fbpx
Confira as ofertas de Black Friday Xbox

Eu nunca fui muito fã desses jogos de corrida mais modernos, pois curtia a casualidade e diversão de jogos como Crash Team Racing ou o saudoso Out Run. Fiquei muito tempo longe dos jogos do gênero, até ter jogado Forza Horizon no Xbox 360 e me encantar com toda a proposta diferente do jogo da Playground Games, se tornando minha série favorita de corrida da vida.

A franquia Forza, como um todo, está há alguns anos dominando o mercado, seja com Motorsport e seus jogos de simulação, seja com toda a diversão arcade de Horizon, cuja proposta aberta e mais casual acerta em cheio o meu coração. Com Forza Horizon 5 nós somos transportados para a vasta diversidade de ambientes do México, com cenários impressionantes, muitas atividades e um mapa vivo, cheio de detalhes para descobrir. A Playground acertou em cheio mais uma vez, oferecendo algo que é muito mais do que um simples jogo de corrida.

Deixando claro que estou oferecendo minha visão de uma jogadora que curte muito a franquia, mas que não entende a fundo detalhes de carros ou particularidades do gênero. Na análise a seguir estou expondo minha experiência como alguém que busca diversão e qualidade em um jogo, seja ele do estilo que for.

Um mundo vivo e divertido para explorar

Uma característica marcante da franquia Forza Horizon é que ela vai além de corridas, existe um grande parque de diversões esperando para você explorar com quatro rodas. Tudo começa com o Festival Horizon, que agora além do seu palco principal ainda se divide pelo México com mais cinco festivais. Cada um deles explora um estilo diferente de competições e terrenos, destacando muito bem a região do mapa no qual está inserido.

Para expandir esse festival você precisa desbloquear os capítulos da Campanha, que recebeu o nome de Aventura Horizon. Cada novo capítulo aberto adiciona uma quantidade insana de atividades, como as tradicionais zonas de Drift, placas de perigo, radares e áreas de velocidade, carros de celeiros, além de competições de corrida e os grandiosos eventos de exibição, que nos colocam para correr contra os mais inesperados tipos de veículos e com sequências cinematográficas incríveis. Atividades grandiosas como o Goliath, por exemplo, também estão presentes, destacando as particularidades de cada festival. Um pacote de conteúdos que nos convida para conhecer tudo o que essa experiência tem a oferecer.

As Histórias Horizon dão um brilho extra para a Campanha do jogo, adicionando narrativas leves e divertidas de acompanhar, que nos levam para conhecer mais sobre o México e carros específicos, levando nosso personagem para uma trama que eleva a sensação de estar vivendo a experiência do evento. Conforme expandimos cada um dos locais de festival mais histórias se abrem. Assim como todas as outras atividades de Forza Horizon 5, também é possível repetir essas histórias quantas vezes quiser, seja para alcançar três estrelas ou apenas para revisitar o conteúdo.

O que precisamos para avançar nessa caminhada são as Façanhas, que se tratam de pontos ganhos ao completar diversos tipos de atividades e desafios. Conforme acumulamos determinadas quantidades de Façanhas desbloqueamos capítulos da Aventura Horizon, aumentando a quantidade de conteúdos que podemos alcançar. Quando abrimos totalmente todos os locais do Festival chegamos no Hall da Fama, que oferece uma sensação de continuidade, quando fechamos a campanha. Chegar apenas ao Hall pode levar, facilmente, cerca de 12 horas, mas isso é apenas a ponta do iceberg de toda a jornada de Forza Horizon 5.

Mantendo a tradição da franquia, Forza Horizon 5 também possui um vasto conteúdo que muda constantemente com suas Séries, eventos periódicos e criações criativas de sua própria comunidade.

