fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

Star Wars: Squadrons chegou com uma grande expectativa para os amantes do universo Star Wars, principalmente para os aficionados pelos jogos de naves. Afinal de contas, o grande último grande jogo da saga com esse gênero foi Star Wars: Jedi Starfighter foi lançado em 2002, para o Xbox Original.

Star Wars: Squadrons

Uma História rasa

O universo Star Wars é famoso pelo seu vasto repertório de personagens, localidades, histórias, tramas e, é claro, naves. No entanto, não espere por muita coisa relevante, e densa, em Squadrons, pois o pano de fundo narrativo serve apenas como uma ambientação para o jogo, com muitos novos personagens, mas poucos rostos conhecidos. O grande foco é ser mesmo um título de combate espacial.

Para complementar a história, a EA Motive fez um curta de animação que se passa antes dos eventos de Star Wars: Squadrons, introduzindo um dos pilotos que lutará ao seu lado.

Confira o curta:

O jogo se passa quatro anos após a Batalha de Endor e a destruição da Segunda Estrela da Morte, quando a Nova República está lutando contra o Império Galáctico. No centro da história está o Projeto Starhawk – um plano de nave estelar fundamental para a Nova República e que o Império busca eliminar.

A trama se passa na troca de lado de Lindon Javes, que muda para o time da Nova República como comandante do Esquadrão de Vanguarda, abandonando Terisa Kerrill, comandante do Esquadrão Titã do Império Galáctico.

A campanha (Modo História) do jogo é composta por missões alternadas entre os dois lados da história, um time coletando recursos e informações para construção do Projeto Starhawk, enquanto o outro tenta destruir esta nova ameaça. Funciona bem com um tutorial, onde são mostradas as naves e customizações de armas, escudos etc. Dependendo do seu nível de habilidade, tudo não deve levar mais do que 10 horas.

Jogabilidade

Além do modo história, citado anteriormente, Star Wars: Squadrons possui os modos multiplayer, com os modos Combate Aéreo e Batalha de Frotas.

O modo Combate aéreo (Dogfight) é um 5 vs 5 na qual ao esquadrão que atingir primeiro 25 eliminações vence. Não há ranqueamento, e o que realmente conta é a sua habilidade. Já o modo Batalha de Frotas (Fleet Battles) é mais cooperativo, no qual o objetivo é destruir a frota inimiga. Para isto, os objetivos são divididos por etapas. Com o sucesso das ações, seu time ganha pontos de Moral, e quanto maior a Moral, mais chances de seu time sair vencedor. A coordenação do esquadrão é essencial para o time sair vitorioso. Para liberar este modo contra jogadores será preciso atingir o nível 5 no modo Combate Aéreo. Há opção de enfrentar apenas bots (IA), porém nesta opção você não será ranqueado, funcionando mais como um treino.

Você customiza seu personagem com opções de sexo, raça e voz. Algumas opções são desbloqueadas conforme se avança no modo multiplayer. Aliás, todo progresso e realizações são computados para sua pontuação, ganhando experiência e níveis.

Os controles são simples e responsivos, e cada nave possui seu próprio conjunto de elementos, que podem ser cruciais no sucesso da missão. No espaço você precisará, e muito, dos controles analógicos, pois além de controlar a direção e velocidade, será preciso rolar ou ainda dar um impulso para o “cavalo-de-pau”.

A energia da nave pode ser redirecionada para uma necessidade específica, os motores – ganhando velocidade, para os lasers – ganhando menor tempo de recarga, ou ainda para os escudos – mais resistentes. Nem sempre o modo equilibrado é o mais interessante. Aliás os escudos em determinadas naves podem ser redirecionados para a parte frontal ou traseira, dependendo da necessidade de proteção. Também há a opção de mudar como seus alvos são marcados, alterando entre as opções disponíveis.

Star Wars: Squadrons

Star Wars: Squadrons

Batalha de Frotas

Gráficos e sons

Star Wars: Squadrons é muito bem ambientado, trazendo o sentimento dos combates aéreos do universo Star Wars, com bastante opções de naves e customizações. Além disso, ele oferece cenários com visuais incríveis e boa imersão, com detalhes bem trabalhados.

O jogo possui diálogos em inglês, mas opções de legendas e menus em português. A trilha sonora é a já conhecida e característica de Star Wars.

Afinal de contas, uma batalha espacial em Star Wars não é só pew-pew para lá e para cá. Cada nave tem o seu set característico, e você pode inclusive visualizar as naves X-Wings, Y-Wings, A-Wings, Tie Fighter entre outras, de todos os ângulos no hangar no modo história.

O desempenho do jogo é muito bom, não ocorreu nenhuma perda de performance ou travamento, mesmo no Xbox One Fat.

Opinião

Star Wars: Squadrons é um ótimo título para jogadores que apreciam multiplayer e combates de naves. O modo Batalha de Frotas foi muito bem pensado, para não ficar só no “mata-mata” de caças, requerendo uma atenção e cooperação maior, e por isto não está liberado inicialmente. Para quem gosta de jogo de naves e campanha single player, vai encontrar uma boa opção, mesmo que a história não seja tão relevante para o universo Star Wars.

A EA já anunciou que o jogo não receberá DLCs, o que por um lado é bom já que economizamos, mas que por outro lado traz aquele sentimento de oportunidade que pode ser perdida, já que o  título teria muito a ganhar com novas missões e mapas, e quem sabe personagens já conhecidos sendo adicionados ao longo do tempo.

Análise: Star Wars: Squadrons

Entenda nossas notas


Compartilhar.

About Author

Aficionado por games, comecei cedo: Intellivision -> MSX -> PC -> Xbox 360 / PS3 / PSP -> Xbox One. Fã de Fallout, Bioshock, Assassin's Creed, Mass Effect, Borderlands, Skyrim, Just Cause, Dead Island, Gears of War, Far Cry, Halo, GTA entre outros. Também aficionado por séries de TV, NFL (GO GIANTS!), NBA (Go Lakers), Futebol (Fluminense).

Powered by keepvid themefull earn money