fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Os jogos indies seguem alavancado alguns gêneros esquecidos no tempo, como os metroidvanias, shooter de navinha e também os shooters bullet hell, que apareceram no começo da era 3D e deram uma sumida. Agora, nos anos recentes, tivemos alguns indies bem interessantes sendo lançados e o grande destaque no shooter bullet hell para esse ano é o Wildcat Gun Machine, que chega timidamente, mas que pode te surpreender.

O jogo desenvolvido pela Chunkybox Games e publicado pela Daedalic Entertainment, traz uma visão de cima, algo bem semelhante a famosa franquia Hotline Miami, com fases cheias de corredores e muitos inimigos para serem batidos. Será que Wildcat Gun Machine merece a sua atenção? Descubra em nossa análise a seguir.

FOCA NO GAMEPLAY

Se você está procurando uma história elaborada, Wildcat Gun Machine não é para você. Após passar pelo tutorial, que explica as principais mecânicas, partimos para nossa primeira dungeon, na qual o jogador será testado por salas e mais salas. Cada mapa possui um ponto central com algumas portas fechadas, sendo assim, temos que ir avançando e desbloqueando novas portas, através de alguns keycards de acesso. Só que não será uma tarefa nada fácil, pois hordas de demônios estão a nossa espera. Devemos ter bastante paciência para evoluir e avançar, tudo no seu devido tempo.

As batalhas contra chefes são bem desafiadoras.

Voltando a falar da história, ela é totalmente ausente e não interessa muito, mas sinto que poderia ter um pequeno atrativo, mesmo que através de alguns textos, como em alguns jogos que também focam na jogabilidade.

Dentro de cada mapa existem dois subchefes e um chefe final, que vai dar bastante trabalho para o jogador. Então evolua bastante seus equipamentos para conseguir superar os inimigos mais fortes. O layout do mapa não muda, então toda vez que você morrer, irá passar pelos mesmos locais e enfrentará a mesma quantidade e tipo de inimigo, algo que ameniza a dificuldade elevada, mas causa um pouco de repetição.

CARREGUE SUA ARMA

Wildcat Gun Machine possui alguns recursos interessantes de jogabilidade, com uma combinação de armas primárias e secundárias. Além disso, nossa protagonista pode soltar granadas e se esquivar das balas dos inimigos. Ainda no poder de fogo, assim que enchemos nossa barra de especial nos transformamos em um robô que atira para todos os lados. Outro aspecto importante é nossa barra de vida, armadura e também nossas vidas, que são representada por gatos, que ao serem gastas, nos retorna para o totem central.

As opções de armas primárias e secundárias são variadas.

Lembra que falei do ponto central do mapa? Lá temos um totem, no qual podemos salvar nosso progresso, além de comprar novas armas e melhorar habilidades. Para comprar essas melhorias teremos que usar a moeda in game, que é conquistada eliminando os inimigos ou coletando em alguns esqueletos caídos nas fases. Essa progressão vai de encontro com o nível de dificuldade, que mesmo sendo alta no começo, conforme vamos morrendo e comprando novas habilidades para poder superar as dificuldades tudo vai se equilibrando.

Como na maioria dos shooters bullet hell, o jogo sofre um pouco com a precisão dos tiros, algo que fará com que alguns jogadores experimentem uma certa dificuldade. Outro ponto negativo é a repetição de mecânicas, que somada ao alto número de inimigos podem enjoar.

HORDAS E MAIS HORDAS

As fases de Wildcat Gun Machine são bem legais, com inimigos diferentes para cada layout. Além disso, cada monstro requer estratégias diferentes de abordagem, necessitando de reflexos rápidos. Os subchefes e chefes impressionam, pois além de serem difíceis de serem batidos, possuem surpresas bem interessantes durante as batalhas.

Nos mapas existem minas e barris que podem ajudar ou atrapalhar em nosso combate, algo que requer atenção na hora da luta incessante, ainda mais quando a horda está lotada de demônios.

SOM E GRÁFICOS

A direção artística optou por um estilo cartoon bem interessante, combinando o design de fases com os personagens. Durante minha jornada não tive problemas com travamentos ou quedas de frames, mesmo com um grande número de inimigos na tela.

Use diferentes armas para lidar com inimigos cada vez mais difíceis.

O som é decente, com uma trilha sonora simples e que não incomoda, mesmo com a repetição. Os efeitos sonoros são versáteis, mudando de acordo com o tiro de suas armas.

Wildcat Gun Machine possui textos em português do Brasil, algo que não interfere na experiência de jogo, mas é uma inclusão boa, para quem é totalmente leigo em Inglês.

OPINIÃO

Wildcat Gun Machine é um shooter bullet hell divertido e desafiador ao mesmo tempo, que vai te encantar através de mapas enormes e cheios de inimigos, mesmo sendo extremamente repetitivo. A ausência de história se justifica pelo foco na jogabilidade, mas mesmo assim é algo que o jogador sentirá falta, afinal é sempre bom ter um motivo para lutar. A fraca precisão da mira também é algo que incomoda, ainda mais com muitos inimigos na tela. Em muitos momentos fica complicado de acertar alguns inimigos com mais precisão. Existe uma grande variedade de armas primárias e secundárias, que se usados da forma correta, podem ajudar a passar pelos chefes casca-grossa.

Wildcat Gun Machine é uma opção interessante para quem curte o estilo do jogo, além de que não existem tantas opções no mercado. O preço também não é tão alto, mas que com uma boa promoção pode ser visto com bons olhos.

Comprar Wildcat Gun Machine na Microsoft Store

Plataformas: Xbox One e Xbox Series X|S
Publicado por: Daedalic Entertainment
Desenvolvido por: Chunkybox Games
Data de lançamento: 04/05/2022
Opções de compra: Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money