Falando do Online, o jogo possui as Corridas Abertas do Horizon que traz eventos e modos de jogo divididos em quatro categorias: Corrida Aberta, Drift Aberto, Playground Games e o Battle Royale, O Eliminator. Também existe o Horizon Tour com uma coleção rotativa de eventos que permite ao jogador se conectar de maneira fácil a outros jogadores, a fim de participar das mais diversas atividades juntos. Já o Horizon Arcade, surge aleatoriamente em pontos do mapa, com espécies de minijogos que requerem a cooperação dos pilotos para alcançarem um objetivo de pontos.

Para apimentar ainda mais as coisas, existe o EventLab, que oferece ferramentas avançadas para que a comunidade dê asas a sua criatividade, com um editor completo de eventos. Não se trata apenas de customizar elementos de uma corrida já existente, mas criar uma atividade do zero com um número gigante de ferramentas e possibilidades, algo que fará com que novos eventos sejam adicionados praticamente de forma infinita, aumentando bastante a longevidade do título.

A cooperação segue muito forte na série e praticamente tudo pode ser aproveitado com os amigos, inclusive a Campanha. Para facilitar a comunicação entre os jogadores, já que existe uma atmosfera social tão presente, temos o sistema LINK com o qual podemos nos juntar a outros jogadores para a formação de Comboios e também nos comunicar com outros jogadores utilizando as mais diversas frases prontas. Pensando em incentivar a criação de um ambiente online saudável, existe um sistema que possibilita enviar presentes para amigos ou jogadores aleatórios, bem como receber presentes, além da moeda Kudos que é uma recompensa para jogadores com comportamento amigável ou útil.

A IA dos Drivatars, que são simulações do comportamento de direção de outros jogadores e também de NPCs do jogo, segue muito boa, oferecerendo uma sólida experiência para quando estamos jogando solo e também apimentando as atividades nas quais eles complementam o online.

Vale ressaltar que apesar de ter testado a experiência online, existia um número bem limitado de jogadores presentes nos servidores. Ainda assim, já foi claramente perceptível o quão vastas são as possibilidades para se aproveitar o multiplayer.

Incrível variedade de carros e customização

Como todo bom jogo de corrida, a variedade da lista de carros disponíveis precisa não apenas ser grande, mas também possuir o maior número de marcas e modelos possíveis. Em Forza Horizon 5, a Playground oferece mais de 500 carros para coletar. Para uma coleção tão robusta de carros, a interface para a nossa coleção e recompensas também foi reformulada, apresentando de uma forma mais simples, e de fácil visualização, o que você já adquiriu e ainda tem para perseguir, inclusive com dicas de como desbloquear os itens, seja por meio de sorteios, façanhas, leilões, desafios ou na concessionária.

Na oficina podemos personalizar cada carro de forma única. Para a pintura existem diversas cores, bem como muitos modelos de vinis e adesivos que podem ser inseridos em diversas partes do carro de forma individual, oferecendo, mais uma vez, a chance da comunidade Forza dar asas à imaginação, com as mais variadas criações. A tunagem está ainda mais meticulosa, oferecendo diversas opções para transformar cada carro de acordo com suas necessidades. Todas as possibilidades oferecidas para customizar o carro, seja o visual ou a sua performance, oferece um grande controle e liberdade para o jogador personalizar seus veículos. Essas criações podem ser compartilhadas com a comunidade e ser usada por outros jogadores do mundo todo.

Quanto aos carros, eles são as grandes estrelas do jogo e são tratados como tal. Os visuais são incríveis e com um nível de detalhamento impressionante, destacando com precisão cada modelo. E isso também é muito perceptível nos efeitos sonoro, onde tiveram um cuidado especial para aumentar a imersão. O estúdio captou os sons de diversos carros para adicioná-los ao jogo da forma mais realista possível. Cada modelo possui uma apresentação sonora diferente e isso também muda de acordo com as peças que você instala em seu veículo. A escolha da câmera também possui impacto nos sons emitidos pelo carro, com uma clara diferença na experiência entre a câmera externa e da cabine. O peso dos carros também é facilmente percebido nos controles, e conseguimos sentir claramente a diferença entre cada veículo.

