fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Chegou aquele momento do ano quando a equipe do Xbox Power se reúne para fazer nossa seleção dos jogos que mais se destacaram no ano. E é claro que nossos queridos leitores também se juntaram para apontar suas escolhas no Xbox Power Awards 2021.

Antes de colocar nossas escolhas, queremos deixar claro que a ideia do Xbox Power Awards surgiu um ano depois da criação do site, como uma ideia de um artigo onde a equipe do site fizesse uma retrospectiva dos seus jogos favoritos do ano, e então brincamos com a ideia do “Awards” junto com Comunidade Xbox, abrindo uma votação com a nossa história gamer no ano. Essa sempre foi a ideia do artigo, reviver nossa experiência no ano e interagir com vocês sobre essas escolhas, seja concordando ou discordando conosco.

Fiquem ligados que o PowerCast sobre o Xbox Power Awards será lançado em breve.

Acompanhem nossas escolhas para os melhores do ano em 2021 e, também o resultado da escolha popular.

Jogo do ano

Escolha do Público – Forza Horizon 5

GuidoncioPsychonauts 2 – Escolha difícil com bons jogos durante o ano, mas Psychonauts 2 surpreendeu como um todo.

Michael MeloHalo Infinite foi um ótima surpresa, principalmente por toda a evolução do projeto, que saiu de algo duvidoso para um trabalho primoroso. Além disso, a campanha conseguiu superar todas as expectativas, criando um novo rumo para a franquia. O multiplayer também atingiu seus marcos, com um trabalho redondinho.

Nivea Miranda – Psychonauts 2 me conquistou com sua trama que ao mesmo tempo transborda irreverência também consegue desenvolver temas sensíveis. A jogabilidade cheia de detalhes também me divertiu bastante, além dos cenários cheios de detalhes psicodélicos e trilha sonora envolvente. Jogão!

Thiago Dantas – Duas excelentes surpresas este ano foram Death’s Door e Hades. Dois indies que ofereceram uma experiencia ímpar que qualquer levando o título de melhor do ano seria justo. Mas por oferecer uma experiência mais “completa”, vou de de Hades.

Thiago Santos – Forza Horizon 5 o que era bom ficou melhor ainda, a ambientação, os sons dos carros capturados de uma forma mais imersiva onde até é possível ouvir uma marcha lenta distinta. Isso sem falar nos gráficos que são um show a parte.


Desenvolvedora/Publicadora do ano

Escolha do Público – Xbox Game Studios

GuidoncioXbox Game Studios. É combo atrás de combo, com excelentes estúdios por trás e ótima perspectiva para os próximos anos.

Michael Melo –  A Xbox Game Studios atingiu um dos melhores anos, com uma grande quantidade de lançamentos com um nível acima da média.

Nivea Miranda – Mesmo que diversos estúdios tenham tido seus grandes destaques individuais, não tem como deixar de destacar a Xbox Game Studios como um todo, e como a grande força de criação que tem crescido cada vez mais. 2022 promete!

Thiago Dantas – A dobradinha entre a SEGA e o Xbox Game Pass rendeu ótimos títulos por mais um ano. Se em 2020 pudemos conhecer a saga de Kiryu e sua trupe com Yakuza 0, Kiwami e Kiwami 2, este ano tivemos a oportunidade de acompanhar o desfecho desta incrível saga. Não só isso, ainda tivemos a entrada de Yakuza: Like a Dragon, um dos jogos mais aclamados de 2020.

Thiago Santos – 2021 com certeza foi o ano do Xbox Game Studios.


Melhor jogo independente

Escolha do Público – Sable

GuidoncioUnpacking. Infelizmente joguei poucos indies este ano, mas me surpreendi com a paz de espírito proporcionada ao meu TOC de arrumação 🙂

Michael MeloTormented Souls foi uma grata surpresa, que homenageou de forma primorosa o gênero survival horror. Lembra daquela câmera fixa que era usada em grandes jogos do gênero? Aqui ela foi usada e me fez acreditar nesse tipo de visão. Acho que cabe mais alguns jogos nesse estilo hein…

Nivea Miranda – Quando comecei Death’s Door, entrei na proposta curiosa com seu estilo soulslike, mas rapidamente o jogo me mostrou que é muito mais do que isso, trazendo personalidade própria e uma jornada inesquecível.

Thiago Dantas – uma pérola escondida que chegou ao Xbox Game Pass, Unsighted é um metroidvania produzido pelo estúdio brasileiro Studio Pixel Punk. O jogo que mistura toda a nostalgia da época 16-bits com mecânicas atuais para entregar uma jogabilidade viciante. Mais uma obra prima mostrando o potencial de estúdios brasileiros.

