fbpx
Membros Gold e Ultimate tem Desconto Duplo - Economize até 60%

Durante essa semana fomos agraciados com mais de 70 Demos disponibilizadas no Xbox One, reflexo do cancelamento dos eventos presenciais. O Xbox Power está analisando alguns desses jogos, trazendo as primeiras impressões do que você poderá esperar de alguns desses títulos.

Comecei pelo Beat ’em up Mayhem Brawler, que escolheu um gênero muito popular nos anos 90, mas que começa a ser revivido por grandes franquias, como Streets of Rage 4, por exemplo. O jogo é desenvolvido pela Hero Concept, mas ainda está em estágios iniciais de desenvolvimento, com uma data ainda não definida para seu lançamento. No entanto, a demo disponível já mostra que o jogo tem potencial, e pode se destacar entre os grandes jogos do gênero.

Ao jogar alguns minutos, percebemos que o jogo se inspira no alicerce do novo Streets of Rage 4, inclusive até no estilo dos gráficos. Mas será que ele consegue ter a sua própria identidade e sair da sombra de uma lenda?

BEAT’ EM UP TRADICIONAL

A demo de Mayhem Brawler é bem curta, com um único personagem jogável, dentre os três que apareciam na tela de seleção. Além disso, temos a história ocultada, talvez pelo estúdio não querer mostrar, ou mesmo por não estar totalmente pronta.

Então partimos para a primeira missão, que funciona como uma espécie de tutorial, onde somos apresentados aos principais comandos, que não fogem em nada do que já existe nesse tipo de jogo. Com uma grande diferença, aqui temos um barra de especial, onde o personagem pode executar um golpe mais poderoso, algo parecido com o novo Streets of Rage, mas com uma maior simplicidade, então não espere algo tão elaborado.

O primeiro chefe foi um desafio bem interessante.

Não encontrei nenhuma arma branca ou de fogo que o personagem possa utilizar, ou mesmo itens para recuperação de vida. Algo que pareceu bem estranho, visto que são necessários, talvez na versão final seja implementado.

O jogo possui três níveis de dificuldade, mas na demo somente uma era habilitada, mostrando que pode agradar a diferentes níveis de jogadores.

Os combos são meio mornos, então não espere algo muito complexo e cheio de opções. Algo bem interessante é o botão de bloqueio, algo que não é muito comum nesses jogos.

INIMIGOS VARIADOS

Uma das grandes qualidades de Mayhem Brawler é a variedade de inimigos, algo que oferece um maior desafio ao jogador, que precisa memorizar os golpes de cada um deles. Além disso, também existem as batalhas contra chefes. Durante a demo tive a oportunidade de experimentar uma onde enfrentei um inimigo com golpes mais complexos.

SOM E GRÁFICOS

Os gráficos parecem feitos a mão, no mesmo estilo de Streets of Rage. Pode parecer exagero o tanto de comparações que fiz nessa preview, mas isso não é um ponto negativo, pois miraram em uma forte inspiração e fizeram algo bom. Uma coisa que me incomodou foi a paleta de cores um pouco suja, algo que pode ser melhorado para a versão final, dando mais vida aos cenários.

O mapa possui vários elementos na tela, com muitos objetos para ilustrar toda a realidade daquela cidade. O personagem escolhido tem garras, e os outros parecem ter outras mutações, abrindo algumas possibilidades para a história.

A primeira missão serve para apresentar os comandos ao jogador.

O som é bem básico, mas com uma trilha sonora que não enjoa. Vamos torcer para que isso se mantenha nas outras fases.

O jogo não era localizado, então não sei se na versão final teremos menus e cenas de transição em Português. Nesse tipo de jogo, que não possui tanto foco em uma história, não é algo que pesa, mas nos dias de hoje isso traz uma certa alegria, de poder ter algo no nosso idioma.

OPINIÃO

Mayhem Brawler tem potencial para divertir e agradar os fãs de Beat ’em up, com uma jogabilidade bem raiz e gráficos estilizados. Os comandos simples agradam todo tipo de jogador, além, é claro, do co-op local para até três jogadores que estará disponível na versão final.

Um ponto importante que a desenvolvedora precisa acertar são alguns golpes, que parecem precisar de mais polimento, principalmente os golpes especiais. Além disso, a ausência de armas de fogo e armas brancas fazem falta para a dinâmica da luta.

Mayhem Brawler ainda não recebeu uma data de lançamento, mas estamos torcendo para que esteja disponível no Xbox Game Pass, onde terá uma maior visibilidade.

Você pode testar a Demo até amanhã, dia 27.

Clique e confira na Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money