Quanto a jogabilidade de Forza Horizon 5, ela se apresenta de forma similiar aos seus antecessores, sendo bastante familiar para os veteranos da série. Os comandos refinados também são importantes para que os novatos se sintam bem-vindos e para que a experiência geral seja acessível para todos. A vibração do controle segue bem implementada na série, trazendo imersão para cada curva e aceleração.

Durante meu acesso antecipado, o botão Y parou de funcionar em algumas corridas, mas acredito que deve ser algo que será corrigido já no Day One. Mas também não é algo preocupante, pois aconteceu raras vezes.

As mecânicas de jogabilidade seguem as mesmas. Cada atividade que fazemos, no vasto mundo de Forza Horizon 5, nos rende experiência, subindo nosso nível de piloto. Já as nossas manobras nas pistas, seja nas corridas ou no mundo aberto, rendem pontos de maestria com cada carro, com os quais podemos abrir efeitos passivos ou recompensas como sorteios ou experiência extra. Essas vantagens ajudam a estender nossas sequências de habilidades para acumular ainda mais pontos de maestria.

Com o destaque cada vez maior do nosso personagem dentro da experiência Horizon, mais opções de customização foram adicionadas, deixando espaço para os jogadores criarem a estrela do Festival com o seu jeitinho. São diversos modelos de personagem, mais penteados e cores de cabelo, opções variadas de roupas e acessórios, possibilidade de aplicar próteses, uma lista gigante de pronomes e nomes e vozes. Você pode mudar qualquer elemento dessa customização quando quiser, bastando ir em um Festival ou casa.

O CR continua sendo a principal moeda para a compra de veículos, casas e itens para customizar nosso personagem, e que pode ser adquirida concluindo diversas atividades disponíveis.

Um México deslumbrante e cheio de detalhes

Algo que sempre impressionou na franquia Forza Horizon é a beleza e grandiosidade do seu mapa, além dos carros, que são as grandes estrelas do jogo e que continuam apresentando um nível impressionante de detalhes. Tudo isso foi elevado ainda mais nessa nova entrada. Forza Horizon 5 é um jogo cross-gen, que saiu tanto para as novas máquinas turbinadas de Xbox Series X|S, mas também para o Xbox One. Mesmo com o desafio de entregar um jogo de alto nível para gerações tão diferentes, a Playground Games, mais uma vez, impressionou com um trabalho meticuloso.

O mapa em si é gigante, sendo 50% maior do que o seu antecessor, o que deu espaço de sobra para o estúdio oferecer uma grande variedade e densidade de cenários. Forza Horizon 5 possui o número impressionante de 11 biomas únicos que exploram toda a diversidade do México. Estamos em uma selva tropical, daqui a pouco pulamos para locais com arquitetura histórica, depois aceleramos por cidades com pessoas vivendo suas vidas ou subimos as montanhas para a visão de um vulcão. Isso sem falar em ambientes com cânions, praias e por ai vai. Tudo trazendo com força a cultura do México, seja com música, arte, história ou a cultura do seu povo. Uma bela mistura que enriqueceu muito o Festival Horizon.

Algo que chamou muito a minha atenção enquanto explorava os mapas é a vida ativa que acontece ao nosso redor. Os NPCs nas ruas não são meros manequins para ocupar espaço, você consegue ver que eles estão conversando e interagindo uns com os outros. Além disso, os detalhes em cada lugar impressionam. O solo é cheio de detalhes com pedras, vegetação, escombros. Os carros trazem um alto nível de detalhe para fazer ir a loucura os aficionados pelo gênero. O efeito da poeira, água e danos de batida nos veículos também é muito bem implementado. Tudo forma um pacote completo para que nos sintamos em muito mais do que um jogo de corrida, mas em uma grande experiência de exploração automotiva, seja conhecendo as particularidades de cada bioma, seja nos desafiando nas mais variadas atividades.

