fbpx
Confira as ofertas de Black Friday Xbox

Os esportes radicais conseguem elevar o limite do ser humano através de modalidades cada vez mais insanas. Com isso, os amantes desses tipos de esportes, buscam inovar entre manobras arriscadas e locais surpreendentes.

A Ubisoft recentemente tentou recriar essa experiência com um jogo chamado de Steep, mas não teve sucesso, no qual tive uma grande frustração com algo que tinha um grande potencial. Agora, o estúdio tenta de uma maneira mais sólida emplacar seu mais novo projeto, chamado de Riders Republic. O jogo possui uma proposta semelhante a Steep, mas com uma pegada mais colorida e cheia de vida.

Será que essa nova empreitada conseguirá conquistar os jogadores? Descubra em nossa análise a seguir.

A REPÚBLICA DOS ESPORTES RADICAIS

Em Riders Republic fazemos parte de uma grande república de esportes radicais, chamada de Riders Ridge, um local onde todos os jogadores se encontram, para planejar qual será o próximo evento a ser disputado. O local é um ambiente divertido, no qual também temos a possibilidade de nos comunicar com outros jogadores, testar manobras e interagir com lendas do esporte.

Riders Ridge é um local para se divertir entre lendas e jogadores.

Além disso, em Riders Ridge temos uma loja que nos permite comprar novos itens de personalização, através da moeda conquistada jogando ou com microtransações utilizando as republic coins. Existe uma grande variedade de itens, que são gerados diariamente e outros por temporada, então caso goste desse tipo de artificio, a loja é um lugar para ser visitado todos os dias. Alguns itens são bem legais, como roupas de girafas, dinossauros e outros modelos mais modernos, como casacos camuflados ou óculos esportivos.

Tudo comprado na loja é cosmético, então mesmo que você gaste com dinheiro real, isso não te dará vantagens competitivas.

Junte suas moedas para comprar uma roupa incrível.

UM MUNDO RADICAL

Quando saímos do Riders Ridge nos deparamos com um mundo lotado de coisas para se fazer. Temos desde eventos variados espalhados pelo mapa, até mesmo pontos de manobras e vários coletáveis. Como Riders Republic se trata de um MMO de esportes radicais, o mapa é lotado de jogadores, que buscam o seu próximo evento ou estão ali só para fazer algumas loucuras.

Um dos pontos  que mais chamam atenção no jogo é a sua variedade de biomas, que vão desde canyons perigosos, montanhas gélidas, florestas de mata fechada e desertos escaldantes. Toda a natureza do jogo é muito bem explorada, com vários elementos que populam esses biomas. Em uma floresta você encontrará elementos como rios, pontes de madeira, pedras e até mesmo animais que enchem nossos olhos com uma natureza exuberante.

Além de poder andar por qualquer lugar do mapa, o jogador pode saltar de avião ou fazer um viagem rápida em alguns pontos dele. Caso queira ir direto para um evento, também é possível viajando para um ponto próximo.

Riders Republic é um jogo online, logo todos os eventos ficam somente disponíveis com conexão de internet, com exceção do modo zen, que é um modo livre para o jogador explorar os ambientes desse mundo.

MUITO O QUE FAZER

Em Riders Republic temos uma grande variedade de eventos, que são classificados em terra, ar e gelo. Cada categoria possui diferentes esportes, no qual o jogador pode usufruir de diferentes carreira. O que isso quer dizer? Caso eu goste muito de eventos de terra, eu posso me dedicar primeiramente em uma determinada categoria, algo que Forza Horizon faz com maestria, dando uma grande liberdade para o jogador.

A progressão é feita através da conclusão de eventos, que são medidos por estrelas. Ao concluir um evento ganhamos uma estrela e caso complete alguns desafios ganhamos uma quantidade maior de estrelas. Assim que completamos um determinado número de estrelas, avançamos de nível, e conseguimos liberar mais eventos e ganhar novos equipamentos.

Existem uma quantidade enorme de equipamentos.