Thiago Santos – Hades, impecável, é isso.


Melhor narrativa

Escolha do Público – Halo Infinite

GuidoncioPsychonauts 2 mexe com a psique dos jogadores em um mundo de exploração.

Michael MeloPsychonauts 2 conseguiu evoluir sua narrativa, que já era muito boa para algo mais adulto e que vai lá no fundo de nossa alma. Tim mostrou que sabe contar muito bem uma história, com personagens repletos de camadas escondidas no seu subconsciente.

Nivea Miranda – Halo Infinite conseguiu o que nenhum Halo alcançou até hoje, a proeza de humanizar Master Chief. O lendário herói consegue passar suas emoções mesmo dentro da armadura. Além disso, toda a trama é bem construída, nos deixando curiosos sobre o mundo de Zeta Halo, bem como a ameaça dos Banidos e o futuro da humanidade, tudo isso já nas primeiras missões, que não perderam o ritmo mesmo em um mapa mais aberto.

Thiago Dantas – a história do pequeno corvo ceifador de almas foi a que mais encantou este ano. Apesar de tratar de um tema mórbido como a morte, a aventura de Death’s Door é bem divertida, cheia de momentos cômicos e personagens cativantes.

Thiago Santos – Psychonauts 2 te joga em um mundo bem louco, e foi legal demais!


Melhor performance

Escolha do Público – Maggie Ribertson – Lady Dimitrescu – Residente Evil Village

GuidoncioGiancarlo Esposito é um excelente ator e se destaca sempre como vilão.

Michael MeloMaggie Ribertson roubou a cena ao causar muita tensão, e outros sentimentos também.

Nivea MirandaSteve Downes é a alma de Master Chief e em Halo Infinite isso não é diferente. Ele carrega toda a personalidade densa do herói com sua voz marcante e embala mais um capítulo na jornada do icônico símbolo da saga e do Xbox.

Thiago Dantas – Foi a primeira vez que optei por jogar com a dublagem em inglês e após conferir a atuação de Steve Downes, acredito que continarei seguindo com essa escolha em futuros capítulos da franquia. Downes consegue entregar um Master Chief como a figura destemida que ele precisa ser, passando confiança para todos que estão em sua volta, mesmo nos momentos em que praticamente não há esperança.

Thiago Santos – Selo Cláudia Raia (nada a declarar).


Melhor trilha sonora / Som

Escolha do Público – Forza Horizon 5

GuidoncioForza Horizon 5 é uma obra prima no quesito técnico de som.

Michael Melo – Não é segredo para ninguém que Marvel’s Guardians of the Galaxy teria uma trilha sonora boa. Mas nos primeiros minutos de jogo, você já se espanta com o acervo sonoro que a obra possui. Além de trazer músicas famosas, temos alguns hits originais que encantam até mesmo Drax.

Nivea Miranda – Além de uma boa playlist de músicas espalhadas por suas seis rádios, Forza Horizon 5 também impressiona com o extremo cuidado com os efeitos sonoros dos carros. A Playground Games captou os sons de diversos carros para adicioná-los ao jogo da forma mais realista possível, fazendo com que cada carro e estrada resulte em um pacote de sons únicos.

Thiago Dantas – a psicodélica aventura de Francis Vendetti em The Artful Escape foi uma verdadeira explosão para mente e ouvidos!

Thiago Santos – As novas técnicas de som empregadas em Forza Horizon 5 amplificam a imersão, vale a pena desativar o rádio e seleciona a câmera do interior do carro. Só apreciar.


Melhor direção de arte

Escolha do Público – Forza Horizon 5

GuidoncioPsychonauts 2 tem muitas cores, cenários e principalmente equilíbrio emocional.

Michael MeloPsychonauts 2 tem uma direção de arte incrível. Além de trazer personagens únicos, os ambientes dão um show a parte.

Nivea Miranda – Para extrapolar a imersão em Chernobylite, A The Farm 51 viajou para a Zona de Exclusão de Chernobyl, onde o jogo se passa, para fazer um intenso trabalho de digitalização 3D, que durou mais de um ano, de forma a recriar Pripyat com todos os seus edifícios, terrenos, vegetações e ruínas. O resultado são ambientes fascinantes, que deixam o jogador imerso nessa recriação minuciosa do que restou do famigerado lugar.

Thiago Dantas – Um dos jogos mais belos dos últimos tempos e de toda franquia, Tales of Arise é um verdadeiro salto de geração que a franquia precisava há tempos.