Para alcançar esse alto nível de detalhes, a Playground Games usou uma técnica chamada fotogrametria, com a qual capturaram milhares de fotos de locais e objetos no México para recriar esses cenários com precisão e exatidão, de forma a destacar toda a beleza de cada um desses biomas, buscando o objetivo de fazer com que o jogador se sinta realmente transportado para o que vê na tela. O objetivo foi alcançado com sucesso, pois cada área possui sua própria personalidade e um nível de detalhe nas texturas que realmente impressionam. Forza Horizon 5 também se beneficia de uma distância de visão aprimorada, que nos faz visualizar mais dos cenários mesmo que estejam muito distantes. A iluminação também contribui para o show, com luzes e sombras que destacam ainda mais os cenários e os carros. Tudo competentemente apresentado de forma nítida e detalhista.

O clima segue mudando constantemente, o que oferece dinamismo para nossas viagens. Seja com dias ensolarados, nublados, chuvas, dia e noite. Mudanças que não deixam a experiência se tonar cansativa e que afetam o mundo de maneiras únicas. As estações do ano também irão trazer mudanças para o mapa, conforme se alternem durante a rotação de conteúdo. Apenas senti falta de ocorrer, durante a exploração aberta, os eventos climáticos extremos como as tempestades, seja de chuva forte ou de areia. Não sei se está definido para ser dessa forma mesmo, mas esses efeitos só ocorreram durante determinadas atividades. Um problema que ocorreu foi uma mudança drástica desse ciclo dinâmico, no qual eu estava de noite e do nada mudou para o dia. No entanto foi algo que aconteceu apenas uma vez e pode ser corrigido em uma atualização.

Jogando no Xbox Series X eu tive uma experiência maravilhosa com Forza Horizon 5, seja em no Modo Qualidade, onde ele se apresenta com 4K e 30FPS, ou no Modo Performance com desempenho em 4k e 60FPS. No Performance, o jogo está com configurações gráficas ajustadas para manter o framerate. Em ambos os modos o HDR está ativado. Além disso, os loadings também são quase inexistentes, o que mantém a experiência de forma contínua.

Algo que me impressionou bastante no trabalho da Playground Games com Forza Horizon 5 é que em ambos os modos o jogo se apresenta de forma sólida, de forma que ficou até mesmo difícil de perceber a diferença na maior parte do tempo. O Modo Qualidade, mesmo com 30FPS oferece uma experiência fluida. Já no Desempenho, o jogo possui alguns recursos de iluminação um pouco piores, com ocasionais pop-in nas texturas, mas que de uma forma geral não atrapalham a experiência para conseguir oferecer os 60 FPS. É até difícil dizer qual é o mais recomendado. No meu caso, joguei a maior parte do tempo no Qualidade.

Algo a se notar é que enquanto na TV Qled eu tive essa experiência fluida em ambos os modos, na minha TV Oled a fluidez não foi tão boa no modo qualidade, enquanto que as texturas da vegetação apresentavam Pop-in constante no modo Desempenho. Não sei se faltou alguma configuração para a Oled, mas vale deixar registrado que percebi essa diferença.

Mesmo sendo um jogo crossgen, é perceptível que houve um salto gráfico, mesmo que não tenha sido algo surreal, pois querendo ou não os consoles da geração passada não possuem recursos tão avançados. Ainda assim, a qualidade das texturas, realismo e detalhes dos carros e nos ambientes é muito superior ao seu antecessor.

A acessibilidade também foi amplamente melhorada com diversas opções para os jogadores customizarem o jogo de acordo com suas necessidades e preferências.