Lembra que disse que o jogo possui as categorias de terra, ar e gelo, abaixo vou descrever a minha experiência com cada uma delas, que mesmo escolhendo uma preferida, sentimos que os três tipos se completam e são importantes para o sentimento todo do lugar.

No jogo também podemos ser patrocinados por algumas empresas, que nos lançam desafios, que ao serem completados rendem uma boa grana ou equipamentos mais poderosos.

CUIDADO PARA NÃO SE SUJAR

Começamos nossa aventura pela terra, que é explorado por bikes cheias de atitude e são divididas em tipos de esporte. O Downhill é um dos meus esportes prediletos, no qual usamos uma bike para descer em um caminho cheio de perigos, que vão desde rampas, até mesmo curvas em precipícios. Aqui os adversários não descansam e te perseguem implacavelmente, só esperando para que o erro aconteça.

Além de ter o tradicional estilo “vá de um ponto a outro lutando contra outros adversários”, temos também um modo que competimos contra o tempo. O design de fases caprichou na hora de montar cada pista, com uma grande variedade, não dando tempo de enjoar dessa categoria.

O downhill é um esporte perigoso.

Outro esporte disponível dentro da categoria terra é a corrida de bikes, onde usamos uma bicicleta de velocidade para correr contra nossos adversários em pistas de circuito fechado e também de um ponto a outro. Em alguns locais somos confrontados entre descidas, subidas e retas em desertos escaldantes. Por último e também importante, temos a bicicleta de estilo livre, que possui um quadro diferenciado, permitindo que o jogador execute manobras cada vez mais arriscadas.

O contraste entre tipos diferentes de biomas, faz com que a categoria da terra seja uma das mais completas em questão de diversão.

O GELO É UM AMBIENTE MORTAL

O gelo também é um ambiente tão mortal quanto a terra, principalmente pelo jogador não esperar o que está atrás de um monte de neve. A cada nova descida não sabemos o que esperar, então é bem importante que tenhamos inteligência na hora de executar nossas manobras e saber a hora de parar.

Para competir nesse ambiente hostil temos o snowboarding que é usado em descidas cada vez mais mortais, ou através de manobras que nos fazem competir por pontos, algo bem legal para que aconteça aquela disputa bem acirrada. Outro esporte que é praticado nesse tipo de bioma é o esqui, que também é usado da mesma forma que o snowboarding, mas com diferenças das manobras que podem ser executadas.

Desça a montanha com muito estilo.

Além de montanhas gélidas também somos desafiados em pistas cheias de obstáculos, que podem ser usados a nosso favor para concluir manobras. Como na maioria dos eventos de gelo, o que manda é a pontuação, senti que o maior desafio do jogo está nessa categoria.

O gelo também é um lugar de difícil acesso, e para podermos chegar a um evento ou mesmo dar um rolê, temos um snowcar que é usado para fins de locomoção.

O CÉU NÃO POSSUI LIMITES

Como se as outras categorias não fossem perigosas o bastante, temos a oportunidade de competir no ar. As opções são bem interessantes, começando por uma mochila a jato, que é usada para passar em anéis em curvas próximas a canyons ou árvores. Cada metro que avançamos somos surpreendidos por uma corrida, que nunca sabemos como vai terminar.

Wingsuit é um esporte surpreendente.

Outro esporte explorado nessa categoria é o wingsuit, no qual o homem literalmente pode voar. Assim que começamos nossa corrida pelos anéis, temos a noção do quanto esse esporte é perigoso. O jogador precisa manter a velocidade e o controle em situações extremas. Para finalizar, temos uma espécie de paraquedas com um ventilador, no qual devemos controlar a altitude e passar pelos anéis. Além do trajeto perigoso desses esportes radicais, eles nos permitem pontuar com manobras bem arriscadas.

Das três categorias foi a que menos gostei, mas sinto que é algo de gosto pessoal, que pode funcionar para outros jogadores de maneira diferente, e isso é algo muito especial.

EVENTOS ESPECIAIS

Em Riders Republic não temos somente eventos básicos, a loucura reina em todos os cantos com eventos especiais, que elevam o nível de periculosidade.

