivado em refazer as masmorras, em dificuldades maiores, em busca daquele equipamento perfeito. Conforme você explora os mapas, ele te mostra quais tipos de itens você pode encontrar ali, o que já te guia para onde você pode focar seus esforços.

A ascensão de dificuldade é gradual, e o jogo sempre te dá a opção de jogar no mesmo nível do poder do seu equipamento, mas também um nível abaixo e um acima, para que você decida qual tipo de experiência você deseja. Além disso, o jogo oferece três níveis de dificuldade geral do mundo, começando com a Padrão. Após finalizar a história pela primeira vez, você irá desbloquear a dificuldade Aventura, e por fim, terá a dificuldade Apocalipse. Os inimigos se tornam cada vez mais perigosos, assim como novos tipos deles começam a surgir e com habilidades cada vez mais letais. O mais legal é que as recompensas também aumentam consideravelmente nas dificuldades mais altas, o que incentiva muito a experiência por desafios mais altos.

Com tantas possibilidades, o combate também se torna facilmente divertido, pois ele é muito bem construído e com uma ótima curva de aprendizagem, o que traz confiança de testar combinações de poderes diferentes. Você ainda pode usar caixas de TNT que caem de inimigos e lançar contra eles para um grande dano em área. Como pode ver, opções não faltam para maximizar sua diversão.

Os inimigos também deixam cair comidas e poções que oferecem buffs temporários como regeneração de vida, aumento de dano ou velocidade, e por ai vai. A poção de vida é única e funciona com um sistema de tempo (cooldown), então você não precisa ficar desesperado juntando um monte de poção no inventário, mas deve apenas gerenciar bem o uso da cura, já que demora um pouco para ela ficar disponível novamente após o uso.

Outra parte importante da jogabilidade são as esmeraldas, que podem ser encontradas em baús escondidos pelos mapas, caem de alguns inimigos e podem ser adquiridas ao reciclar itens que não queremos usar. Elas servem para comprar artefatos, armas e armaduras no seu acampamento, que é a área segura onde nos preparamos para nossas aventuras. Você não compra diretamente o item que quer, mas deve ter sorte, pois se trata de um sistema aleatório de recompensa.

Os mapas possuem áreas muitos bem escondidas que te recompensam com baús especiais e ainda podem desbloquear masmorras secretas, que são adicionais às áreas principais da história, e possuem suas próprias missões, o que expande ainda mais a experiência. Um deleite para os jogadores que gostam de explorar cada canto do ambiente.

Diversão garantida com os amigos

Toda essa diversão de Minecraft Dungeons ainda pode ser expandida e aproveitada com amigos, seja no co-op de sofá ou no modo online para até quatro jogadores. A exploração dos mapas com os amigos é muito divertida e traz um chame extra para o título, pois se ele é divertido jogado solo, isso é multiplicado quando se tem companhia. Você e seus amigos podem explorar juntos cada canto do mapa em busca de áreas secretas, se fortalecerem juntos com a aquisição de novos equipamentos, e criarem as mais diversas estratégias.

Entrar e criar uma sessão de jogo é simples e sem complicação, o que incentiva bastante a cooperação. A dificuldade do mundo é nivelada pela média de poder da equipe. Todo o loot é individual garantindo que todos possam melhorar seus personagens. A progressão também é compartilhada e cada jogador mantem seu próprio progresso, seja para continuar depois sozinho ou com outros amigos.

O título não possui matchmaking, então não é possível se juntar ou deixar seu jogo aberto para estranhos. Ele foi projetado para ser jogado junto com os amigos.

Algumas melhorias já estão sendo planejadas para o futuro do jogo como a possibilidade de misturar a cooperação local e o multiplayer online, o que aumentaria as opções para os jogadores montarem seus times. Além disso, pensando em expandir o co-op da sua base de jogadores, a Mojang Studios já revelou que está trabalhando para oferecer crossplay entre todas as plataformas que onde o jogo está sendo lançado (Xbox One, Windows 10, Nintendo Switch e PlayStation 4).

Gráficos e Som

O mundo de Minecraft Dungeons é vibrante e traz todo aquele charme já consagrado de Minecraft, mas com sua própria personalidade. Cada mapa possui suas próprias particularidades. Seja uma floresta vibrante, uma mina repleta de lava, um pântano venenoso, uma caverna mais sombria ou até mesmo um castelo suntuoso. Uma variedade que faz bem para o gameplay, já que não o deixa se tornar repetitivo, pois sempre tem algo novo para explorar. Somado isso ao sistema de gerar processualmente os níveis, o jogo garante que sempre haverá algo novo para conhecer em um mesmo mapa.

Os inimigos estão muito bem desenvolvidos, cada um com seu próprio conjunto de habilidades únicas. Alguns deles são especiais, como o Eldermen, por exemplo, que além de trazer uma dificuldade extra também muda o som e o ambiente com sua presença. Os bosses também são interessantes, mas não vou falar muito deles para não estragar sua experiência. As armaduras e armas também foram bem pensadas, assim como as habilidades que oferecem um espetáculo interessante na tela.

Os efeitos de iluminação também estão bem projetados, deixando os ambientes mais belos. No Xbox One X você pode se beneficiar da resolução 4K, o que deixa tudo isso ainda mais bonito. Quanto ao desempenho, ele é bem estável e fluido, com servidores que funcionam bem. Presenciei algumas quedas de framerate, mas foram bem raras.

A trilha sonora é bem competente, valorizando a ambientação de cada mapa, dando mais brilho para os ambientes, e ainda trazendo o sentimento certo para as batalhas, quando os temas se intensificam ao lutamos contra bosses ou inimigos especiais, por exemplo, o que traz ainda mais ação para o combate. O jogo está totalmente localizado em português do Brasil, com menus e dublagem em nosso idioma.

Opinião

Minecraft Dungeons é uma das gratas surpresas de 2020. Ele traz desafio e diversão na medida certa, sendo um jogo para todo o tipo de jogador, algo que pode criar uma comunidade forte. Ele é simples, sendo fácil de entender com tudo funciona, mas também oferece mecânicas mais avançadas de dificuldade, o que atrai jogadores voltados para um conteúdo mais complexo. O jogo possui um potencial enorme para viciar aqueles que curtem ARPG, pois oferece um fator replay muito alto, seja jogando sozinho, ou, principalmente com amigos, que é onde ele brilha com mais intensidade.

O mundo do título é interessante de explorar com cenários e inimigos que deixam tudo ainda mais vibrante. A liberdade dada ao jogador, para criar o personagem que quiser, é uma mecânica muito bem construída, e que também aumenta a diversão e a vontade de experimentar mais combinações, se aventurando também por dificuldades maiores em busca de itens mais poderosos. Um ciclo deliciosamente viciante.

A Mojang Studios possui um novo diamante em suas mãos, que se for lapidado com conteúdo e melhorias constantes, pode se estabelecer dentro do gênero por muitos anos. O estúdio já revelou que irá adicionar novas áreas, com dois futuros DLCs, o que é um bom indício sobre o futuro do jogo.

Independente do seu interesse pelo gênero, você deveria testar Minecraft Dungeons, pois assim como eu fui surpreendida pelo jogo, você também pode ser. Ele será lançado amanhã, dia 26, e também pode ser aproveitado pelos assinantes do Xbox Game Pass.

Entenda nossas notas

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money