Apesar de eu só ter jogado no Xbox Series X, trago as outras especificações para aqueles que jogarão em outros consoles. Lembrando o HDR só não está disponível no Xbox One Fat e que o Ray Tracing está disponível nos modos qualidade de Xbox Series X|S, mas apenas no ForzaVista:

  • Xbox Series X (Qualidade) – 4K / 30FPS
  • Xbox Series X (Performance) – 4K / 60FPS
  • Xbox Series S (Qualidade) – 1440p / 30FPS
  • Xbox Series S (Performance) – 1080p / 60FPS
  • Xbox One X – 4K / 30FPS
  • Xbox One S – 1080p / 30FPS
  • Xbox One – 1080p / 30FPS

Uma coisa é certa, você passará muitos momentos admirando as paisagens e testando diversos ângulos e efeitos para suas capturas de tela no Modo Fotografia, que continua presente na franquia e cheio de possibilidades para captar aqueles momentos únicos de Horizon.

Toca o batidão

A rádio é um elemento importante de Forza Horizon e no quinto jogo da franquia temos seis estações disponíveis, que são velhas conhecidas dos jogadores, e que trazem artistas como Dua Lipa, Gorillaz, Foo Fighters, Beastie Boys e até mesmo Tchaikovsky, mostrando que a diversidade também está presente na trilha sonora. As opções são: Horizon Pulse (Pop); XS (Rock/Alternativo); Hospital (Drum&Bass); Eterna, que é o novo nome dado para a antiga Timeless (Clássica); Bass Arena (Dance/Eletrônica); e Block Party (Hip Hop). Você também pode desligar o rádio e aproveitar a integração do Xbox com o Spotify para detonar nas pistas com a sua própria trilha sonora favorita.

Existe também um modo para streaming, que usa apenas músicas que não darão problemas de direitos autorais para quem for transmitir o jogo.

Os personagens possuem uma ótima dublagem que traz todo o clima descontraído do Festival. Os locutores de cada rádio também possuem personalidades únicas que trazem o estilo das músicas que representam, e é muito interessante ver que eles estão atualizados sobre o que acontece no Festival e das nossas façanhas como piloto.

A animação dos personagens ainda precisa melhorar, ainda mais com um maior destaque para os diálogos em diversas atividades da campanha, mas não é nada que atrapalhe a experiência, pois não é o foco do jogo. Ainda assim, com Forza Horizon expandindo de forma tão grandiosa seu universo, existe espaço para melhorar esse aspecto.

Todo o jogo está localizado em Português do Brasil, com dublagem, legendas e menus no nosso idioma.

Opinião

É impressionante como a Playground Games se supera a cada novo projeto entregue, a colocando no patamar de um dos estúdios mais competentes e importantes da Xbox Game Studios. Eles prometeram a maior e mais ambiciosa experiência da franquia e entregaram tudo em Forza Horizon 5. Além de uma beleza estonteante, com um alto nível de realismo e detalhes em seus ambientes e carros, o jogo entrega uma quantidade insana de diversão, que facilmente deixará os jogadores imersos por centenas de horas.

Seja jogando solo, com amigos ou desconhecidos, existe muito para se explorar. Mesmo que você não seja aficionado em jogos de corrida, a experiência criada em toda a franquia Horizon, e que foi muito bem desenvolvida em seu quinto título, cria um ambiente que consegue te deixar completamente imerso. Para aqueles que amam o estilo, irão se apaixonar com essa verdadeira carta de amor para os fãs.

A franquia, que já dominava com certa facilidade o mercado de jogos de corrida arcade, agora deixou a concorrência comendo poeira, aumentando ainda mais o nível de qualidade que se espera para o gênero.

Forza Horizon 5 será lançado no dia 09 de novembro para Xbox One, Xbox Series X|S, Xbox Game Pass, Windows 10, Steam e Xbox Cloud Gaming. Aqueles que adquiriram a Edição Suprema ou os assinantes do Xbox Game Pass que compraram o Pacote de Complementos Supremo poderão começar a jogar amanhã, dia 05.

Entenda nossas notas


Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5





*Certifique que este é o preço praticado antes de efetuar a compra. Os valores podem variar.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Confira as ofertas de Black Friday Xbox

Powered by keepvid themefull earn money