fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Continuando com sua série mensal de artigos para detalhar o que estão criando para Halo Infinite, a 343 Industries trouxe detalhes sobre o desenvolvimento da trilha sonora e dos efeitos de som que estão preparando para o aguardado jogo, e prometem que esses serão recursos poderosos na próxima jornada de Master Chief. A entrevista da vez para o “Inside Infinite” teve a presença da equipe de áudio, que foi representada por Sotaro Tojima, Chase Thompson, Kyle Fraser e Joel Yarger.

Nós já haviamos destacado alguns recursos interessantes que a 343 Industries utilizou para criar a atmosfera sonora do jogo, como o uso de consoles Xbox Original para gravar campos eletromagnéticos emitidos por eles, e até mesmo a captação dos grunhidos, respirações e a animação de um cachorro. Agora o estúdio compartilhou mais detalhes.

O primeiro ponto citado é que colheram bastante feedback dos jogadores de Halo 5: Guardians, e com isso estabeleceram como principais objetivos recapturar a essência do legado de Halo e fortalecer a emoção e o impacto do combate clássico. A ideia central, também destacada nos demais artigos, é retornar tudo para a essência original de Halo, o que também está diretamente ligado a esse ideia de Reboot Espiritual. Eles enfatizam que o objetivo final com toda a música que estão criando para Halo Infinite é dizer um “Bem-vindo” aos novatos e um “Bem-vindo à casa!” para os veteranos.

Falando especificamente sobre a trilha sonora que criaram para a Campanha de Halo Infinite, eles dizem que possuem dois termos em mente para todas as criações: Esperança e Acreditar. A ideia é que esses dois termos abracem o mistério e a beleza de Zeta Halo. Os jogos originais são citados como exemplos do que pretendem alcançar, pois também tinham elementos sombrios em suas histórias, mas a música focava principalmente no lado mais brilhante de tudo. Foi então que entenderam que essa música mais brilhante se encaixar tão bem com uma trama mais sombria se deve, basicamente, ao fato de que tudo gira em torno de Master Chief, e dessa forma sempre há um sentimento de esperança, heroísmo e confiança. Partindo desse princípio, para a música de Halo Infinite o estúdio irá se concentrar nos temas mais brilhantes e positivos para apoiar a história do herói.

A trilha sonora de Halo Infinite será grandiosa, pois também se trata de um jogo extremamente grandioso. Foi estabelecido, desde o início, que seriam necessárias de 3 a 4 horas de música escrita, e isso cobre apenas a Campanha. Esse time possui as forças da orquestra de Gareth Coker, o coral íntimo de Curtis Schweitzer, e a escrita para piano, e domínio de sintetizadores e sons únicos, de Joel Corelitz. Os profissionais também realçam que as mudanças ocorridas por conta da pandemia não os afetaram tanto, já que estavam acostumados a trabalhar remotamente.

Eles também destacam que existem diferenciações para a criação da trilha sonora do Muliplayer e Campanha. No Multiplayer, o foco está em enfatizar os sons de combate para ajudar a oferecer uma experiência de jogo mais envolvente. Eles irão manter a música mínima nas partidas para concentrar tudo em um áudio de combate mais claro. Já na Campanha, é necessário apoiar elementos da história. Também haverá a sensação de que o combate é emocionante, mas o foco está em enfatizar os momentos narrativos especiais, seja ao derrotar certos personagens, destruir objetos ou se surpreender com reforços inimigos aparecendo.

Também houve uma grande mudança na direção geral dos efeitos sonoros. O conceito central é de entregar os sons de combate principais de uma forma clara e impactante, e para isso foi necessário reduzir a densidade do som dramaticamente de uma forma natural. Foi necessário restabelecer conteúdos de som e sistemas quase do zero para concretizar essa nova visão. Desenvolvedores de áudio, designers técnicos de áudio, designers de som e até a equipe de música trabalharam juntos trazendo diferentes perspectivas para chegar em uma proposta de áudio mais limpo e impactante. Isso ajudou a criar uma experiência de combate mais envolvente, maximizando realmente o impacto dos sons mais importantes.

Como exemplo, eles falaram sobre a existência de muitos sons de vários inimigos, companheiros de equipe e jogadores que estão constantemente disparando armas. Antes o volume de escuta de cada arma de fogo era recebido puramente por distância, e com isso, por diversas vezes, muitos sons altos de armas sobrecarregavam o jogador, tornando difícil detectar a posição de ameaça real. Já o novo sistema de áudio detecta todos os sons de armas quadro a quadro e os prioriza em uma ordem de ameaça para decidir o volume de saída de cada arma. Dessa forma, se um tiro for direcionado ao jogador, o som será mais alto e se não for direcionado ao jogador, ou se for o tiro de um colega de equipe, o som ainda é audível, mas será mais baixo. Essa nova mecânica, possibilita determinar a ameaça apropriada para fazer a ação certa mais rápida e precisa, o que resulta em uma experiência de combate mais envolvente para os jogadores de Halo Infinite.

Os sons ambientes também receberam melhorias. A reprodução dinâmica de sons ambientes combina um conjunto complexo de regras e lógica que determinam quais sons tocar, com que frequência e quando, tudo voltado para dar vida ao ambiente, fazendo com que o jogo permaneça atraente o tempo todo em que você está jogando.

As armas também tiveram um trabalho extra para que soem como deveriam. Quando você pensa nos Banished, por exemplo, você já visualiza a palavra “Brute” que deve remeter a algo selvagem e violento, sendo assim o áudio que a acompanha deve soar poderoso, animalesco e visceral. O armamento dos Banished terá essa sensação mais primitiva do que as outras facções. Como eles também são muito inteligentes, veremos que eles usam esse conhecimento para incorporar mais avanços da tecnologia em seus equipamentos, o que vai trazer alguns elementos interessantes de ficção científica.

Por fim, outra grande novidade para Halo Infinite é o Virtual Surround Sound, e o jogo será o primeiro título Halo a oferecer suporte às tecnologias de som surround virtual Dolby Atmos, Windows Sonic e DTS Headphone: X. Essas tecnologias de áudio espacial permitem fazer sons como se estivessem tocando atrás ou acima de você. Também foi criada uma configuração personalizada dos sons no jogo para que o jogador tenha uma separação clara entre o conteúdo espacial e não espacial. Dessa forma, seja jogando com fones de ouvido ou em um sistema de som surround, será possível identificar com muita clareza exatamente onde estão os inimigos, por exemplo.

Caso queira conferir as postagens mensais anteriores, esses foram os temas: Visão Sandbox e Novas imagens e detalhes da Campanha.

Halo Infinite ainda não possui data de lançamento, mas é aguardado para ser lançado durante algum momento da nossa primavera. Uma declaração de Bonnie Ross, a chefe da 343 Industries, leva a crer que a data exata será no dia 15 de novembro, quando é comemorado o aniversário de 20 anos do lançamento de Halo: Combat Evolved. Além disso, uma declaração recente de um dos atores do elenco do jogo também aponta esse lançamento para novembro.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money