fbpx
Membros Gold e Ultimate tem Desconto Duplo - Economize até 60%

A desenvolvedora Alfa System está de volta volta ao Xbox, após longos anos, com o lançamento de seu Bullet Hell Sisters Royale: Five Sisters Under Fire. Seu último trabalho para uma plataforma Xbox foi Castle Shikigami 2, para o Xbox Original. Com um gênero tão escasso para Xbox, será que Sisters Royale conseguirá agradar a todos ou somente seu público tão restrito? Confira em nossas impressões.

Cinco irmãs e uma profecia

Sisters Royale: Five Sisters Under Fire conta a história de cinco irmãs destinadas a acabar com Saytan, um demônio do mal, e salvar o mundo. No entanto, as tais irmãs predestinadas nunca apareceram para realizar seu destino. O motivo? Elas se odeiam! Uma não consegue suportar a presença da outra. Tudo por que todas tem um amor em comum, o anjo Yaskin.

5 personagens disponíveis, mais 1 por DLC pago

E é isso…

Bom, jogos do gênero Shoot’em Up ou Bullet Hell raramente tem um grande foco no seu enredo, e Sisters Royale não foge a regra. A história serve apenas de pano de fundo para colocar o jogador no controle de uma das cinco irmãs, para então derrotar as outras quatro. Então, vamos ao que interessa…

Um colorido e infernal tiroteio

Assim que passamos da tela inicial, as cinco irmãs ficam a disposição para você escolher. São elas: Sonay, Selma, Nur, Ece e Lale. Cada uma com aparência bem distinta, nem daria para dizer que são parentes. Mas as diferenças não ficam só nas aparências. Cada uma delas possui um estilo de jogo próprio, com tipo de ataques e especiais diferentes. Feita a escolha de sua personagem, chegamos na dificuldade. De praxe, você joga no nível fácil, normal ou difícil. 

aaaaah…

Então você começa sua aventura. O jogo em si é bem colorido. Cenários, inimigos e até seus projeteis. Tanto inimigos como as irmãs possuem uma aparência chibi, com cabeças maiores que o corpo, dando um aspecto cômico. Talvez essa tenha sido a ideia da Alfa System, trazer um clima descontraído e divertido.

Mas não se engane, é só a ação começar para perceber que o desafio será grande. Mesmo na dificuldade fácil e normal, muitos jogadores sofrerão com a intensa chuva de projéteis atirados pelos inimigos. Primeiro por que o tiro normal das personagens não causa muito dano. Aí entra um interessante sistema implementado pela Alfa System.

Difícil, super difícil e inferno

Caso sua personagem esteja muito próxima do inimigo ou de um projétil, ela ganhará um boost de ataque, tornado seus tiros vermelhos e causando mais dano. É um sistema interessante que premia aqueles que se arriscam mais. Entretanto, cabe aqui uma crítica. Não há qualquer tutorial sobre isso. Inicialmente eu percebi essa mudança no padrão de ataque das minhas personagens, mas não entendia o que eu havia feito para que isso acontecesse. Precisei pesquisar pela internet a experiência de outros jogadores para descobrir como funcionava tal mecânica.

treta entre irmãs

Passada a horda de inimigos e tiros, temos uma batalha contra o chefe. No caso, uma de suas irmãs. Uma mais desafiadora que a outra de se derrotar. Mais do que tirar dano, a verdadeira batalha aqui é se manter vivo, algo que beira o impossível sem ser acertado ao menos uma vez.

Para deixar as coisas mais equilibradas, não há game over após perder todas as vidas. A única penalidade é resetar sua pontuação, que acaba sendo relevante apenas para quem quer bater seu próprio recorde de pontos, ou está caçando conquistas.

Faltou conteúdo

Talvez o maior defeito de Sisters Royale seja sua longevidade. Falta conteúdo que prenda a atenção do jogador. Após derrotar suas irmãs, não há muito o que fazer. Basicamente escolher outra irmã, que possui um estilo diferente de se jogar, e enfrentar as outras. Assim que você fecha o ciclo, o que vai sobrar? Repetir o mesmo processo em outra dificuldade?

E acabou…

Não há nenhum conteúdo para ser desbloqueado, como novos personagens ou fases. Não há um ranque de pontuação online. Por conta de não haver game over, você consegue fechar o jogo em poucos minutos. Repita o processo e em 2 horas, ou até menos, não há mais o que se fazer. Fica realmente difícil recomendar.

Opinião

Sisters Royale: Five Sisters Under Fire oferece o que tem de melhor em um Bullet Hell: comandos precisos e uma dificuldade insana. Poderia ser uma ótima opção para quem curte um bom desafio. Todavia, o jogo carece de conteúdo, podendo ser terminado em pouquíssimas horas. Uma vez finalizado, não há mais o que se fazer, a não ser ficar tentando bater sua própria pontuação. É muito pouco a oferecer para se recomendar a alguém. Quem sabe em uma promoção, ou entrando no catálogo do Xbox Game Pass.


Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money