fbpx
Xbox Game Pass Ultimate: Inscreva-se por R$5

Um dos gêneros que voltaram com força total foi o beat’n up, entre as obras mais recentes podemos destacar Streets of Rage 4, Mayhem Brawler e Fight’N Rage, que representaram muito bem essa nova leva de títulos. Em tempos, no qual os jogos ultra realistas nem sempre são bem recebidos, e sim os que trazem mais diversão e algum diferencial, é muito legal ver esses jogos voltando.

Navegando nessa onda, temos a publicadora e desenvolvedora Dotemu, que conseguiu revitalizar o beat’n up, com o ótimo Streets of Rage 4, mostrando que é possível fazer algo moderno, mas sem perder sua principal essência. Recentemente tivemos o lançamento de Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge, que é um trabalho em conjunto da Dotemu com a Tribute Games, que também já trabalhou em um jogo das Tartarugas para o Game Boy e o ótimo Scott Pilgrim vs. The World: The Game. Logo, temos um time promissor para trazer de volta uma franquia tão amada.

Será que essa combinação é tão boa quanto pizza? Descubra em nossa análise a seguir.

COWABUNGA

Quem jogou os jogos das Tartarugas Ninjas nos arcades e consoles dos anos 80/90, se divertia na mesma medida que assistíamos os desenhos em nossas manhãs antes de ir para a escola. A diversidade de personalidade entre os personagens sempre foi muito interessante e divertida.

Agora, após muitos anos, temos a volta desse time que se amarra em uma pizza. Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge coloca as tartarugas e seus amigos para lutarem novamente contra o lendário Clã do Pé, em um beat’n up cheio de personalidade, que pega inspiração no passado e transforma em um clássico instantâneo.

A HORA DA AVENTURA

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge acompanha o time das Tartarugas Ninjas, que terão que perseguir o Clã do Pé, que novamente está tentando trazer de volta um vilão bem conhecido dos fãs.

O jogo possui um modo história, que é dividido em fases, que são conectadas por um arco narrativo, mas que também funcionam de forma episódica. Ou seja, cada fase tem um inicio, meio, fim e um gancho para a próxima fase.

Todos prontos para a diversão.

Começamos na tela de seleção de personagens, na qual podemos escolher entre Rafael, Michelangelo, Donatello e Leonardo. Além de Mestre Splinter e April O’Neil. Outro que também dá as caras, é Casey Jones, o lendário vigilante. Assim que terminamos o modo história ele é desbloqueado.

O modo história atende o tempo certo de duração, com um grande número de fases e diferentes inimigos. O Clã do Pé está mais forte do que nunca, são inúmeras variações dos ninjas, que a medida que avançamos para as partes finais, ficam cada vez mais difíceis. Existem outros inimigos básicos, que combinam com o tema de cada fase, como monstro de pedras e algumas surpresas.

Outro ponto que chama bastante atenção, é a quantidade de chefes apresentados. Temos desde os capangas Bebop e Rocksteady, até mesmo o Destruidor, que entram para o hall de vilões. Falando ainda das batalhas contra os chefes, elas são memoráveis, mas sempre com aquele padrão característico, que é só decorar e partir para a briga.

Se prepare para enfrentar uma variada galeria de vilões.

As fases possuem muitas armadilhas, algo que ajuda a aumentar a dificuldade, que é alavancada pela quantidade de inimigos na tela. Existem também um grande número de coletáveis, algo que aumenta o fator replay das partidas.

Além do modo história, também temos o modo arcade, no qual o desafio é bem maior, pois tirando os continues, passa a sensação de jogar nos fliperamas.

NÃO SE TRATA  SOMENTE DE ESMAGAR BOTÕES

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge é um ótimo beat’n up, com comandos bem simples e intuitivos, mas cheios de possibilidades. Não pense que aqui é só esmagar os botões, pelo contrário, existem combinações e combos cheios de personalidade.

Algumas batalhas são icônicas.

Cada personagem possui golpes característicos e ataques especiais diferentes. Além disso, eles possuem níveis, que são aumentados conforme jogamos com cada um. Alguns golpes somente ficam disponíveis após chegar a um determinado nível. Além dos golpes tradicionais, o jogador pode ainda deslizar, rolar, pular e usar agarrões para jogar seus adversários em armadilhas ou mesmo fora do cenário.

SE JUNTE PARA MUITA PANCADARIA

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge também é ótimo para se jogar com amigos, principalmente pela grande quantidade de jogadores que podem entrar na brincadeira. Até seis jogadores podem se juntar a pancadaria, seja online ou local. Mas confesso que ao jogar com muitas pessoas ficou muito bagunçado, porém divertido. Jogando com até quatro jogadores foi a melhor configuração cooperativa que presenciei, com espaço e muita diversão para todos.

A dinâmica com mais jogadores também traz alguns combos diferentes, além de dar a opção de curar seus amigos caídos.

Junte até seis amigos a parta pra a luta.

Caso você não tenha amigos, não tem problemas, você pode jogar com jogadores aleatórios. Tive um pouco de dificuldade para montar um time direto pela live, demorando um pouco para montar a partida. Mas pode ser algo a se resolver com o tempo.

SOM E GRÁFICOS

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge possui gráficos estilizados, mas muito bem desenhados, trazendo aquele forte sentimento de nostalgia. A direção de arte caprichou no design dos personagens e também das fases, mostrando a competência dos estúdios.

O som também mantém a vibe nostálgica, mas com algumas cartas na manga, adicionando algumas músicas novas de explodir a cabeça, principalmente do Wu-Tang Clan, que deu um show a parte.

Parabéns também para a agência Masamune que fez um belo trabalho de tradução, trazendo palavras bem características da nossa língua.

OPINIÃO

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge é um dos melhores jogos do gênero e surpreendentemente une com maestria o tom clássico com elementos modernos. A jogabilidade é bem fácil e intuitiva, garantindo que os comandos rapidamente sejam aprendidos. Cada personagem possui golpes únicos, além de níveis de aprendizado, algo que estimula o jogador a repetir a jogatina.

O modo história funciona muito bem, principalmente por trazer uma grande aventura, com pequenas histórias incluídas que funcionam como episódios. Já o modo arcade une desafio e muita diversão, além de ser mais simples e descompromissado. O jogo também manda bem na hora de jogar em cooperativo, com a opção de seis jogadores online e local.

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge atende todas nossas expectativas, criando um novo clássico instantâneo. Qual será os próximos passos da Dotemu? Quem sabe trazer mais alguma franquia clássica de volta a vida. Estamos aqui ansiosos pelo próximo projeto.

Vale lembrar que Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge está disponível, desde o lançamento, no Xbox Game Pass.

Comprar Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder's Revenge na Microsoft Store

Plataformas: Xbox One, Xbox Series X|S e PC
Publicado por: Dotemu
Desenvolvido por: Tribute Games
Data de lançamento: 16/06/2022
Opções de compra: Microsoft Store

Compartilhar.

About Author

Desenvolvedor Web e Analista de TI, gamer assíduo desde a época do Atari, fã de Metal Gear(menos o Phantom Pain) e Gears of War. Ter a oportunidade de trabalhar um pouco com games é um sonho realizado. Falta só ir para E3!!!

Powered by keepvid themefull earn money