Um dos eventos mais loucos que presenciei, foi uma corrida de bicicleta a jato, onde usamos uma bike bem rudimentar, mas com um jato. O evento é bem louco e também muito inacreditável, parecendo aquelas cenas de Star Wars com as motos voadoras.

De quebra você pode correr em uma bicicleta a jato, isso mesmo que você leu.

Outro destaque são eventos decisivos de cada modalidade. Essas pistas são as mais loucas que você verá em todo o jogo, algo que desafia qualquer jogador que se ache um rei e também as leias da física.

A modalidade multieventos é um dos meus eventos prediletos, algo bem parecido com o famoso triátlon, com sua uma mistura de esportes em uma única competição.

JOGO X SERVIÇO

Como estamos falando de um MMO de esportes radicais, além de ter uma parte social bem construída, Riders Republic possui um multiplayer divertidíssimo. O grande destaque fica para o evento chamado de corrida em massa, que coloca mais de 60 jogadores para correr até vitória, algo semelhante ao que Fall Guys construiu.

O serviço do jogo funciona muito bem, com uma grande quantidade de jogadores que populam esse mundo radical.

JOGABILIDADE SIMPLES, MAS CHEIA DE RECURSOS

Assim que chegamos em Riders Republic somos apresentados aos seus comandos, que são simples e complexos ao mesmo tempo. Existem boas opções de escolhas para customização, que vão desde pouso automático, que facilita na hora de não cair em algumas modalidades e também de manobras com analógico ou usando combinação de botões, isso é uma ferramenta importante para que todo jogador se sinta abraçado, seja ele habilidoso ou não.

A inclusão não para por ai, com opções variadas de dificuldade, que elevam ou diminuem os níveis de desafio. Algo que sempre me incomoda em alguns jogos é a dificuldade desbalanceada, mas aqui isso realmente foi bem ajustado.

Outra opção importante, que sempre é solicitada em outros jogos é a câmera em primeira pessoa, que traz uma perspectiva diferente da ação, sendo mesclada com a terceira pessoa em locais de manobras. A jogabilidade entre as modalidades é bem semelhante, facilitando na transição entre um esporte e outro.

O jogo também possui um modo fotografia, que é um recurso muito solicitado nos últimos anos, mas que aqui já esta inserido. Nesse modo também há a opção de compartilhamento de fotos com outros jogadores, algo que incrementa sua parte social.

SOM E GRÁFICOS

O som de Riders Republic é incrível e cheios de efeitos, oferecendo uma grande imersão em meio a natureza. O barulho dos equipamentos também ajudam nessa imersão, mostrando que a qualidade sonora para cada modalidade é única.

O jogo possui legendas em Português do Brasil, algo que ajuda nos diálogos entre os eventos.

Os gráficos possuem ótimos efeitos de iluminação

Riders Republic possui gráficos bonitos e cheios de detalhes, principalmente em seus diferentes biomas, no quais os desenvolvedores brincaram e abusaram das cores. Os personagens e equipamentos também são bem construídos, mostrando toda atenção com os detalhes.

A performance no Xbox Series S agrada, sem bugs e travamentos, algo que é surpreendente para um jogo de mundo aberto.

OPINIÃO

Riders Republic é um dos melhores jogos de esportes radicais de todos os tempos, simplesmente por unir diversão e também muito desafio. A exploração estilo Forza Horizon é bem dinâmica, dando a opção do jogador escolher o evento que deseja participar primeiro. As diferentes categorias são um show a parte, com esportes para todos os gostos. Facilmente você se encantará por alguns ou por todos.

Os gráficos e sons são bem construídos, com um trabalho feito de forma primorosa. Os diferentes biomas trazem um ar de novidade a cada evento disputado. O multiplayer também diverte com eventos loucos e cheios de jogadores, e mesmo assim o serviço funciona de forma primorosa.

Riders Republic  é uma ótima pedida para o final de 2021, simplesmente por trazer uma experiência única e que encantará desde seus primeiros eventos.

Entenda nossas notas


 

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Confira as ofertas de Black Friday Xbox

Powered by keepvid themefull earn money