fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

Desde o anúncio da sua nova geração de consoles, a Microsoft frisou o quanto o legado dos jogadores era importante, e dessa forma um dos alicerces dos novos consoles é a possibilidade do jogador aproveitar quatro gerações de jogos do Xbox em apenas uma máquina. Tanto Xbox Series X quanto Xbox Series S serão consoles retrocompatíveis, com suporte total, e gratuito, para todos os jogos do Xbox One (com excessão dos jogos de Kinect), além de jogos suportados do Xbox Original e Xbox 360.

Mas o suporte da Microsoft vai além de fazer apenas os jogos funcionarem, mas também tem como foco oferecer uma qualidade maior desses títulos para os seus jogadores, com texturas aprimoradas, FPS mais alto e consistente, taxas de carregamento mais rápidas e até mesmo HDR automático em títulos que nem possuíam a tecnologia. Em uma nova postagem do seu blog oficial, a empresa explica melhor como tudo isso vai funcionar.

Os jogos da retrocompatibilidade rodam nativamente no Xbox Series X|S, aproveitando toda a potência da CPU, GPU e SSD. Sem modo de boost, sem downclocking, mas trazendo todo o poder possível para esses títulos. Os engenheiros do Xbox testaram muito a retrocompatibilidade, somando mais de 500.000 horas de testes para garantir que a experiência seja a melhor possível.

HDR Automático

Um dos grandes destaques dessa melhoria é o HDR automático, que chega até mesmo para títulos lançados antes mesmo da tecnologia HDR existir.

O HDR permite que os jogos se apresentem com muito mais cores e brilho, exaltando ainda mais os cenários e sua iluminação. Esse HDR automático do Xbox Series X|S é implementado pelo sistema sem que os desenvolvedores precisem fazer nenhum tipo de atualização, pois o recurso é ativado direto pelo console, e sem nenhum custo de desempenho para a CPU, GPU ou memória, garantindo a melhor experiência de jogo.

Framerate melhorado

Outra melhoria importante que chegará para a retrocompatibilidade da nova geração é o Framerate mais alto e estável, oferecendo um gameplay mais suave. A equipe da retrocompatibilidade desenvolveu novos métodos para dobrar efetivamente a taxa de quadros em títulos selecionados. Embora não seja aplicável para alguns títulos, devido a física original ou animações do jogo, essas novas técnicas podem fazer os jogos renderizarem mais rapidamente, levando a uma experiência mais fluida.

O vídeo mostra Fallout 4 em ação, onde vemos que o framerate pula de 30fps para 60fps no Xbox Series S.

Visuais aprimorados

Diversos jogos terão visuais apromimorados para a nova geração, e muitos títulos se apresentarão com 1440p no Xbox Series S e 4K no Xbox Series X. A filtragem anisotrópica 16x foi habilitada para quase todos os títulos da retrocompatibilidade, o que significa que esses jogos terão uma imagem com muito mais nitidez e uma melhor definição de texturas do que o visto em sua experiência original.

Vale lembrar que os controles do Xbox One também funcionam nessas novas máquinas, e além disso será possível carregar o progresso nos jogos e suas Conquistas.

A empresa se diz muito feliz com o resultado alcançado, pois conseguiu chegar ao seu objetivo de possibilitar ao jogador levar o seu legado de jogos para a plataforma que preferir, e assim aproveitar quatro gerações em apenas uma máquina e com o melhor desempenho possível, tudo proporcionado por máquinas potentes e pensadas em respeitar a história de cada jogador.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money