fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Halo Infinite chega para manter a tradição da franquia de entregar experiências robustas de multiplayer, com conteúdo que mantenha os jogadores ativos por muitos anos. Desde o lançamento de Halo: Combat Evolved, há mais de 20 anos atrás, a série conquistou milhares de jogadores devotos não só ao universo criado, como também ao aspecto competitivo do seu multiplayer. Como Halo Infinite possui a proposta de ser o primeiro jogo da saga que oferece o seu multiplayer de forma totalmente gratuita, esse desafio aumenta, pois, além de ter que agradar aos fãs veteranos, a 343 Industries precisa deixar tudo convidativo para os novos curiosos jogadores.

De uma forma geral, tanto do ponto de vista da Campanha quanto do Multiplayer, Halo Infinite vem sendo tratado como um reboot espiritual para toda a franquia, onde o estúdio pretende continuar honrando o passado, mas apontando para o futuro.

Será que a 343 Industries encontrou a fórmula para cativar e manter os jogadores ativos na competição de seu título? Será que o jogo possui conteúdo suficiente para manter essa comunidade ativa? Confira em nossa análise.

Halo está de volta com tudo!

Em um fim de ano, com lançamentos de medalhões de séries de jogos de tiro em primeira pessoa, como Battlefield e Call of Duty, parecia que a 343 Industries teria muito trabalho para emplacar o multiplayer de Halo Infinite. Mesmo assim,o estúdio surpreendeu o mundo, e reverteu a desconfiança geral do público com o título, apresentando um multiplayer divertido e com uma performance sólida. Mesmo que existam algumas ressalvas, a experiência geral é bastante positiva.

Pensando em abraçar os novos jogadores, Halo Infinite oferece uma bela oportunidade para que esses novatos saibam como as armas e a jogabilidade da saga funcionam. A Academia são as boas-vindas para os novos jogadores, que podem se preparar antes de entrarem nas partidas contra outros jogadores. Partindo para o competitivo, Inicialmente existiam três listas fixas: Partida Rápida, Grande Batalha em Equipe e Arena Ranqueada. Depois de algum tempo, mais quatro listas foram adicionadas: Fiesta, Assassino Todos Contra Todos, Assassino Tático e Assassino em Equipe. Dentro dessas listas existem seis modos de jogo que são reproduzidos de forma aleatória, são eles: Assassino, Capture a Bandeira, Capture a Bandeira Unica, Bola Maluca (Indisponível para Grande Batalha), Fortalezas e Controle Total (Disponível apenas para Grande Batalha). Desses, Arena e Partida Rápida possuem suporte para 4v4 e o Grande Batalha em Equipe 12v12.

Ainda existe o Campo de Treinamento de Bots, onde os jogadores se unem contra a IA em simualações para as partidas, o que é interessante antes de enfrentar o competitivo total. Por fim, ainda existe o Jogo Personalizado, para criar partidas para com suas próprias regras.

Dependendo do mapa e do modo, que podem ser maiores ou mais enxutos, diversas armas e veículos ficam a disposição, rendendo muitos momentos épicos durante as batalhas, além da possibilidade de criar muitas estratégias para vencer em cada modo. Existe um visível esforço de colocar os jogadores dentro da fantasia de ser um Spartan, lutando ao lado de seus companheiros para alcançar os objetivos.

Rapidamente entendemos como cada um dos modos funcionam e onde podemos pegar as armas e acessórios mais fortes, e que mais combinam com nosso estilo de jogo. Seja usando o Gancho para realizar os mais variados movimentos pelo mapa ou ainda, quem sabe, usar a camuflagem para ficar invisível e pegar os inimigos desprevenidos. Ainda existem os veículos na equação, que oferecem momentos de pura emoção ao subir no Warthog com os amigos, pegar um Ghost e tocar o terror em uma bandeira ou voar em um Banshee detonando os inimigos pelos ares. As armas trazem um misto do clássico com algumas novidades, todas muito bem balanceadas, mas que podem ser maximizadas com a habilidade do jogador.

Os controles e a movimentação estão muito bem ajustados, proporcionando uma agradável experiência dentro do campo de batalha. Os controles são intuitivos e facilmente entendemos a função de cada comando. A alta mobilidade do multiplayer de Halo está refinada em Infinite, com muitas opções para nos movimentarmos seja correndo, pulando, subindo em estruturas e deslizando. Tudo isso contribui para partidas intensas e cheias de ação.

