fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Enquanto muitos ainda estão curtindo a conclusão da parceria Bethesda/Microsoft, Phil Spencer parece já estar pensando além. Muitas informações foram jogadas ao público durante a mesa redonda, porém, uma fala de Spencer acabou chamando atenção. O chefe da divisão Xbox já imagina como a idTech Engine, motor gráfico da Bethesda, poderá ser usado em futuros projetos da Xbox Game Studios.

Spencer fez a seguinte declaração:

“Outra coisa sobre a qual ainda não falamos é o futuro da idTech e o que isso pode significar dentro do Xbox. Obviamente, você sabe, temos uma tonelada de estúdios fazendo um monte de trabalhos diferentes. Eu amo a maneira como Marty Stratton falou sobre como eles colaboraram com nossos estúdios Bethesda na idTech e eu só penso nisso em um próximo nível. Tipo, o que podemos fazer dentro de nossa organização com a idTech, que é um dos melhores motores de jogos do mundo, e apenas torná-lo uma ferramenta que tantos desenvolvedores podem usar para realizar sua visão.”

Em um primeiro momento, dois estúdios poderiam se beneficiar: 343 Industries e The Coalition. Apesar de que a 343i debutará um novo motor gráfico, Slipspace, com Halo Infinite no final deste ano. Já o caso da The Coalition é algo mais sensato. Afinal, Gears é um jogo todo produzido com a Unreal Engine. Isso significa que a Microsoft paga à Epic games uma taxa para utilizar a ferramenta. Então é uma possibilidade real.

E você? Consegue imaginar como os estúdios da Bethesda poderão agregar compartilhando seus conhecimentos e experiências com outros estúdios da Microsoft?

Compartilhar.

About Author

Aficionado pela cultura geek. Se o cinema é a sétima arte, os games são a oitava. Entrou no mundo dos consoles no NES e desde então vem acompanhando a geração dos games até o Xbox One. Caçador de indies, nas horas vagas tenta ser biólogo.

Powered by keepvid themefull earn money