Thiago Santos – O mundo vasto e dinâmico de Forza Horizon 5 merece. É muito legal pegar o carro e passear lentamente pelas vilas e reparar nos detalhes.


Melhor jogo shooter

Escolha do Público – Halo Infinite

GuidoncioHalo Infinite, para minha surpresa a 343 entregou um jogo com excelente jogabilidade (sempre um dos pontos fortes da franquia), e o grappleshot com ótima harmonia.

Michael MeloHalo Infinite chegou com o pé na porta, alavancado pela Slipspace engine, um motor ainda novo, mas que trouxe um gunplay muito preciso e cheio de nuances.

Nivea Miranda – O multiplayer de Halo Infinite chegou de fininho e sem que ninguém esperasse se tornou uma das apostas de maior qualidade para os fãs de jogos de tiro nesse final de ano. Mesmo que careça de alguns ajustes, a 343 Industries está focada em escutar seus jogadores, e vem melhorando continuamente o jogo, que consegue misturar o clássico e o novo para uma autêntica e moderna experiência no universo competitivo de Halo.

Thiago Dantas – Do multiplayer a campanha, Halo Infinite entrega a melhor experiência shooter este ano.

Thiago Santos – Selo Cláudia Raia.


Melhor jogo de ação/aventura

Escolha do Público – Psychonauts 2

GuidoncioPsychonauts 2 se destacou com o conjunto da obra.

Michael MeloMarvel’s Guardians of The Galaxy mostrou que existem ótimas aventuras para serem contadas, principalmente no universo.

Nivea MirandaDeath’s Door oferece muitas possibilidades para os jogadores explorarem seu mundo, que mesmo sendo complexo e com uma alta dose de desafio, nos deixa cativados e viciados em progredir mais e mais com nosso corvinho.

Thiago Dantas – no sentindo literal da palavra, Death’s Door entrega uma verdadeira aventura repleta de acontecimentos imprevisíveis.

Thiago Santos – Psychonauts 2 é divertido, com história legal e com progressão tranquila. Sucesso!


Melhor jogo de RPG

Escolha do Público – Tales of Arise

GuidoncioTales of Arise, com poucas opções neste ano, mas vale o destaque.

Michael MeloThe Ascent  chegou com alguns problemas, mas conseguiu me cativar, com um mundo imerso no tema de Cyberpunk. Os  elementos de RPG também agradam, principalmente por fugir dos temas básicos tolkianos.

Nivea Miranda The Ascent chegou com muitos problemas, principalmente no seu modo cooperativo, mais ainda assim conseguiu cativar com suas vastas possibilidades de melhorar o personagem, bem como criar as mais diversas builds para enfrentar os desafios.

Thiago Dantas – As opções este ano foram poucas, deixando o caminho livre para Tales of Arise levar o caneco, mesmo com alguns problemas.

Thiago Santos – Selo Cláudia Raia.


Melhor jogo de esportes / corrida / luta

Escolha do Público – Forza Horizon 5

GuidoncioForza Horizon 5, sem chance para os demais.

Michael MeloForza Horizon 5 trouxe uma qualidade acima de qualquer jogo do gênero, mesmo com alguns problemas no multiplayer.

Nivea Miranda – É praticamente impossível algum outro jogo se destacar nessa categoria quando tem algum Forza dentre os indicados. Forza Horizon 5 é um pacote delicioso que atende o fã hardcore de jogos de corrida, abraça os mais casuais e ainda expande a sua jornada com muitas atividades online.

Thiago Dantas – a franquia Forza Horizon segue imbatível, sempre oferecendo uma experiência excelente.

Thiago Santos – Forza Horizon 5 tenho nem o por que justificar.


Melhor jogo para família

Escolha do Público – It Takes Two

GuidoncioIt Takes Two and fuck the oscars!

Michael MeloIt Takes Two é o melhor para unir a família, sem sombra de dúvidas. Além de ter uma jogabilidade divertida, ele consegue atingir nossos corações com uma história de aprendizado.

Nivea Miranda It Takes Two impressiona com a delicadeza com que toca assuntos sensíveis, e ainda o faz com pitadas de irreverência. Adicione um engenhoso gameplay cooperativo e temos não só um título impressionante como também uma ótima opção para sentar no sofá e se divertir com amigos e familiares.

Thiago Dantas Gang Beasts é uma divertida opção para digladiar com família e amigos.

Thiago Santos – Selo Cláudia Raia.


Melhor multiplayer

Escolha do Público – Halo Infinite

GuidoncioIt Takes Two se destaca e leva pela falta do Coop de Halo Infinite.