Mas existem algumas ressalvas que precisam ser destacadas. Primeiro, a aleatoriedade dos modos. Em Halo Infinite não é possível escolher o modo que queremos jogar. Podemos escolher o tipo de listas, mas não entre os modos dentro delas. Apesar de ser interessante, para que todos os modos sejam jogados pelos jogadores, é frustrante quando precisamos jogar algo específico para completar os desafios do Passe de Batalha, pois acabamos tendo que jogar modos que não queremos até que, na sorte, caia o que estamos precisando. Essa aleatoriedade deixa a experiência continua de matchmaking sempre fresca, pois acabamos jogando modos diferentes, mas isso poderia ser uma opção e não a única forma de aproveitar o multiplayer.

Mais modos também precisam ser adicionados e a 343 Industries está trabalhando para atender esse pedido dos jogadores. A adição do evento Fiesta com o Fracture: Tenrai deixou os jogadores animados com a experiência nova, e foi amplamente criticado por ser temporário, pois com a falta de mais opções, pelos menos o Fiesta poderia ser mantido, mesmo sem as recompensas temporárias do Passe Tenrai. Felizmente, o Fiesta voltou semanas depois. No modo Fiesta, sempre que morremos nascemos com um novo conjunto de armas e acessórios, oferecendo partidas divertidas e imprevisíveis.

A 343 Industries precisa estar preparada para manter sua base ativa, com uma oferta de atividades novas sempre frequente. A base de conteúdos é bastante sólida, se for constantemente renovada pode manter facilmente os jogadores ativos por muitos anos. Inicialmente, não senti o multiplayer repetitivo, mas confesso que senti muito a falta do Fiesta, pois era interessante ter mais essa opção de atividade. Quem sabe até mesmo o retorno do meu favorito modo Warzone no futuro? As possibilidades para expandir o multiplayer são gigantes e é excelente ver que o estúdio está empenhado em aumentar suas opções.

Halo Infinite saiu sem o modo Forge, que só será adicionado na terceira temporada. Ele possibilita aos jogadores criarem mapas e modos personalizados, para compartilhar com a comunidade. Caso o modo estivesse presente, poderia aumentar as possibilidades de aproveitar o multiplayer.

O temido Passe de Batalha

Agora vamos falar da maior polêmica do multiplayer de Halo Infinite: o Passe de Batalha. A ideia da 343 Industries é oferecer uma progressão focada em desafios, e conforme o jogador vá completando eles, vai subindo no Passe de Batalha. Inicialmente, não se ganhava experiência ao completar partidas, mas a 343 rapidamente absorveu os comentários e vem ajustando a progressão do multiplayer, para oferecer uma experiência mais recompensadora. O próprio estúdio reconhece que mais ajustes precisam ser feitos, e já estão trabalhando em novas atualizações para melhorar continuamente Halo Infinite. Essa resposta rápida e transparência da 343 é um bom indício de que irão estar sempre presentes para dar suporte ao multiplayer do jogo.

Jogos free-to-play geralmente adotam o sistema de Passes de Temporada e cosméticos para monetizar o título, mas geralmente essa progressão é natural, e as recompensas desbloqueam simplesmente ao jogar. Em Halo Infinite isso também acontece, mas de forma mais lenta, sendo que a forma mais eficiente é completar os desafios para com seguir chegar no 100, que é o limite do Passe. Esse modelo de desafios também acaba obrigando a jogar da maneira que ele define e não de sua forma que o jogador deseja. Sim, tudo é costume, e eu mesma já me adaptei ao modelo, mas é bom que formas mais abundantes de conseguir experiência sejam adicionadas, e também é positivo que o estúdio esteja atento para melhorar isso.

Vale lembrar que os Passes de Batalha de Halo Infinite nunca expiram e podemos continuar progredindo com ele, mesmo após o encerramento da temporada. Quanto as recompensas, elas trazem boas opções para customizar nosso personagem, bem com a nossa placa de identificação, além de recursos como boosters de XP, troca de desafios. Existe a trilha gratuita, onde as recompensas não são tão abundantes, e a trilha premium, que é paga, que sempre tem algo interessante em cada nível. Um sistema também corriqueiro dentre os jogos free-to-play que utilizam os passes.

