fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$1

O chefe da Divisão Xbox, Phil Spencer, falou um pouco sobre a estratégia da Microsoft para nova geração em uma entrevista ao site Kotaku. Um dos tópicos foi a aquisição da Zenimax Media e sobre a possível exclusividade de alguns títulos no futuro. Sem rodeios, Spencer fez a seguinte declaração ao ser questionado diretamente se a Microsoft poderia recuperar seu investimento de US $ 7,5 bilhões sem lançar The Elder Scrolls VI para o PS5:

“Sim”, Spencer respondeu imediatamente. Então, ele continuou: “Este acordo não foi feito para tirar jogos de outra base de jogadores … Em nenhum lugar da documentação que reunimos estava: ‘Como evitamos que outros jogadores joguem esses jogos?’ Queremos que mais pessoas possam jogar, e não menos pessoas …. Mas também direi no modelo – estou apenas respondendo diretamente à sua pergunta – quando penso sobre onde as pessoas vão jogar e o número de dispositivos que tínhamos, e temos xCloud, PC e Game Pass e nosso console base, eu não tenho que lançar esses jogos em qualquer outra plataforma além das plataformas que oferecemos suporte para fazer o negócio funcionar para nós. O que quer que isso signifique”.

Enquanto os acordos de exclusividade de Deathloop e Ghostwire: Tokyo serão honrados como negócios pré-existentes, fica cada vez mais claro que se o jogador quiser jogar novos jogos da Bethesda, ele terá que investir em algum dispositivo do ecossistema Xbox.

Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money