Michael MeloHalo Infinite é o melhor multiplayer de ação e oferece tudo o que o jogador precisa para se divertir, trazendo aquela sentimento que os primeiros jogos da franquia nos proporcionava.

Nivea Miranda – Halo Infinite traz modos divertidos e um gameplay super refinado, que oferece uma experiência divertida e que não cansa. Começou bem e com um suporte contínuo tem tudo para se manter estável no mercado por muitos e muitos anos.

Thiago Dantas – o apocalipse zumbi voltou em grande estilo com Back 4 Blood trazendo uma ótima opção para os fãs de jogos coop.

Thiago Santos – O pouco que joguei do multiplayer de Halo Infinite mostrou-me o que ele é capaz, rápido e divertido.


Melhor adição do Xbox Game Pass

Escolha do Público – Forza Horizon 5

GuidoncioIt Takes Two – Leva pelo conjunto da obra, seguido de perto por outros títulos.

Michael Melo – A inclusão da série principal de Yakuza 3 a 6 foi bem interessante e estratégico para agregar novos assinantes para o serviço.

Nivea Miranda – Hades já era aclamado no mundo todo e muito só falava de sua chegada nos consoles, o que aconteceu esse ano. O mais impressionante foi ver um jogo desse porte chegando já no lançamento no Xbox Game Pass, além de inesperado mostrou a grande força que o serviço possui.

Thiago Dantas – A saga de kiryu e do Tojo Clan é uma repleta de bombas e reviravoltas. Assim também como Yakuza Like a Dragon, mas neste caso é imprescindível que você tenha jogado a série principal para entender os nuances do jogo.

Thiago Santos – Forza Horizon 5. Muitas pessoas tendo acesso Day One a esta maravilha.


Melhor jogo do Games With Gold

Escolha do Público – Gears 5

GuidoncioShadow Awakenings um excelente RPG Diablo-like.

Michael MeloResident Evil Code Veronica X é um grande clássico e nada mais justo que seja incluído em nossa biblioteca.

Nivea Miranda – O Games With Gold segue sua caminhada de muitos altos e baixos, mas ainda tivemos bons jogos sendo oferecidos pelo serviço em 2021, e para mim o destaque foi Warhammer Chaosbane, pois os jogos da franquia não costumam abaixar muito o valor e foi bom ver o ARPG chegando para os assinantes Gold.

Thiago Dantas – Já temos Gears 5 no gamepass, então vamos neste excelente capítulo de Resident Evil.

Thiago Santos – Gears 5 na conta é bom demais!


Prêmio Game Over do ano (Pior jogo)

Escolha do Público – GTA: The Trilogy – The Definitive Edition

GuidoncioeFootball 2022, Messi/Stark não estou sentindo bem…

Michael MeloeFootball 2022  conseguiu acabar com uma franquia que estava em evolução, deixando o caminho para FIFA brilhar sozinho.

Nivea Miranda – Ninguém precisou jogar eFootball 2022 para ver o estado lamentável que a Konami lançou o jogo. Começou como um possível concorrente de peso para FIFA, por sua proposta free-to-play, e terminou com uma piada de muito mal gosto.

Thiago DantasDEEEER Simulator: Your Average Everyday Deer Game é aquele jogo que você quer gostar pela zuera, mas a jogabilidade horrível impede qualquer tentativa de criar empatia pelo mesmo.

Thiago Santos – eFootball 2022, 1000G easy, foi seu propósito na terra.


Jogo mais aguardado de 2022

Escolha do Público – Starfield

GuidoncioStarfield – Meu corpo está pronto…

Michael MeloStarfield  eleva meu sonho de jogar um “Skyrim nas estrelas”. Estou mega empolgado com essa nova franquia da Bethesda que sabe como ninguém criar novos mundos.

Nivea Miranda – Tive a oportunidade de jogar um pouco de Elden Ring durante algumas horas e pude constatar que ele é muito mais do que eu esperava. Um mundo complexo e cheio de mistérios, combate recheado de desafios e uma trama aberta para a interpretação do jogador, trazendo toda a assinatura única da FromSoftware. Mal posso esperar pela versão final.

Thiago DantasElden Ring – PRAISE THE SUN!

Thiago Santos – Starfield, mas tenho esperança de novidades para Forza Motorsport 🙂


Confira também nossa aba de análises.

Agradecemos a todos os que votaram no nosso Xbox Power Awards, e que 2022 seja um ano de muita jogatina… Nos vemos na Live!

Compartilhar.

About Author

Apaixonados pelo Xbox e conectados 24 horas com o lado verde da força!

Powered by keepvid themefull earn money