Quanto ao valor do Passe de Batalha Premium ele custa 1000 de Créditos Halo, que podem ser adquiridos por R$ 44,00 (R$ 39,60 se for assinante do Xbox Game Pass). Cada Temporada está prevista para durar 3 meses, sendo que a Temporada 1 irá ser um pouco mais estendida, indo até maio de 2022. O estúdio decidiu pela mudança para garantir que a temporada seguinte pudesse entregar ainda mais conteúdo, mas sem esgotar sua equipe, devido ao ritmo frenético causado pelo lançamento. Esse tempo maior da primeira temporada também vai proporcionar que alguns eventos possam ser adicionados na rotação. Dessa forma, o jogador pode decidir se as recompensas e o tempo da temporada são incentivos suficientes para investir no Passe de Batalha, que é o totalmente opcional.

Ainda existe uma loja com cosméticos e impulsos de progressão. Eu achei os valores um tanto quanto caros, mas se tratando de um jogo gratuito e com esses itens sendo opcionais, fica nas mãos do jogador optar por comprá-los ou não.

Uma bela apresentação da Slipspace Engine

Os mapas do multiplayer de Halo infinite, trazem toda a beleza característica do rico universo de Halo, seja em suas estruturas internas, ambientes abertos e, é claro, nos detalhes de cada arma e armadura Spartan. Tudo está repleto de detalhes e com um sistema de iluminação que deixa tudo na tela mais vivo. Outra coisa que chama a atenção é o cuidado em trazer novidades, mas sempre respeitando o passado. Mesmo que sejam mapas novos e com novas mecânicas, você sempre tem aquele gostinho familiar, de que está jogando uma completa experiência no mundo de Halo.

O jogo também traz a responsabilidade de ser a grande estreia do motor gráfico Slipspace Engine, criado pela 343 Industries, que chega bem, pelo menos no que diz respeito ao desempenho no multiplayer, pois entrega uma experiência fluida, mantendo a beleza dos cenários. Lembrando que eu jogo no Xbox Series X, onde é possível jogar com até 120FPS, caso sua TV tenha suporte. Caso não tenha, o modo qualidade, com 60FPS, também oferece uma incrível experiência, A resolução é dinâmica, mas a apresentação gráfica é impecável.

O som segue o incrível trabalho visual, e entrega um pacote sonoro impressionante. Cada arma traz seu próprio som característico, que ecoa no campo de batalha e nos adversários de forma exuberante. O trabalho sonoro para escudos recarregando, veículos, narração das partidas e tudo mais, oferece um nível altíssimo de qualidade. Tudo totalmente localizado em nosso idioma, com dublagem, legendas e menus em Português do Brasil.

Opinião

Tanto no Beta, quanto agora com a versão final lançada, o multiplayer de Halo Infinite impressiona pelo alto nível de qualidade e diversão, sendo minha melhor experiência com o multiplayer da saga, e a melhor oferta, disparada, para os fãs de jogos de tiro em primeira pessoa nesse fim de ano. A 343 Industries gerou, e ainda gera, muitas desconfianças quanto ao seu trabalho tomando conta de Halo, mas é inegável que eles conseguiram entregar um pacote multiplayer realmente muito bem construído e que tem tudo para evoluir muito a cada nova temporada.

O atraso de um ano valeu a pena, e mesmo com algumas ressalvas quanto ao Passe de Temporada, a necessidade de mais opções de modos e alguns ajustes, a experiência geral é realmente muito boa, com belos cenários, jogabilidade divertida e desempenho suave, trazendo um sentimento único, que mistura o clássico e o novo para uma autêntica e moderna experiência no universo competitivo de Halo.

Entenda nossas notas

Halo Infinite Multiplayer é free-to-play e já está disponível para Xbox Series X|S, Xbox One, PC e Xbox Cloud Gaming.

A Campanha do jogo é paga, mas também faz parte do catálogo do Xbox Game Pass.




*Certifique que este é o preço praticado antes de efetuar a compra. Os valores podem variar.

Compartilhar.

About Author

Administradora de Empresas, mas apaixonada pelo mundo dos games e pelo Xbox!Fã da incrível e complexa franquia Halo e de seu icônico líder, o Master Chief. Também apaixonada por Dragon Age e seu universo magnífico. Ahhh e quem disse que Dark Souls não é divertido? :DSempre ligada nas notícias e novidades do lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money