fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Os jogos de zumbis sempre fizeram muito sucesso desde a época de ouro dos survival horrors. que aconteceu no final dos anos 90. Franquias como Resident Evil e Silent Hill arrancaram sustos dos jogadores, a medida que criavam um grande laço com eles. Esse amor por zumbis é sacramentado até hoje com a volta dessas franquias.

Mas alguns jogos também pegam fortes inspirações tanto nos jogos quanto no cinema, e World War Z é um desses jogos, que uniu o que há de melhor nesse gênero tão querido. Lógico que estamos falando de um multiplayer cooperativo, mas o terror está ali presente.

World War Z: Aftermath é uma proposta inusitada da Saber Interactive, que fez muito sucesso com o jogo anterior World War Ze agora deseja melhorar a experiência do jogador com novos capítulos, nova classe, inclusão de câmera em primeira pessoa, novos inimigos e uma engine melhorada.

Essa nova versão aprimora a experiência do jogo base, no qual temos todos os conteúdos da edição do ano somados aos novos conteúdos. Quem possui a edição base poderá fazer o upgrade com desconto, do contrário terá que comprar essa versão com preço cheio.

Será que World War Z: Aftermath vale a pena o investimento ou essa “nova versão” não era necessária? Descubra em nossa análise a seguir.

NOVAS HISTÓRIAS

World War Z: Aftermath possui novidades em relação aos seus mapas, com a inclusão da cidade de Roma e a península de Kamchatka, na Rússia. Cada mapa possui três capítulos, com novas histórias para contar, além de novos perigos.

Começando pela icônica cidade de Roma, que possui belas ruas e o lendário Coliseu. Foi muito interessante andar por uma cidade com vários elementos conhecidos, lógico que o jogo base já colocava cidades bem populares, mas Roma realmente é uma cidade incrível e que culmina em momentos de cair o queixo, principalmente ao colocar uma das maiores hordas do jogo, oferecendo uma ótima sensação de perigo.

Já a península de Kamchatka, na gelada Rússia, tem uma dinâmica bem diferente, com áreas de temperaturas tão baixas que o jogador deverá se aquecer ao ligar alguns geradores, caso contrário ele irá morrer de frio. Esse novo perigo, aliado a batalha contra zumbis, faz com que o jogador tenha muito mais problemas.

Ambas as localidades usam e abusam de alguns trechos de combate com hordas de inimigos, que enchem a tela e são levados para um ponto central, no qual temos uma luta primorosa.

A história desses capítulos é mais madura, com algo que realmente faz sentido para tudo o que aconteceria em uma guerra mundial contra zumbis.

NOVIDADES MUITO BEM VINDAS

Uma das novidades que mais se destacam em World War Z: Aftermath é a inclusão da câmera em primeira pessoa. Esse recurso permite ter uma imersão ainda maior no combate contra os zumbis. A câmera foi bem desenvolvida, com diferentes animações para as armas, criando um atmosfera de que realmente estamos jogando algo diferente do que estávamos acostumados. No entanto, não existem animações de combate e ativações de itens em primeira pessoa, mantendo as animações na perspectiva em terceira pessoa, algo que não incomoda, mas que me chamou a atenção.

Lembrando que a câmera em primeira pessoa é opcional, podendo ser ativada no menu de pausa durante a partida.

A visão em primeira pessoa é uma das principais novidades.

Outra novidade interessante incluída em Aftermath é a praga de ratos, que é um tipo de inimigo que não existia no jogo base, mas agora está presente para atrapalhar a vida dos jogadores. Se não conseguir afugentá-los com uma arma poderosa, ele partem para cima do jogador em bando, atrapalhando nossa missão.

World War Z: Aftermath também inclui uma nova classe chamada de Vanguarda, que possui um escudo elétrico para eliminar hordas em nosso caminho. As habilidades da classe ajudam na defesa do jogador e do seu grupo, então é uma boa opção para ter na sua formação de equipe.

UMA NOVA ENGINE

Uma das grandes promessas de melhorias para World War Z: Aftermath foi que a sua engine seria melhorada, com uma versão ainda mais avançada. Realmente esse aspecto foi atendido com maestria. Além de aumentar a quantidade de inimigos na tela, principalmente nos novos capítulos, a nova swarm engine traz uma física de impacto, que realmente faz a diferença na hora de acertar os inimigos, com pedaços de corpos caindo por todos os lados.

Se prepare para lutar contra muitos zumbis.

Outro aspecto bem forte da engine são seus gráficos que estão ainda mais belos, com ótimos efeitos de iluminação e texturas ainda mais realistas. Em alguns momentos de Roma o sol é intenso, oferecendo um grande contraste com toda a destruição. Os personagens agora possuem uma design mais realista, com feições mais naturais.

Os capítulos lançados na versão base também foram reformulados com melhorias técnicas e que dão uma grande diferença para quem jogou a primeira versão.

World War Z: Aftermath possui legendas em português do Brasil, algo que não existia no lançamento do primeiro jogo. Dessa forma, o jogador conseguirá entender as histórias dos personagens e das localidades.

OPINIÃO

World War Z: Aftermath melhora tudo o que foi feito de bom no jogo base lançado em 2019. A adição de novos capítulos garante mais horas de diversão, além de trazer experiências diferentes com a adição de uma Roma infestadas de zumbis e a nova região da Rússia, que coloca os jogadores em um perigo ainda maior, com a mecânica de baixa temperatura.

As novidades foram muito bem vindas, com a inclusão da câmera em primeira pessoa, que pode conquistar um público que curte jogos do gênero FPS, além é claro, de oferecer uma nova perspectiva para o combate. A inclusão da praga de ratos foi interessante para trazer um inimigo novo, mas não espere que seja algo tão ameaçador. Por fim, temos a nova classe Vanguarda, com habilidades que exploram a defesa do jogador e de fortalecimento do seu grupo.

World War Z: Aftermath também turbinou sua engine com uma versão melhorada, e realmente fez uma grande diferença tantos nos gráficos que estão ainda mais bonitos, quanto na física que causa uma maior sensação de dano nos inimigos.

World War Z: Aftermath é recomendado tanto para quem nunca jogou a franquia, quanto quem curtiu bastante a versão de 2019 e deseja ter mais daquele mundo.

Entenda nossas notas


* Certifique que este é o preço praticado antes de efetuar a compra. Os valores podem variar.

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money